Mortaes: entrevista com Fabricio Moraes, em Manaus

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Bernardo Oliveira, Fonte: Mortaes
Enviar Correções  

Durante a passagem da banda MORTAES em Manaus, tive a oportunidade de recebê-los em minha casa e aproveitei para fazer uma entrevista com o vocalista/guitarrista Fabrício. Confira agora um pouco mais da vida na estrada com o MORTAES.

Ôôôôôeeee: Sílvio Santos aprovou montagem com Steve Harris

David Bowie: a última foto pública e a última foto privada

Primeiro eu quero que você me fale um pouco mais sobre os atuais shows da tour. Como é cada público em cada cidade?

Cara, no geral os shows foram muito bem recebidos pela galera. No nordeste tivemos uma ótima receptividade, mesmo a cena sendo um pouco mais old school. Já nas cidades do Norte a cena é "apaixonada" e apóia mesmo os eventos de metal. Os shows daí foram DEVASTADORES!!!

Fabricio você ministrou em Teresina um workshop de guitarra, como foi o evento?

Na verdade, durante toda tour rolaram dois workshops de guitarra. Um em Parnaíba (PI) e outro em Rio Branco (AC). E eles foram muito legais! Com uma interação muito bacana com as pessoas que estavam presentes.

Você constuma fazer eventos desse tipo?

Não com tanta freqüência. Mas faço sim..

Fabricio, quais suas influências musicais em termos de vocalistas e guitarristas?

Em relação aos vocalistas, tenho grande influência de caras como Tom Angel Ripper(Sodom), Mille(Kreator), Tom Warrior( Celtic Frost) e outros.

Quanto aos guitarristas: Yngwei J. Malmsteen,Tony Iommi, Jake e Lee, Vinnie Moore, Greg Howe, Alex ScolnicK e Glen Avelais

Fora a banda vocês desenvolvem alguma atividade paralela, empregos convencionais?

Eu sou professor de guitarra em Brasília. Ministro aulas em minha casa e no GTR (Instituto especializado no ensino de guitarra). O Maurício é tatuador, o Daniel apenas estuda e a Cláudia é funcionária pública.

Sobre o passado da banda, quais foram os projetos e bandas que vocês trabalharam no passado?

Bom, vou falar mais da minha parte. Já toquei nas bandas MEPHISTO e CROSSBONES de Minas Gerais; AHORRENT, DARK AVENGER, HARLLEQUIN e TRIBUTO a MALMSTEEN de Brasília.

Pra quem ainda não conhece o som da banda, como vocês podem descrever o estilo de vocês?

Cara, não tem um rótulo. Mas o MORTAES é uma mescla de todos os sub-gêneros do heavy Metal. Como: técnica do Death Metal; riffs de Thrash; solos com melodias Neo-clássicas; atmosferas sombrias do Black Metal; vocais melódicos e rasgados. Ou seja, impossível de rotular (risos).

Durante a tour vocês tem feito varias entrevistas pra programas de TV, o que vocês pensam dessa contribuição para a cena Metal de cada parte do pais?

Isso é de uma importância sem tamanho. Para um estilo musical marginalizado como o Heavy Metal, falando em termos de Brasil, ter o apoio da mídia é uma contribuição preciosa. Ficamos muito felizes por termos respondido tantas entrevistas nessa turnê. O que ajudou em muito para o sucesso dos shows.

A vida na estrada algumas vezes pode ficar tediosa, o que vocês fazem pra se divertir durante a tour?

O que de melhor pode ser feito nessas horas é manter o senso de humor e o astral em alta. Coisas que facilitam muito o convívio. E que se tornam fáceis de se por em prática quando se trabalha com amigos. Como é o caso dos integrantes do MORTAES.

Pude ver durante a estadia de vocês aqui em Manaus, que vocês tem feito muitas amizades na estada. Quero que vocês citem algumas pessoas e feitos importantes pra vocês nesse periodo longe de casa.

Cara, foram muitas cidades que passamos e prefiro não citar os nomes pra não cometer a injustiça de esquecer alguém que tenha nos dado força. Mas como o seu portal é de Manaus, gostaria de citar os nomes do Ehud, Mônica, Thiago e Bernardo por todo apoio e atenção dispensada.

Pra o show do Parnaiba, foi feito um pequeno video de 30 segundos no qual a vocalista Cláudia Duarte convoca os fans para o show. Como surgiu essa iniciativa?

A idéia partiu da produção do show de Parnaíba. Aí como ainda estávamos em Brasília fizemos uma pequena filmagem e mandamos o vídeo pra eles poderem divulgar o show.

Pra quem quiser conhecer melhor o trabalho do Mortaes, como pode entrar em contato?

Gostaria de agradecer a oportunidade da entrevista e parabenizar a todos da cena de Manaus. E dizer também que estamos loucos pra retornar à cidade.

Nossos contatos são:
http://www.mortaes.com.br
http://www.myspace.com/mortaes
[email protected]

Tels: (61)3297-7192 e (61)9644-2779 a/c Fabrício Moraes.

Muito obrigado e STAY MORTAES!!!!




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Ôôôôôeeee: Sílvio Santos aprovou montagem com Steve HarrisÔôôôôeeee
Sílvio Santos aprovou montagem com Steve Harris

David Bowie: a última foto pública e a última foto privadaDavid Bowie
A última foto pública e a última foto privada


Sobre Bernardo Oliveira

Fanático por heavy metal & rock n'roll , descobriu o melhor da música durante a adolescência por influência familiar e de amigos.

Mais matérias de Bernardo Oliveira no Whiplash.Net.

adWhipDin adWhipDin adWhipDin adWhipDin adWhipDin