Matérias Mais Lidas

Alec Baldwin: o que vamos fazer com este idiota, babaca e imbecil, explica Ted NugentAlec Baldwin: "o que vamos fazer com este idiota, babaca e imbecil", explica Ted Nugent

Nirvana: a resposta direta e reta de Dave Grohl ao bebê de Nevermind após processoNirvana: a resposta direta e reta de Dave Grohl ao bebê de Nevermind após processo

Cannibal Corpse: homofobia faz Corpsegrinder perder homenagem no jogo World of WarcraftCannibal Corpse: homofobia faz Corpsegrinder perder homenagem no jogo World of Warcraft

Zakk Wylde: Randy Rhoads não gostava do Black Sabbath, por isso era especialZakk Wylde: Randy Rhoads não gostava do Black Sabbath, por isso era especial

Iron Maiden: o que Adrian e Janick dizem sobre a elogiada música Hell on EarthIron Maiden: o que Adrian e Janick dizem sobre a elogiada música "Hell on Earth"

Guns N' Roses: turnê continua milionária, veja os assombrosos númerosGuns N' Roses: turnê continua milionária, veja os assombrosos números

Judas Priest: o problema com o baixo de Ian Hill conforme a banda ficava mais pesadaJudas Priest: o problema com o baixo de Ian Hill conforme a banda ficava mais pesada

Angra: escolhas erradas prejudicaram Aqua, não foi uma boa ideia, segundo AndreoliAngra: escolhas erradas prejudicaram "Aqua", "não foi uma boa ideia", segundo Andreoli

Tim Ripper Owens: vocalista conta seus piores shows com Iced Earth e Judas PriestTim "Ripper" Owens: vocalista conta seus piores shows com Iced Earth e Judas Priest

Igor Cavalera: projeto quer cruzar fronteiras do black metal, hardcore e EBMIgor Cavalera: projeto quer "cruzar fronteiras do black metal, hardcore e EBM"

Angra: Felipe Andreoli comenta polêmicas e reações exageradas por parte dos fãsAngra: Felipe Andreoli comenta polêmicas e reações exageradas por parte dos fãs

Metallica: James Hetfield vendeu terras próximas à fronteira com o México por boa granaMetallica: James Hetfield vendeu terras próximas à fronteira com o México por boa grana

Foo Fighters: Dave Grohl surpreende ao revelar significado da letra de Learn to FlyFoo Fighters: Dave Grohl surpreende ao revelar significado da letra de "Learn to Fly"

Megadeth: veja formação clássica tocando Hangar 18 em talk show da TV norte-americanaMegadeth: veja formação clássica tocando "Hangar 18" em talk show da TV norte-americana

Guns N' Roses: a curiosa e humilde reação de Axl Rose ao ser eleito melhor vocalistaGuns N' Roses: a curiosa e humilde reação de Axl Rose ao ser eleito "melhor vocalista"


Stamp
Tunecore 2

Ultimate Classic Rock: os dez melhores álbuns do Rush

Por Samuel Coutinho
Fonte: ultimateclassicrock.com
Em 31/07/11

Para comemorar os 58 anos do baixista Geddy Lee em 29 de julho de 2011, o site Ultimateclassicrock.com, analisou alguns dos melhores trabalhos da banda. Com 18 álbuns na carreira, até então, para escolher os "melhores", um tema muito debatido entre os fãs do trio canadense.

10. "Snakes And Arrows" - 2007

O impacto inicial do álbum anterior, "Vapor Trails" sofreu devido a problemas de qualidade de som, mas se você comparar "Test For Echo" e "Snakes And Arrows, dará empate. No final, a emoção contínua de "Snakes And Arrows" vence. O primeiro single "Far Cry" trás uma confiança, que sem dúvida, fez o Rush voltar.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

9. "Roll The Bones" - 1991

O álbum lançado nos anos 90, mostra a banda deixando os teclados mais recuados em relação a guitarra de Alex Lifeson, tendo um merecido destaque. A faixa-título, com letras faladas, lembrando um rap, foi um tanto controverso para o gênero, e pouco esperado em um album do Rush. Após passar por fases e estilos ao longo dos anos 80, "Roll The Bones", manteve os veteranos do Canadá em terra firme, com um álbum geralmente bem recebido pelos fãs.

8. "Permanent Waves" - 1980

Em "Permanent Waves", a banda começa a abandonar seu som mais seco, deslizando para um quadro mais rádio e amigável de composições. "The Spirit of Radio" aparentemente é um tapinha nas costas em comemoração ao programa de rádio de Toronto, com o mesmo nome. O baterista Neil Peart, explica que existe um sentimento dentro da canção, mas também lamenta os métodos de programação estereotipadas e sem alma que começaram a rondar a rádio, que já foi bem apreciada pelos ouvintes.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

7. "Signals" - 1982

Continuando a experimentar a evolução do som dos teclados-pesados que a banda adotou durante os anos 80. Uma das melhores faixas do álbum, "Subdivisions", começou com Neil Peart fazendo os primeiros arranjos na estrada durante a tour do "Moving Pictures".

6. "A Farewell To Kings" - 1977

O quinto álbum de estúdio do Rush, marca "Closer To The Heart" como a primeira canção escrita por alguém de fora da banda, e também considerada um hit no Reino Unido, sendo uma das favoritas entre os fãs. Presente em quase todos os setlists em turnês, com apenas algumas exceções.

