Deathstars: entrevista com o vocalista Whiplasher

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Luis Henrique M. Evangelista, Fonte: Altsounds.com, Tradução
Enviar correções  |  Ver Acessos

O bate papo a seguir foi publicado originalmente na Altsounds.com

Guitarristas: os sete mais influentes de todos os temposIron Maiden: As 5 músicas mais fracas da carreira da banda

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Altsounds: Hey! Bem-vindo de volta a Londres. Quando você chegou?

Whiplasher: Agora [Risos]

Altsounds: Agora, neste mesmo segundo?!

Whiplasher: Sim, quase. Quero dizer, toda a minha bagagem se perdeu no aeroporto por isso eu não dormi ainda. Festejei a noite inteira no Grand Hotel e conheci Rod Stewart!

Altsounds: Legal! Você deve ter ficado apavorado quando sua bagagem não apareceu...

Whiplasher: Sim, é horrível, especialmente quando está toda a roupa de palco e tudo [risos].

Altsounds: Agora uma pergunta para se aquecer, quando você usou maquiagem pela primeira vez?

Whiplasher: Oh! Hm, acho que foi quando eu tinha cinco ou seis e eu costumava correr ao redor do bairro com ketchup na minha cara e costumava vestir-me como uma menina, com uma saia. [Risos] Eu sempre gostei de maquiar-me...

Altsounds: Sempre foi teatral, então?

Whiplasher: Sim, sempre excêntrico. [rindo muito]

Altsounds: Há alguma banda escandinava nova que tenha lhe chamado atenção?

Whiplasher: Hm, sim. THE DEAD AND THE LIVING é uma ótima banda, eu os ajudei com seu album, um pouco punk rock. Hm, que mais... Acho que na Suécia há tantas boas bandas e todo mundo praticamente conhece todo mundo, porque é um país muito pequeno. E sempre existiu essa cultura positiva quando se trata de rock. É uma região muito criativa e tem bandas novas aparecendo todo dia.

Altsounds: Quando você está em turnê, o que o ajuda a prosseguir e o que você não pode viver sem?

Whiplasher: Cat. [Risos] Isso seria horrível, eu preciso dele! Ele me ajuda, traz-me o café da manha, ele é como uma pequena senhora na banda que ajuda os rapazes! Não, sério, mas eu acho que seria nossas coleções de música. Sento-me com Skinny antes dos shows e nós escutamos as músicas. Não é metal ou coisa do tipo. Ouvimos mais coisas dos anos 80 e dance pop. É muito importante para mim e Skinny. [Risos]

Altsounds: Falando em festa, Jaegermeister ou Minttu?

Whiplasher: Minttu! Na verdade, a última vez que estivemos aqui em turnê junto com o THE DEFILED, eles tiveram algum tipo de endosso com a Jaegermeister e eu não pude beber desde então, pois já tínhamos bebido demais, porra !

Altsounds: Qual é a inspiração por trás dos uniformes militares? Há muita discussão sobre a inspiração ter sido nazista quando realmente foi russa...

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Whiplasher: Sim, na verdade, os uniformes que temos agora são réplicas de uniformes suecos do século XVIII... Sim, há uma ligação com a Rússia, mas de uma forma que nós estamos fazendo o divertimento de nazistas e estendendo a mão para a homossexualidade. [Risos]

Altsounds: Agora, cada single vem com um vídeo ... qual vídeo foi mais divertido de filmar?

Whiplasher: "Blitzkrieg" eu acho que foi o mais divertido. Era tão estranho. Eu não sei por onde começar, mas foi uma experiência muito surreal - a coisa toda, na Sérvia, neste tipo de cemitério aeroporto com garotas bonitas. Foi interessante e eroticamente gratificante! [Risos]

Altsounds: Você lançou um diário de estúdio online de clipes da banda no estúdio. Você poderia considerar a elaboração de todos os bastidores e cenas nos bastidores em um DVD?

Whiplasher: Sim, nós estamos cogitando isso. O Reino Unido tem sido um meio importante para nós, com todos os shows. Queremos as gravações, e vamos lançar um DVD e gravar mais do nosso tempo aqui. Eu não sei se o material será exibido em estúdio, mas estamos coletando material, com certeza.

Altsounds: Se você pudesse dirigir um filme do Deathstars, Que filme seria e quem interpretaria os membros da banda?

Whiplasher: Bem hm claro Tom Cruise seria eu! Eu não sei, Cat seria... Tila Tequila e assim por diante, mas a coisa com DEATHSTARS é que ela sempre foi uma música muito visual. Eu acho que seria como um filme pornô leve com ação. [Risos]

Altsounds: Se você pudesse escolher qualquer artista no mundo a apoiá-lo em turnê quem você escolheria?

Whiplasher: BEYONCE, BACKSTREET BOYS, VILLAGE PEOPLE, MAYHEM e DARKTHRONE.

Altsounds: Mistura legal! Agora a pergunta final! O alter-ego John irá reaparecer?

Whiplasher: Ele está sempre aqui, em algum lugar. [sorriso] Você nunca sabe o suficiente sobre John, ele está sempre aqui, em cada cidade; iludindo, assistindo... então de repente ele sai! Então, é óbvio que ele estará de volta, ele é como o ninja do DEATHSTARS.




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção EntrevistasTodas as matérias sobre "Deathstars"


Industrial: bandas do gênero que merecem atençãoIndustrial
Bandas do gênero que merecem atenção


Guitarristas: os sete mais influentes de todos os temposGuitarristas
Os sete mais influentes de todos os tempos

Iron Maiden: As 5 músicas mais fracas da carreira da bandaIron Maiden
As 5 músicas mais fracas da carreira da banda


Sobre Luis Henrique M. Evangelista

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, enviando sua descrição e link de uma foto.

Cli336x280 CliIL Cli336x280 CliInline