RECEBA NOVIDADES ROCK E METAL DO WHIPLASH.NET NO WHATSAPP

Matérias Mais Lidas


Reunião dos irmãos Cavalera trouxe ânimo para Igor e quase mandou Max para o hospital

Por Emanuel Seagal
Postado em 17 de junho de 2024

Uma pessoa pouco lembrada foi peça chave para reunião de Igor Cavalera, que não queria saber de tocar metal, e seu irmão Max, que sabia que esse momento chegaria.

Max Cavalera - Mais Novidades

Foto: Redes Oficiais
Foto: Redes Oficiais

Em dezembro de 1996 o Sepultura deixou de existir na forma como os fãs estiveram acostumados por muitos anos. Após uma bem-sucedida turnê europeia, encerrada com um show em Londres imortalizado no disco ao vivo "Under a Pale Grey Sky", a banda se separou. De um lado, Max e Gloria; do outro, Andreas Kisser, Paulo Jr. e Igor Cavalera. Segundo os integrantes remanescentes, eles desejavam encerrar o contrato com Gloria, esposa de Max e empresária da banda, alegando que ela dava mais atenção ao marido do que à banda, e, portanto, poderia continuar como empresária do Max, porém o Sepultura precisaria de outro empresário. Sentindo-se traído pela banda e seu irmão, Max saiu e não olhou para trás.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - GOO
Anunciar no Whiplash.Net Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Em 1997, Max deu início ao Soulfly, enquanto Derrick Green o substituiu no Sepultura. Seu distanciamento do Brasil e do Sepultura só aumentou. Morando em Phoenix com a família, pisou no Brasil no ano 2000 com o Soulfly, e não mais falou com os ex-colegas, enquanto o contato com Igor era restrito a raros telefonemas ou notícias repassadas pela mãe, Vânia Cavalera. Em agosto de 2006 a dupla se reencontrou. "Eu estava nervoso, e, ao mesmo tempo, muito feliz. Foi um turbilhão de emoções. O Max foi com a Gloria nos buscar no aeroporto, ela levou flores. O abraço… era uma coisa muito da família. Emocionante pra caralho", lembrou Igor em matéria de Pablo Miyazawa, publicada em março de 2008 na edição brasileira da revista Rolling Stone.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - CLI
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Igor deixou o Sepultura em 2006, mas nesta história onde muito se fala em Gloria e nos irmãos Cavalera, a heroína do reencontro foi Laima Leyton, esposa do baterista. "Quando nosso filho nasceu, a Laima teve um estalo: 'O Antonio não vai ficar sem conhecer o tio e muito menos sem brincar com os primos dele. Essa história tem que acabar agora. Liga lá pro seu irmão, pra Gloria, e troca uma ideia com eles. Você nem está mais no Sepultura, não tem nada a perder'", contou Igor. "Realmente fiquei quase dez anos sem falar com meu irmão. Acho que liguei uma vez, pra falar de um tio nosso que não estava legal, e só. E a Laima falou: 'Pega o telefone, fala com ela, a sua vida é outra, não tem banda, você só quer ter a família de volta.' Foi meio que um chute na bunda legal. Em vez de ligar e falar: 'Eu quero falar com o Max', eu disse: 'Eu quero é falar com a Gloria'."

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - GOO
Anunciar no Whiplash.Net Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"Eu estava na Europa em turnê com o Soulfly, e o celular da Gloria tocou", relembrou Max. "Pelo tipo das coisas que ela dizia, eu pensei: 'Caralho, com quem ela está falando?' Daí ela passou o telefone: 'É o seu irmão'", relembrou Max, rindo nervosamente. "Falei: 'Você sabe que meu pai morreu de ataque do coração e você me passa o telefone desse jeito? Você tem que me preparar, né?'"

