RECEBA NOVIDADES ROCK E METAL DO WHIPLASH.NET NO WHATSAPP

Matérias Mais Lidas

imagemQuando Roberto Carlos foi alfinetado por Raul Seixas, mas o Rei gostou do que ouviu

imagemQuando o Lynyrd Skynyrd irritou Mick Jagger ao abrir o show dos Rolling Stones

imagemApós dez anos, Jason Newsted procura guitarristas para montar um projeto de metal

imagemMax Cavalera escolhe seus álbuns "não metal" preferidos

imagemA única música tocada no Festival de Woodstock que atingiu o primeiro lugar nas paradas

imagemAs queixas que colegas do Paralamas mais fazem sobre Herbert Vianna, segundo o próprio

imagemSlash acha que os rockstars dos 60s e 70s eram mais inteligentes e educados que os dos 80s

imagemO hit da Legião Urbana antiviolência cantado sob perspectiva de jovem da periferia

imagemO grande amor de Renato Russo que durou pouco mas marcou sua vida para sempre

imagem"A vida é curta", afirma Floor Jansen, vocalista do Nightwish

imagemJohn Lennon queria regravar todas as músicas dos Beatles, segundo produtor George Martin

imagemA bizarra lembrança que Kerry King tem do último show do Slayer

imagemA icônica reportagem de Glória Maria em que Raul Seixas disse que foi atropelado por onda

imagemA reação de Jairo Guedz quando houve o racha do Sepultura no auge do sucesso

imagemA vingança de Joana Prado (ex-Feiticeira) contra filhos briguentos que envolve RPM


Def Leppard Motley Crue 2

Billy Corgan conta como a fama do Nirvana prejudicou o Smashing Pumpkins

Por André Garcia
Postado em 08 de janeiro de 2023

No começo da segunda metade da década de 90, houve um intervalo de alguns anos entre a implosão do grunge e a ascensão do Radiohead ao estrelato. Nesse intervalo, o Smashing Pumpkins foi possivelmente o maior expoente do rock alternativo.

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Misturando a inquietação de David Bowie, o post punk do The Cure, o experimentalismo do Sonic Youth e a sombria sonoridade de Seattle, Billy Corgan brilhou como poucos. Em seu auge, ele empilhou prêmios desenvolvendo narrativas e pintando quadros musicais com suas composições.

Em 2021, seu álbum de estreia "Gish" completou 20 anos. Para celebrar a data, conforme publicado pela Far Out Magazine, Corgan deu uma entrevista para o podcast Why Not Now, onde, entre outras coisas, disse que foi negativamente afetado pelo sucesso estratosférico feito pelo Nirvana com "Nevermind".

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"O Smashing Pumpkins tinha lançado um disco, que foi bem-sucedido, mas, quando fomos promovê-lo, o do Nirvana saiu. Todo mundo sabe que 'Nevermind' foi um álbum gigantesco, depois saiu o do Pearl Jam também, na mesma época, e eles ficaram gigantescos. De repente, deixei de ser alguém muito bem-sucedido em minha área, pois mudaram todas as regras em minha área. Tudo que eu tinha construído para ser e realizar já não era mais tão relevante. Eu entrei em uma depressão estranha, porque sentia não como se algo tivesse sido tirado de mim, mas a mudança me fez sentir inadequado de um jeito que eu não estava preparado."

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Além de ter se sentido eclipsado pelo Nirvana, Billy Corgan já confessou sentir que, com o "Nevermind", a banda "roubou" seu som de guitarra. Para piorar, em 1991 Courtney Love o trocou por Kurt Cobain. Após o fim da banda, o Smashing Pumpkins conseguiu realmente fazer sucesso, após o lançamento de "Mellon Collie and the Infinite Sadness" (1995).

Apesar de tudo, Corgan considera Nirvana "a melhor banda dos anos 90", como já declarou em sessão de perguntas e respostas com fãs no Instagram.

Smashing Pumpkins

O Smashing Pumpkins foi formado por Billy Corgan em Chicago em 1988. Misturando o post punk gótico do The Cure e o vanguardista punk progressivo do Sonic Youth, foi relacionado ao movimento grunge em sua estreia com "Gish" (1991) e seu sucessor, "Siamese Dreams" (1993).

A partir de 1994, o grunge implodiu, arrastando consigo as bandas envolvidas com o movimento. O Smashing Pumpkins contrariou isso chegando a seu auge de popularidade com a ambiciosa opera-rock "Mellon Collie and the Infinite Sadness" (1995).

Se mostrando um fenômeno global, entre 1996 e 97 faturou prêmio de Melhor Artista Alternativo no American Music Awards; Melhor banda de Rock no MTV Europa Music Awards; e no MTV Video Awards levou Melhor Vídeo Alternativo com "1979" e cinco outros prêmios com "Tonight Tonight". Embalado, faturou Melhor Performance de rock pesado em 1997 com "Bullet with Butterfly Wings" e novamente no ano seguinte na mesma categoria com "The End Is the Beginning Is the End" (da trilha sonora do filme Batman & Robin).

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Após perder a mãe e passar por um divórcio, Billy Corgan levou a banda por um caminho mais eletrônico em "Adore" (1998), e a encerrou após "Machina/The Machines of God". Eles voltaram em 2005, e desde então vem intercalando retornos e sumiços.

O retorno mais recente foi para o lançamento de "ATUM" em três partes, uma em novembro 2022, outra após a virada do ano em janeiro, e a última em abril.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Compartilhar no FacebookCompartilhar no WhatsAppCompartilhar no Twitter

Siga e receba novidades do Whiplash.Net:

Novidades por WhatsAppTelegramFacebookInstagramTwitterYouTubeGoogle NewsE-MailApps


Stamp


publicidadeAdemir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | André Silva Eleutério | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Euber Fagherazzi | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Henrique Haag Ribacki | José Patrick de Souza | Julian H. D. Rodrigues | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Sergio Luis Anaga | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva |
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Sobre André Garcia

Sou redator e tradutor freelancer e escritor, autor do livro de contos Liber IMP. Ouço rock desde pequeno, leio coisas sobre bandas desde sempre e escrevo sobre ela já tem anos. Cresci como fã de Iron Maiden e paladino do rock, mas já me tratei. Hoje sou fã de nomes como Beatles, David Bowie, The Cure, Kraftwerk e Velvet Underground, e de cenas como a Londres psicodélica, a Nova Iorque proto-punk e a Manchester pós-punk. Escrevo notas e notícias rápidas para o Whiplash.Net visando compartilhar conteúdo relevante sobre música e cultura pop.
Mais matérias de André Garcia.