Edguy: "nunca tentamos ser algo que não somos"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Karina Detrigiachi, Fonte: Direct Metal Music, Tradução
Enviar Correções  

O guitarrista Jens Ludwig, da banda alemã, EDGUY, concedeu uma entrevista onde falou sobre o começo da carreira e qual a mensagem que a banda deseja passar para os fãs em suas músicas:

Vocês já tocam juntos há dezessete anos, e lançaram quatorze álbuns, o que significa basicamente um álbum por ano de carreira. Como vocês fazem para permanecer juntos e continuarem motivados para lançar um novo álbum?

Ludwig: "Eu não sei, simplesmente gostamos disso, entende? Não fazemos porque temos de fazer, e você não pode comparar isso com um emprego comum, sabe, como algo que você é obrigado a fazer. É que nós realmente gostamos, sabe, e estamos realmente ansiosos com tudo o que fazemos, como ensaiar e gravar as músicas que farão parte de um novo álbum, ou voltar a excursionar. Essas são as coisas das quais realmente gostamos e queremos fazer. Portanto, nenhum de nós considera isso como trabalho, pra nós é só diversão e algo que realmente gostamos de fazer. Nunca tivemos de nos forçar em fazer nada, gravar outro álbum, fazer outra turnê, é que simplesmente queremos fazer. O bom disso é que ainda somo muito jovens, quero dizer que não somos assim tão velhos (risos), e ainda possuímos muito potencial criativo. Sabe, todos esses anos tem nos testado como compositores, como músicos, e felizmente, também como seres humanos! A banda inteira está vivendo um sonho que se tornou realidade, e isso é verdade pra todos nós, então ninguém tem de nos forçar a fazer nada. É por isso que continuamos e ainda lançamos bons álbuns, e como continuamos a fazer shows, é porque amamos o que fazemos".

publicidade

Isso também me diz que vocês são realmente muito amigos. É correto dizer isso?

Ludwig: "Sim, na verdade nos conhecemos há tantos anos que provavelmente sabemos algumas coisas sobre cada um de nós que honestamente nem queremos saber! Realmente crescemos juntos nos últimos anos. Ainda me lembro da primeira turnê européia que fizemos. Não tínhamos equipe, estávamos simplesmente viajando em uma caravana, levando nós mesmos ao nosso show, e presos juntos naquele pequeno espaço [presumivelmente, a van] durante seis semanas realmente nos mantivemos juntos depois de sobreviver a isso. Depois de tudo que passamos, hoje é tudo luxuoso! Portanto, nós realmente viemos de uma vida mais difícil, e hoje em dia as coisas são muito mais fáceis para nós! Mas todas essas experiências e as coisas pelas quais passamos juntos nos fizeram mais fortes e mais unidos".

publicidade

Como vocês conseguem manter seu senso de humor, especialmente com o metal se tornando cada vez mais obscuro e místico?

Ludwig: "Acho que é a combinação de um monte de coisas, mas uma coisa sobre a qual falamos anteriormente, é que realmente gostamos do que fazemos, e na verdade nunca tentamos ser algo que não somos. Se você nos ver agindo de certa forma no palco, fazendo piadas, é da mesma forma que nós fazemos depois nos bastidores enquanto bebemos uma cerveja contigo, entende? Não tentamos ser outra pessoa, nós somos apenas nós mesmos, e isso tem muito a ver com a personalidade da banda.

publicidade

Definitivamente não há nenhuma razão pela qual deveríamos ter qualquer negatividade no palco ou na nossa música. Neste mundo há muita negatividade, e acho que quando as pessoas vão num show, você não deve lhe dizer o quão ruim é a vida de uma forma geral.

Entende o que quero dizer? Quando elas vão há um show, elas têm de ser capazes de esquecer tudo e se divertir por umas duas horas e meia. E acontece o mesmo com a gente, com tantos problemas que podemos ter, pois claro que todo mundo tem problemas, você sabe que quando nós estamos no palco nos apresentando, esquecemos de tudo e tentamos nos divertir.

publicidade

Existem muitas pessoas que vão contar a todos sobre o quanto a vida é uma merda, mas nós não vemos dessa forma, nós só queremos mostrar às pessoas que ainda há um monte de coisas na vida das quais você pode desfrutar".




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Andre Matos: Livro oficial terá prefácio escrito por Tobias SammetAndre Matos
Livro oficial terá prefácio escrito por Tobias Sammet


Edguy: uma explicação para o nome da bandaEdguy
Uma explicação para o nome da banda

Slash: guitarrista diz que perde a voz após os showsSlash
Guitarrista diz que perde a voz após os shows


Top 10: dez roqueiros que se foram aos 27 anos de idadeTop 10
Dez roqueiros que se foram aos 27 anos de idade

A História Impopular dos Rolling StonesA História Impopular dos Rolling Stones


Sobre Karina Detrigiachi

Designer, nascida na cidade de São Paulo, Kari como é mais conhecida, cresceu ouvindo Deep Purple, Led Zeppelin, Skid Row e Alice Cooper. É apaixonada por todas as vertentes do Metal, porém ouve de tudo um pouco sem se prender a rótulos.

Mais matérias de Karina Detrigiachi no Whiplash.Net.

WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin