Girlie Hell: entrevista com Bullas Attekita, vocalista da banda

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Geraldo de Andrade, Fonte: Heavynroll
ENVIAR CORREÇÕES  


A GIRLIE HELL é de Goiânia, uma banda com mulheres, vocais rasgados, riffs marcantes, qualidade e distorção.

Vitão Bonesso: A imensa coleção do apresentador do BackstageDoom Metal: os dez trabalhos essenciais do estilo

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

A banda surgiu em 2007 e hoje, certamente, pode ser considera uma das uma das melhores da nova geração do rock brasileiro.

Então, fui atrás da vocalista BULLAS ATTEKITA, para saber um pouco a história dessa banda, do atual momento e do futuro.

Vale à pena conferir!

HEAVYNROLL - Quem é Bullas Attekita?

BULLAS - BULLAS ATTEKITA é uma pessoa comum com um apelido estranho, que ama muito tudo que faz e vive tudo intensamente.

Sou guitarrista há 10 anos e há uns 4 anos que me descobri efetivamente como vocalista, já passei por várias bandas de diversos estilos e hoje estou muito feliz em fazer parte da GIRLIE HELL.

HEAVYNROLL - Como surgiu a GIRLIE HELL? Fala um pouco da banda?

BULLAS - A GIRLIE HELL surgiu em 2008 já com o propósito de ser uma banda totalmente feminina, fundada pela ex-baixista, LOLA, e ex-vocalista, SARAH BASTOS.

Da formação inicial restou apenas a CAROL PASQUALI(baterista), eu entrei um pouco depois como guitarrista-solo juntamente com a KAJU (guitarrista-base).

Inicialmente a banda enfatizava mais o seu lado Hard Rock dançante, mas com o tempo e amadurecimento fomos explorando de forma natural outros estilos.

O ano de 2010 foi decisivo para nós, nesse ano tivemos a entrada da FERNANDA SIMMONDS(baixista) e a saída da vocalista (SARAH BASTOS), foi quando assumi os vocais definitivamente.

Essa mudança drástica de formação foi o cenário no qual nosso primeiro disco foi produzido, o "Get Hard!".

A repercussão do disco foi fantástica, ganhando projeção nacional e como resultado de um ano intenso de divulgação do disco, shows e turnês, a banda mudou bastante.

O ultimo single que lançamos "Winter", reflete muito bem essa nova fase em que o som esta mais pesado, se aproximando cada vez mais do Heavy Metal.

HEAVYNROLL - Atual formação da Girlie Hell?

BULLAS - Atualmente GIRLIE HELL é: BULLAS ATTEKITA (vocal/guitarra-solo), CAROL PASQUALI (bateria), FERNANDA SIMMONDS(Baixo), KAJU (guitarra-base).

HEAVYNROLL - Vocês lançaram o primeiro álbum em 2012, o ótimo "Get Hard", com faixas totalmente autorais, pode falar desse álbum?

BULLAS - O "Get Hard!" foi gravado no estúdio Rocklab, com a produção de GUSTAVO VASQUEZ, e lançado pela Monstro Discos.

Nesse disco tivemos a oportunidade de experimentar varias coisas, ousar e ao final de tudo redescobrirmos a banda.

Esse "laboratório" musical teve como fruto um disco bem versátil que contem músicas que vão do Hard Rock farofa (Girlies Night) ao Metal (Struggle).

HEAVYNROLL - Vocês já tocaram com SEPULTURA, KYUSS, CLAUSTROFOBIA, mas, certamente o momento mais especial em se falando de shows, foi à abertura de alguns shows da CRUCIFIED BARBARA, em 2012, no Brasil.

Fala um pouco desse grande momento? Como aconteceu o convite?

BULLAS - A oportunidade surgiu de uma negociação da Monstro Discos com a Solid Produtora, responsável pela tour brasileira da banda.

De tantos momentos memoráveis de 2012 a tour com CRUCIFIED BARBARA certamente foi o mais marcante, principalmente por ser uma referência nossa.

Dividir o palco com um artista que você admira já é fantástico, agora imagina abrir uma turnê (risos)! Foi muita alegria!

HEAVYNROLL - Você pode me explicar o que é esse fenômeno chamado "Winter", o novo single e vídeo, que em menos de uma semana de lançamento já teve quase 10.000 acessos?

BULLAS - (risos) Caramba! Nem consigo explicar ou expressar tamanha a felicidade pelo resultado.

É muito bom ter esse feedback do público, mostra que estamos no caminho certo!

HEAVYNROLL - Como foi à produção do vídeo "Winter"? Onde foi filmado?

BULLAS - "Winter" foi produzido pela equipe da Movie 3, que já trabalhou com artistas como FAKE NUMBER, PROJECT46 e etc.

O clipe foi filmado em São Paulo num galpão gigantesco e abandonado! Gostamos bastante do resultado!

HEAVYNROLL - Depois de "Winter", podemos esperar o novo álbum da banda?

BULLAS - Vai rolar algo nesse sentido sim, só não decidimos o formato ainda, mas podem esperar que venha coisa boa por ai! Já estamos com data certa para voltar gravar ainda esse ano em SP.

HEAVYNROLL - Vocês pretendem sair de Goiânia? Ir para um centro maior, como fazem a maioria das bandas?

BULLAS - No momento não temos planos quanto a isso, pois a banda ainda não possui essa necessidade, mas é uma possibilidade que pode ser estudada no futuro.

HEAVYNROLL - Quem é a BULLAS, quando não está gravando ou em cima de um palco com a GIRLIE HELL?

BULLAS - BULLAS é uma designer/programadora, viciada em vídeo-game e apaixonada por música.

HEAVYNROLL - Porque o nome BULLAS ATTEKITA? O que significa?

BULLAS - "BULLAS" é um apelido de infância que tenho desde os 7 anos de idade.

O "ATTEKITA" veio depois, e confesso que não sei o que significa (risos)! Apenas gosto da sonoridade do nome!

HEAVYNROLL - Um sonho da BULLAS ATTEKITA?

BULLAS - Meu sonho é um dia ser inspiração pras novas gerações de mulheres musicistas que virão por ai.

Gostaria de contribuir e poder fortalecer a cena feminina do rock brasileiro de alguma forma.

Ficaria imensamente feliz em ver garotas aprendendo a tocar e montando suas bandas inspiradas na GIRLIE HELL e é esse sonho que me faz continuar na luta!

HEAVYNROLL - Um recado para os fãs e leitores do Heavynroll:

BULLAS - Queria agradecer novamente a oportunidade de conceder essa entrevista!

Agradeço imensamente também a toda galera quem tem apoiado a GIRLIE HELL, muito obrigado pelo carinho!




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção EntrevistasTodas as matérias sobre "Girlie Hell"


Vitão Bonesso: A imensa coleção do apresentador do BackstageVitão Bonesso
A imensa coleção do apresentador do Backstage

Doom Metal: os dez trabalhos essenciais do estiloDoom Metal
Os dez trabalhos essenciais do estilo


Sobre Geraldo de Andrade

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, enviando sua descrição e link de uma foto.

Cli336x280