Strokes: Se eu fosse um fã não iria querer saber o que vão tocar no show

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Leonardo Daniel Tavares da Silva, Fonte: Daniel Tavares
Enviar correções  |  Ver Acessos

ALBERT HAMMOND JR, guitarrista do STROKES, é uma das atrações do LOLLAPALOOZA, que acontece em 12 e 13 de março no Autódromo de Interlagos, São Paulo. Conversei com Albert sobre o show (onde tocará apenas canções de sua carreira solo), seus planos e um pouco, claro, sobre os STROKES. Enquanto todo mundo está ligado no setlist dos primeiros shows do IRON MAIDEN, Albert dispara: "Se eu fosse fã, não iria querer saber o que vai ser tocado em um show. Isso é parte da diversão". Confira a conversa logo abaixo.

Metallica: prejudicando as finanças da Igreja UniversalMetallica: James Hetfield explica suas tatuagens preferidas

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Daniel Tavares: É um prazer conversar com você. Vamos começar falando sobre o Lollapalooza, o que você está trazendo para os fãs brasileiros?

Albert Hammond Jr: É...trazendo? Meu tudo. Tudo o que eu tenho comigo.

Daniel Tavares: O que os fãs podem esperar deste show?

Albert Hammond Jr: Tudo o que eu tenho. Alegria. Alegria. Rock. Eles me conhecem. Sabem que eu sou louco feliz.

Daniel Tavares: Falando sobre o seu último álbum...

Albert Hammond Jr: Fiquei curioso sobre como as outras pessoas respondem a isso. Muito curioso. O que todo mundo diz?

Daniel Tavares: Eles normalmente tentam descrever como os shows serão, o quanto haverá de energia no palco, o que eles esperam dos fãs na plateia, se você focaria mais no "Momentary Masters" ou faria um mix de toda a sua carreira, se tocaria algo do STROKES, alguma cover de outro artista. Algo assim.

Albert Hammond Jr: Oh, não. Eu nunca toco STROKES. A resposta para todas essas perguntas é parte do mistério de todo show, é parte da diversão. Eu quero dizer que eu não gostaria de saber. Você me entende? Se eu fosse um fã eu não iria querer saber. Mas, sim, eu toco um bom punhado de canções. O show é muito enérgico. Quando eu estou no palco, as pessoas amam. Eu trago alegria para uma plateia alegre.

Foto: Jason McDonald
Foto: Jason McDonald

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Daniel Tavares: Ok. Vamos passar para o seu novo álbum "Momentary Master". Como você tem visto a recepção dele pelos fãs, o que você pode falar sobre este álbum que lançou no ano passado?

Albert Hammond Jr: Sim, eu o amo. Eu estou muito feliz. Eu gostaria que fosse maior, que fizesse mais sucesso no rádio, coisas assim, sabe, mas é um grande álbum e ao vivo soa muito bem. Quando tivermos chegado na América do Sul vamos ter tocado em uns vinte países do mundo, em uma boa porção do mundo. É um álbum muito excitante.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Daniel Tavares: Ok. Sendo um membro importante de uma banda importante, como você faz para diferenciar sua música da música dos STROKES. Existe algo que você faça, algum cuidado especial que tome?

Albert Hammond Jr: Eu acho que não teríamos tempo para explicar isso. Isso envolve ouvir toda a música. Você iria ver. Mas eu não poderia explicar. Eu teria que explicar realmente melhor, mas isso leva tempo.

Daniel Tavares: E quais os seus próximos planos? Você faria um DVD do show no Lolla ou algo assim?

Albert Hammond Jr: Estou trabalhando em algumas novas canções. Talvez gravemos alguma coisa. Se eu tiver alguma ideia melhor, talvez saia. Ainda não sei. Ainda é muito cedo para falarmos sobre isso neste momento.

Daniel Tavares: E você pode me contar algo sobre os STROKES? Quais os próximos planos dos STROKES, existe algo que você já possa me adiantar?

Albert Hammond Jr: Vamos passar uma semana na Austrália. Em junho.




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção EntrevistasTodas as matérias sobre "Strokes"


11 de Setembro: Saiba como o atentado às torres atingiu o Rock11 de Setembro
Saiba como o atentado às torres atingiu o Rock

Dinheiro não é tudo mas ajuda: 5 Rock Stars que nasceram ricosDinheiro não é tudo mas ajuda
5 Rock Stars que nasceram ricos


Metallica: prejudicando as finanças da Igreja UniversalMetallica
Prejudicando as finanças da Igreja Universal

Metallica: James Hetfield explica suas tatuagens preferidasMetallica
James Hetfield explica suas tatuagens preferidas


Sobre Leonardo Daniel Tavares da Silva

Daniel Tavares nasceu quando as melhores bandas estavam sobre a Terra (os anos 70), não sabe tocar nenhum instrumento (com exceção de batucar os dedos na mesa do computador ou os pés no chão) e nem sabe que a próxima nota depois do Dó é o Ré, mas é consumidor voraz de música desde quando o cão era menino. Quando adolescente, voltava a pé da escola, economizando o dinheiro para comprar fitas e gravar nelas os seus discos favoritos de metal. Aprendeu a falar inglês pra saber o que o Axl Rose dizia quando sua banda era boa. Gosta de falar dos discos que escuta e procura em seus textos apoiar a cena musical de Fortaleza, cidade onde mora. É apaixonado pela Sílvia Amora (com quem casou após levar fora dela por 13 anos) e pai do João Daniel, de 1 ano (que gosta de dormir ouvindo Iron Maiden).

Mais matérias de Leonardo Daniel Tavares da Silva no Whiplash.Net.

Goo336x280 GooAdapHor Goo336x280 Cli336x280