5. "Hemispheres" - 1978

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Continuando a história, que começou em "A Farewell To Kings", o Rush dedicou todo o lado A de "Hemispheres" para a segunda parte do "Cygnus X-1. Book I", como parte inicial da história em 10 minutos. "Cygnus X-1. Book II Hemispheres", conta com 18 minutos de duração, enriquecendo o seu enredo místico. A faixa épica provavelmente não é o melhor ponto de partida para apresentar um álbum do Rush a um amigo. Mas se o assuto é o talento musical da banda, "The Trees" contribui, como uma bela e rápida canção.

4. "Rush" - 1974

Ouvir o vocal agudo de Geddy Lee em faixas como "Finding My Way", podem gerar algumas contradições entre alguns fãs da banda, que acham que os vocais de Lee são agressivos demais para os seus ouvidos. Mas a partir da estréia do Rush em 1974, a banda já mostrava um som excessivamente polido que eles desenvolveram em 40 anos como uma banda.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

3. "Fly By Night" - 1975

O segundo álbum do Rush conta com a estréia de Neil Peart, como novo baterista da banda e letrista principal. Além de Peart, houve uma outra mudança, na maneira de tocar, dando uma direção mais clara ao Rush, que já se mostrava pronto para os desafios que estavam por vir. Badaladas como "By-Tor And The Snow Dog" foi intensionalmente colocada no primeiro lado do disco, pois no vinil, os sinos no final foram prensados nos sulcos após a marca final do lado um. Em toca-discos antigos, até que o braço fosse fisicamente levantado do vinil, os sinos continuariam tocando. Na versão do ‘Archives’, a música é 28 segundos mais longa, já que sinos adicionais foram incluídos.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

2. "2112" - 1976

Um dos destaques da turnê de "Test For Echo", foi a execução completa da faixa-título "2112", do quarto álbum do Rush. Muitas vezes erroneamente identificado como um álbum conceitual, porque a faixa-título, dividida em sete partes, nasceu do fracasso comercial do álbum anterior da banda, "Caress of Steel" de 1975. O famoso personagem "Starman" faz sua primeira aparição na contra-capa de "2112".

1. "Moving Pictures" - 1981

"Moving Pictures" é, obviamente, um dos melhores álbuns do Rush, contendo hits como a inegável "Tom Sawyer". O clássico é certamente uma das melhores aberturas que um grande álbum pode ter. Geddy Lee nos proporciona uma bela entrada, com seus vocais. Quem teve a chance de ver a banda tocar o "Moving Pictures" na íntegra, durante a "Time Machine Tour", teve a sensação de que cada centavo valeu a pena ser pago.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Agradecimentos: Yan Vaz

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Casa do Rock
publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Rush: Mike Portnoy diz que fazer tour ao lado de Geddy Lee e Alex Lifeson seria um sonhoRush: Mike Portnoy diz que fazer tour ao lado de Geddy Lee e Alex Lifeson seria um sonho

Loudwire: grandes bandas que lançaram dois (ou três) ótimos álbuns no mesmo anoLoudwire: grandes bandas que lançaram dois (ou três) ótimos álbuns no mesmo ano

Rush: emocionados com homenagem prestada por banda marcial dos EUARush: emocionados com homenagem prestada por banda marcial dos EUA

Beto Alone: Qual a ligação entre o Guess Who, BTO, Rush, Kiss, Guns e Lenny Kravitz?

Rush: o guitarrista Alex Lifeson explica porque dificilmente voltará aos palcosRush: o guitarrista Alex Lifeson explica porque dificilmente voltará aos palcos

Guia: 30 músicas que são portas de entrada para o mundo mágico do rock/heavy metalGuia: 30 músicas que são "portas de entrada" para o mundo mágico do rock/heavy metal

Rush: As 10 maiores linhas de baixo de Geddy Lee, pela Far Out MagazineRush: As 10 maiores linhas de baixo de Geddy Lee, pela Far Out Magazine

Rush: uma incrível baixista de 9 anos toca Tom SawyerRush: uma incrível baixista de 9 anos toca "Tom Sawyer"

Primus: Les Claypool está tomando lições de baixo com Geddy LeePrimus: Les Claypool está tomando lições de baixo com Geddy Lee

Rush: Ouça a guitarra de Alex Lifeson ao vivo sem nenhum efeitoRush: Ouça a guitarra de Alex Lifeson ao vivo sem nenhum efeito


Metallica: e se Neil Peart fosse o baterista em Seek & Destroy?Metallica: e se Neil Peart fosse o baterista em "Seek & Destroy"?

Regis Tadeu: Cinco legados do gênio Neil Peart (vídeo)Regis Tadeu: Cinco legados do gênio Neil Peart (vídeo)

Rush: Os 40 anos de Neil Peart em quatro músicasRush: Os 40 anos de Neil Peart em quatro músicas


Metallica: por que 9 entre 10 fãs odeiam Load e Reload?Metallica
Por que 9 entre 10 fãs odeiam "Load" e "Reload"?

Heavy Metal: O início do movimento e a origem do termoHeavy Metal
O início do movimento e a origem do termo


Sobre Samuel Coutinho

Nascido no interior de SP no dia 15/12/1986, em uma cidade chamada Ilha Solteira, Samuel Coutinho se entregou ao heavy metal logo na adolescência. Seu forte sempre foi o heavy metal melódico, variando desde o prog-metal até ao power-metal.

Mais matérias de Samuel Coutinho.