Matérias Mais Lidas

imagemFilho de Trujillo fez guitarra na "Master of Puppets" que toca em Stranger Things

imagemA bizarra exigência de Ace Frehley para participar da última turnê do Kiss

imagemSummer Breeze Open Air Brasil acontece em abril de 2023 em São Paulo

imagemEngenheiros do Hawaii e as tretas com Titãs, Lulu Santos, Lobão e outros

imagemPink Floyd: Suas 10 músicas mais subvalorizadas, segundo a What Culture

imagemMax Cavalera revela como "selou a paz" com Tom Araya, vocalista do Slayer

imagemLady Gaga: "o Iron Maiden mudou a minha vida!"

imagem"Stranger Things" traz cena com "Master of Puppets", do Metallica

imagemO álbum do The Who que Roger Daltrey achou "uma m*rda completa

imagemA opinião de Arnaldo Antunes sobre a competição interna que havia nos Titãs

imagemPink Floyd: Gilmour nega alegação de Waters sobre "A Momentary Lapse of Reason"

imagemLobão explica porquê todo sertanejo gostaria, no fundo, de ser roqueiro

imagemAlice Cooper diz que em sua equipe "todo mundo é tratado como a banda"

imagemVital, o ex-Paralamas que virou nome de música e depois foi pro Heavy Metal

imagemO grave problema do refrão de "Eagle Fly Free", segundo Fabio Lione


Airbourne 2022

Paradise Lost: Seus dez melhores álbuns, segundo a Classic Rock

Por Vagner Mastropaulo
Em 16/02/21

Nas páginas 102 e 103 da Classic Rock 253 (setembro/18), Dave Everley elencou os dez melhores álbuns do Paradise Lost para a seção "The Hard Stuff – The Buyer’s Guide", destacando que: "Em sua jornada pelo underground através das zonas do metal, eles tiveram grande sucesso e foram altamente influentes pelo caminho".

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

A única falha não é nem da publicação inglesa, mas deste escriba, que só agora se deu conta do potencial da matéria, ou seja, após a banda já ter soltado Obsidian (20). Paciência... até porque, com dezesseis trabalhos de estúdio no catálogo do grupo de Halifax, outros cinco foram ignorados nos reviews: Lost Paradise (90), Host (99), Symbol Of Life (02), Paradise Lost (05) e In Requiem (07) – e os dois últimos foram os únicos sem menção alguma, incluindo na playlist elaborada cronologicamente.

A separação não é bem um ranking com colocações ordenadas, mas sim por categorias como: "Essenciais – Clássicos"; "Superiores – Consolidação Da Reputação"; "Bons – Vale A Pena Explorar"; e "Evite". Vejamos como ficou a disposição dos full lengths e a playlist:

"Essenciais – Clássicos"

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

- Icon (93)

- Draconian Times (95)

"Superiores – Consolidação Da Reputação"

- Gothic (91)

- Shades Of God (92)

- One Second (97)

- Faith Divides Us – Death Unites Us (09)

"Bons – Vale A Pena Explorar"

- Tragic Idol (12)

- The Plague Within (15)

- Medusa (17)

"Evite"

- Believe In Nothing (01)

Playlist Essencial

01) Deadly Inner Sense – Lost Paradise (90)

02) Gothic – Gothic (91)

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

03) Eternal – Gothic (91)

04) Mortals Watch The Day – Shades Of God (92)

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

05) As I Die – Shades Of God (92)

06) Embers Fire – Icon (93)

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

07) Forging Sympathy – Icon (93)

08) Enchantment – Draconian Times (95)

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

09) Elusive Cure – Draconian Times (95)

10) One Second – One Second (97)

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

11) Say Just Words – One Second (97)

12) It’s Too Late – Host (99)

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

13) Symbol Of Life – Symbol Of Life (02)

14) Faith Divides Us – Death Unites Us – Faith Divides Us – Death Unites Us (09)

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

15) I Remain – Faith Divides Us – Death Unites Us (09)

16) Worth Figthing For – Tragic Idol (12)

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

[também não fazemos idéia porque a capa do link é a de Of Rust And Bones (10), do Poisonblack]

17) Beneath Broken Earth – The Plague Within (15)

18) Medusa – Medusa (17)

Faltou algo? Para o gosto deste que vos escreve: "Remembrance", de Icon; e Erased, de Symbol Of Life. E para você? Infelizmente, não achamos uma versão online para o texto da revista. Caso você encontre um link, deixe nos comentários, assim como sua opinião sobre o conteúdo acima.


Fonte: Revista Classic Roc 253 (outubro/18)
https://www.amazon.com/Classic-Rock-Issue-253-Continuing/dp/B07HPFC7H6

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Stamp


publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp


Sobre Vagner Mastropaulo

Bacharel em Letras Inglês/Português formado pela USP em 2003; pós-graduado em Jornalismo pela Cásper Líbero em 2013; professor de inglês desde 1997; eventualmente atua como tradutor, embora não seja seu forte. Fã de música desde 1989 e contando... começou a colaborar com o site como as melhores coisas que acontecem na vida: sem planejamento algum! :)

Mais matérias de Vagner Mastropaulo.