Folkstone: entrevista exclusiva ao fã clube brasileiro

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Maitê Polydoro, Fonte: Folkstone Brasil, Tradução
Enviar correções  |  Ver Acessos

O Folkstone é uma banda de metal italiana folclórica de Bergamo (Itália) sua idéia nasceu dos membros Lorenzo, Ferro e Forese, que queriam trazer de volta à vida, melodias antigas e colocá-las no metal. Seus shows são uma mistura de, como eles mesmo dizem, "metal extremo medieval" com fogos, jogos e cerveja. Folkstone Brasil sendo o fã clube oficial brasileiro criado em 2012, concedeu uma entrevista exclusiva com os membros da banda com questões e curiosidades ditas pelos próprios fãs.

Prostitutas: As mais famosas e devassas do cenário Rock - Parte 1Quatro filhos: rockabilly, pop rock, prog rock e hard rock

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Folkstone Brasil: Por que o nome Folkstone? Como surgiu esse nome?

Roby: Perto do vale onde moramos, há pedras com desenhos e escritas pré-históricas nas quais adoramos. Nós pensamos que pedras, pessoas, "folk", "Stone" então será "FOLKSTONE"! (risos).

Folkstone Brasil: Com a banda começou?

Andrea: A ideia surgiu, eu acho que oito anos atrás especialmente pelo Lorenzo, Ferro (nosso antigo baixista) e Marco Forense. E eles acharam um cd do In Extremo então eles começaram a pensar em fazer músicas nesse estilo, mas usando as nossas gaitas de fole. Em nosso país, especialmente em nossa cidade Bergamo e perto, há uma gaita de foles típica, não igual a que usamos atualmente, assim queríamos começar a fazer música especialmente com esse instrumento, chamado Baghèt. Começamos a usa-lo, pois ninguém mais usava esse tipo de instrumento, então lentamente começamos a aprender a tocar esse instrumento e lentamente pessoas como Roby e Matteo (gaiteros da banda) entraram alguns meses após. E o resto da banda entrou junto para tocar esse tipo de som.

Folkstone Brasil: De onde vem às inspirações para as músicas?

Roby: Nós encontramos nossa inspiração em nosso dia-a-dia de vida. Nós gostamos de falar sobre nossos sentimentos, nossas ideias ou a vida no tempo em que vivemos.

Folkstone Brasil: ou sobre acontecimentos na Itália como a música Simone Pianneti?

Roby: Sim! E nós temos pessoas em particular que gostamos pelos seus feitos ou como na música "Nell'alto cadrò", sobre um alpinista que morava em Bergamo.

Andrea: Que não é nenhum herói, mas para nós é uma pessoa que tomamos como exemplo, especialmente eu e Lorenzo, nós gostamos muito. Era uma pessoa que não era conhecida por ninguém e começou a escalar montanhas. É um exemplo de pessoa, pois não tinha patrocínio, nem popularidade e não era visto na televisão ou coisa do tipo, mesmo assim escalou o Nepal então é um exemplo que merece algo escrito para ele.

Folkstone Brasil: Como é a rotina diária da banda?

Roby: Aqui nós trabalhamos...

Lore: Nós temos uma "FUCKING LIFE" (risos).

Roby: E cada um trabalha de uma coisa.

Folkstone Brasil: e tem que parar de trabalhar para fazer shows como hoje? (segunda-feira) (risos)

Roby, Lore, Andrea: Sim! (risos).

Andrea: Normalmente se não estamos tocando, nós devemos começar a trabalhar em novas músicas, por exemplo, o tempo que não estamos juntos é realmente muito curto.

Roby: E se não estamos fazendo isso, saímos para beber ou comer alguma coisa juntos. (risos).

Folkstone Brasil: Quais são seus hobbies favoritos?

Roby: Música

Lore: Alpinismo

Roby: Ler livros, assistir filmes.

Lore: Mas realmente não temos muito tempo de fazer essas coisas.

Folkstone Brasil: Desde o primeiro álbum, como tem sido a reação dos fãs ao longo do tempo?

Roby: Aumentou e algumas pessoas em particular preferem o primeiro e segundo álbum e quando Il Confine veio falavam que não era a mesma coisa, que não estava tão bonito, mas a parte principal aumentou e cresceu junto conosco. Eu acho que eles apreciam nosso caminho.

Andrea: Pois no último álbum estávamos mais maduros, porque talvez no primeiro álbum nós escrevíamos sobre coisas simples. E no último demos muita importância nas letras por falar o que pensávamos.

Folkstone Brasil: Qual sonho vocês ainda pretendem realizar em relação à banda?

Andrea: Em minha opinião, acho que de todos, nosso sonho é o que estamos fazemos agora, pois quando começamos nenhum de nós pensou que seria possível chegar aqui. E agora nós pensamos no dia após dia, pensando nesta tour e depois começaremos a pensar em um novo álbum, passo por passo. E pensando mais no presente.

Folkstone Brasil: Há alguma possibilidade de sair da Europa para fazer shows?

Lore: É muito, muito difícil!

Roby: Por que somos muitos, é difícil nos mover para muito longe, mas esperamos um dia que podemos!

Andrea: Não temos ninguém para organizar, temos nosso manager, mas não temos alguém que pague pela gente, produzimos os CDs por conta própria com nossa própria gravadora. Somos considerados uma banda underground e tocar no Brasil, por exemplo, envolve muitos custos, mas será um dos nossos sonhos.

Folkstone Brasil: O que vocês pensam sobre o aumento do Folk Metal na América do Sul?

Roby: Está crescendo? (risos)

Folkstone Brasil: sim, muito! (risos).

Roby: Então é positivo, nós gostaríamos de realçar que não queremos ser somente uma banda de folk metal, mas também ser medieval rock, misturar tudo. Mas estamos felizes que esse tipo de música está crescendo nos países em todo lugar, então é muito positivo.

Andrea: Geralmente é bom quando um músico underground começa a crescer. Então para o nosso tipo de música é bom começar a crescer na América do Sul.

Folkstone Brasil: Uma mensagem aos fãs brasileiros de Folkstone !!!

Roby: Nós estamos bebendo cerveja, pensando em todos vocês e esperamos um dia conhecê-los!!!! :D

Folkstone Brasil: Muito Obrigada!

Roby, Lore, Andrea: Obrigado!

Para maiores informações sobre a banda confira os links disponíveis:

Site Oficial:
http://www.folkstone.it/en
Página Oficial Facebook:
https://www.facebook.com/FolkStone?fref=ts
Fã Clube Oficial Folkstone Brasil:
https://www.facebook.com/FolkstoneBrasil




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção EntrevistasTodas as matérias sobre "Folkstone"


Prostitutas: As mais famosas e devassas do cenário Rock - Parte 1Prostitutas
As mais famosas e devassas do cenário Rock - Parte 1

Quatro filhos: rockabilly, pop rock, prog rock e hard rockQuatro filhos
Rockabilly, pop rock, prog rock e hard rock


Sobre Maitê Polydoro

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, enviando sua descrição e link de uma foto.

Goo336x280