Felizmente o coração de Max aguentou a emoção e Igor expôs o que sentia, deixando a música de lado, com intuito de reconstituir a família. Apesar da surpresa, Max afirmou sentir que o contato do irmão aconteceria em algum momento. "Independentemente de falar no telefone ou não, não muda o que você sente por uma pessoa, principalmente por um irmão. No meu coração, eu sempre adorei ele, então tinha certeza de que um dia chegaria a hora de fazer as pazes. Levou dez aos, mas rolou. O legal foi que ele falou com a Gloria e até pediu desculpa pelo jeito que agiu naquela época. E todo mundo tem um pouco de culpa pelo que aconteceu, ninguém é santo, houve problemas de tudo quanto é lado. A vida é muito rápida pra esse tipo de atitude, então graças a Deus ele viu que não vale a pena passar a vida inteira sem falar com quem se gosta por causa de orgulho bobo. Pra ele foi assim: 'Fod*-se o que rolou, vamos nos encontrar, vamos ser irmãos de novo.'"

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - CLI
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Com essa conversa, os dois combinaram que Igor iria até Phoenix encontrar Max, que fez o convite da primeira jam, para um show em memória a Dana Wells, enteado do Max, falecido em 1996. Apesar de desanimado com o metal, Igor topou, e mandou um CD com ideias que não caberiam no Soulfly, mas que tinham a cara do que a dupla fazia no Nailbomb em meados dos anos noventa. "A última cosia que queria era gravar um disco de metal. Eu estava em outro momento", afirmou Igor. Novamente a heroína da vez foi sua esposa, Laima. "Sentei, troquei ideia com ela e decidimos: 'Vamos fazer, vai ser legal pra caralho, mais pelo lado pessoal do que pelo lado profissional'."

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - WHIP
Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

Deste acordo nasceu em 2007 o Cavalera Conspiracy, que lançou quatro álbuns, "Inflikted" (2008), "Blunt Force Trauma" (2011), "Pandemonium" (2014) e "Psychosis" (2017), antes de começar em 2023 a trilogia de regravações dos primeiros discos do Sepultura, com "Morbid Visions" (2023), "Bestial Devastation" (2023) e "Schizophrenia" (2024).

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - GOO
Anunciar no Whiplash.Net Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal
Compartilhar no FacebookCompartilhar no WhatsAppCompartilhar no Twitter

Siga e receba novidades do Whiplash.Net:

Novidades por WhatsAppTelegramFacebookInstagramTwitterYouTubeGoogle NewsE-MailApps




publicidadeAdriano Lourenço Barbosa | Airton Lopes | Alexandre Faria Abelleira | Alexandre Sampaio | Alex Juarez Muller | André Frederico | Ary César Coelho Luz Silva | Assuires Vieira da Silva Junior | Bergrock Ferreira | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Alexandre da Silva Neto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cláudia Falci | Danilo Melo | Dymm Productions and Management | Efrem Maranhao Filho | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Fabio Henrique Lopes Collet e Silva | Filipe Matzembacker | Flávio dos Santos Cardoso | Frederico Holanda | Gabriel Fenili | George Morcerf | Geraldo Fonseca | Henrique Haag Ribacki | Jesse Alves da Silva | João Alexandre Dantas | João Orlando Arantes Santana | Jorge Alexandre Nogueira Santos | José Patrick de Souza | Juvenal G. Junior | Leonardo Felipe Amorim | Luan Lima | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Marcus Vieira | Maurício Gioachini | Mauricio Nuno Santos | Odair de Abreu Lima | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Ricardo Cunha | Richard Malheiros | Sergio Luis Anaga | Silvia Gomes de Lima | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Victor Adriel | Victor Jose Camara | Vinicius Valter de Lemos | Walter Armellei Junior | Williams Ricardo Almeida de Oliveira | Yria Freitas Tandel |
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Sobre Emanuel Seagal

Descobriu o metal com Iron Maiden e Black Sabbath até chegar ao metal extremo e se apaixonar pelo doom metal. Considera Empyrium e X Japan as melhores bandas do mundo, Foi um dos coordenadores do finado SkyHell Webzine, escreveu para outros veículos no Brasil e exterior, e sempre esteve envolvido com metal, seja com eventos, bandas, gravadoras ou imprensa. Escreve para o Whiplash! desde 2005 mas ainda não entendeu a birra dos leitores com as notícias do Metallica. @emanuel_seagal no Instagram.
Mais matérias de Emanuel Seagal.

 
 
 
 

RECEBA NOVIDADES SOBRE
ROCK E HEAVY METAL
NO WHATSAPP
ANUNCIAR NESTE SITE COM
MAIS DE 4 MILHÕES DE
VIEWS POR MÊS