Children Of Bodom: houve muita sauna durante as gravações

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Talia Cruz, Fonte: Metal From Finland, Tradução
Enviar correções  |  Ver Acessos

Bella Qvist da revista online sueca CriticalMass.se recentemente conduziu uma entrevista com o tecladista Janne Wirman, dos finlandeses do CHILDREN OF BODOM. Leia abaixo alguns trechos da conversa:

Indústria: atrizes pornô começam a seguir mesmo rumo das bandasNuno Bettencourt: Rihanna canta muito, mas ele não quer mais tocar com ela

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Sobre gravar o novo álbum, "Relentless Reckless Forever", nas profundezas das florestas finlandesas:

Janne: "Sim, é insano porque na Finlândia nós não temos tornados ou tempestades tão fortes, mas foi uma loucura, a tempestade atingiu o estúdio e ficamos sem energia por 3 dias e estávamos no meio do nada. As árvores cortaram os cabos de energia e bloquearam as estradas, então estávamos presos no interior, no meio do nada, por alguns dias... Mas na verdade nós nos divertimos. Tocamos piano à luz de velas e cantamos Britney Spears, e não foi um problema tão grande assim, sabe."

Sobre a importância de fazer sauna durante a produção do novo álbum:

Janne: "Bem, especialmente nesse estúdio, eles tem uma sauna grande, e tem outra perto do lago, então quando estávamos gravando no verão era ótimo. Nosso produtor americano nunca tinha estado em uma sauna finlandesa à lenha antes, e ele absolutamente adorou. Toda manhã ele acordava, aquecia a sauna, fazia sauna e ia trabalhar no estúdio o dia inteiro, depois no fim da noite ele ia aquecer a sauna de novo. Na verdade, houve muita sauna durante as gravações."

Sobre a reputação de ser uma banda "festeira":

Janne: "Eu acho que a grande maioria de nós simplesmente é... todos nós gostamos de curtir e beber e nos divertir, então nós cinco nos juntamos como uma banda e foi uma grande festa. Apesar de que agora já temos mais de 30 anos... Quer dizer, nós amadurecemos então não podemos curtir como curtíamos dez anos atrás, porque era demais e era loucura. Mas, você sabe, nós ainda curtimos."

Sobre se CHILDREN OF BODOM é apenas sobre sexo, drogas e rock 'n' roll?

Janne: "Não, na verdade, não. Pode ter sido algo assim dez anos atrás, mas, como eu disse, todos nós crescemos um pouco nos últimos anos e tentamos manter as coisas moderadas. Nós ainda fazemos festas e nos divertimos, mas tentamos fazer as coisas de uma forma não muito estúpida o tempo inteiro."

Sobre a melhor coisa em ser um rock star:

Janne: "Eu acho que a melhor coisa, sério, é que você consegue fazer o que você ama. Você pode fazer turnê ao redor do mundo com seus amigos, você sabe, todas essas coisas, e quando você volta pra casa você não precisa ir para o McDonald's virar hamburguers. A melhor parte é que você consegue fazer o que ama e viver disso."

Sobre qual é a coisa mais falsa na indústria musical:

Janne: "Bem, você sabe, existe muita falsidade na indústria musical. Quer dizer, toda a indústria musical está meio f*dida agora, a coisa toda é bem falsa. Eu gostaria que de alguma forma houvesse uma solução para que artistas e selos pudessem continuar fazendo o que eles fazem, que de alguma forma fosse financeiramente razoável para todos, mas eu não sei."

Sobre se o frio e a escuridão afetam um "rock star":

Janne: "Sim, eu não sou mais uma pessoa muito de inverno. Eu odeio completamente, odeio a neve e o frio, e se eu fosse rock star o suficiente, eu não viveria aqui durante os invernos, eu só viveria aqui nos verões, é frio pra c*ralho. Eu tenho uma casa, e tem uma estradinha, havia tanta neve este ano que era preciso tirar a neve duas vezes por dia com uma pá, para conseguir dirigir e tirar o carro de casa."




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção EntrevistasTodas as matérias sobre "Children Of Bodom"


Children Of Bodom: o Slipknot detona!, diz Alexi LaihoChildren Of Bodom
"o Slipknot detona!", diz Alexi Laiho

Finlândia: as dez melhores bandas de Heavy Metal do paísFinlândia
As dez melhores bandas de Heavy Metal do país


Indústria: atrizes pornô começam a seguir mesmo rumo das bandasIndústria
Atrizes pornô começam a seguir mesmo rumo das bandas

Nuno Bettencourt: Rihanna canta muito, mas ele não quer mais tocar com elaNuno Bettencourt
Rihanna canta muito, mas ele não quer mais tocar com ela


Sobre Talia Cruz

Fã de metal extremo, de black metal e de Wednesday 13. Fã incondicional de Vader e Dissection. Aparece como modelo na capa do álbum Day After, da banda Drunk Vision.

Mais matérias de Talia Cruz no Whiplash.Net.

Cli336x280