Sebastian Bach: 100.000 cópias sem tour de apoio

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Hugo Calheira, Fonte: Blabbermouth, Tradução
Enviar correções  |  Ver Acessos

O Blogs N' Roses recentemente conduziu uma entrevista com Sebastian Bach. Parte desta conversa, você confere logo abaixo.

Gugu Liberato: relembrando encontro com Slash em homenagem ao apresentadorGuitarristas: os 10 maiores de todos os tempos segundo a Time

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Blogs N' Roses: Falando um pouco sobre o "Angel Down", eu, pessoalmente, amei este disco. Eu penso que este álbum tem um pouco de tudo. Passa pelo Hard Rock, sludge, punk. Qual foi sua maior inspiração quando o estava compondo?

Bach: Eu apenas busquei fazer um CD que pudesse ir em seu iPod e fazer sentido perto do "Slave to the Grind" e do primeiro álbum do SKID ROW. Ter Axl [Rose] cantando nele é insano. Ninguém poderia ter previsto isto, especialmente eu. O que é maravilhoso. Lançar um CD com ele e comigo cantando juntos. Nós já vendemos cerca de 100.000 cópias mundo afora e sem estar em turnê. Bem, nós fizemos um mês de tournê. Mas a tournê americana só começa dia 18 de julho em Nashville. Nós estaremos relançando o CD com um DVD chamado "Roadrage", contendo o "making of" do CD e também cinco músicas ao vivo filmadas durante a tournê com o GUNS N' ROSES usando os equipamentos de filmagem deles, o que foi incrível. Estou muito feliz em poder finalmente compartilhar isso com nossos fãs. Isto é algo grande. Também estaremos lançando nosso vinil com capa dupla. E eu amo esta merda. Eu amo merdas como esta.

Bach: Então, eu estou muito feliz. Nós faremos cerca de 40 ou 47 shows com o POISON cruzando os EUA, então nós tocaremos muito em todos os lugares, com exceção do Texas. E eu não sei por quê. Desculpe, Texas. Mas definitivamente iremos detonar nos Estados Unidos e isso será grande!

Blogs N' Roses: Eu também amei a versão de "Back in the Saddle" com você e Axl.

Bach: Bem, aquilo foi legal. Aquilo foi louco. Esta música é tão grande que cada vez que eu a ouço, dou gargalhadas de tão boa que ficou [risos]. A verdadeira magia do rock está lá. Eu tenho uma regra de nunca beber álcool antes do show ou antes de cantar, exceto pra esta música, cara. O que aconteceu foi que eu cantei duas músicas no estúdio aquele dia. Não me lembro quais. Eu fiz o vocal principal e eu estava acabado. Então Roy Z, o produtor, disse para a banda, "Ei, a primeira música de amanhã será 'Back in the Saddle'." Eu pensei que já estava encerrado neste dia e então ele disse "Vamos ensaiá-la agora". Nós gravamos isto. A primeira vez que tocamos é o que você ouve na gravação. Não pude acreditar. Mais de 90% porcento. Há uma letra enorme naquela música, e fui conferir se havia feito tudo perfeito. Existe muitas palavras alí. E então Axl disse que gostaria de cantar neste álbum e ele veio e escolheu as músicas que gostaria de cantar. Vocalistas amam "Back in the Saddle" porque Steven Tyler é o grande gritador, especialmente nesta música. É incrível. A primeira vez que eu toquei esta música para Axl, [ele] fez, "Oh meu deus, as guitarras!" Ele simplesmente amou as guitarras.

Blogs N' Roses: Como você convenceu Axl a cantar em "Angel Down"?

Bach: Não foi preciso convencer de fato. Foi simples. Eu apenas cantei no Chinese Democracy, em uma música chamada "Sorry". E desculpe, eu não sei como isto aconteceu. Quando eu estava em Los Angeles, apenas disse pra ele no aeroporto "Cara, quando você vai cantar no meu disco?" E eu estava apenas brincando. Ele disse "Quando? Que horas?". Não pude acreditar. Foi simples. Ele é incrível.

Leia a entrevista completa no link abaixo.




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção EntrevistasTodas as matérias sobre "Sebastian Bach"Todas as matérias sobre "Guns N' Roses"


Gugu Liberato: relembrando encontro com Slash em homenagem ao apresentadorGugu Liberato
Relembrando encontro com Slash em homenagem ao apresentador

Ozzy Osbourne: é de Slash a guitarra da nova música - ouçaOzzy Osbourne
é de Slash a guitarra da nova música - ouça

Guns N' Roses: Not In This Lifetime Tour rendeu mais que meio bilhão de dólaresGuns N' Roses
"Not In This Lifetime" Tour rendeu mais que meio bilhão de dólares

Guns N' Roses: e se Welcome to the Jungle fosse do Rammstein?Guns N' Roses
E se "Welcome to the Jungle" fosse do Rammstein?

Slash: com visual rebelde, filhão completa 17 com carrão na mãoSlash
Com visual rebelde, filhão completa 17 com carrão na mão

Guns N' Roses: Slash parabeniza Neil Young (com certo atraso) pelo InstagramGuns N' Roses
Slash parabeniza Neil Young (com certo atraso) pelo Instagram

Myles Kennedy: quais as semelhanças e diferenças entre Slash e Mark TremontiMyles Kennedy
Quais as semelhanças e diferenças entre Slash e Mark Tremonti

Guns N' Roses: Taylor Hawkins foi aconselhado por Roger Taylor a não entrar na bandaGuns N' Roses
Taylor Hawkins foi aconselhado por Roger Taylor a não entrar na banda

Guns N' Roses: Welcome to the Jungle em 20 estilos diferentes!Guns N' Roses
"Welcome to the Jungle" em 20 estilos diferentes!

Ozzy Osbourne: Duff McKagan e Chad Smith tocam em novo álbum do MadmanOzzy Osbourne
Duff McKagan e Chad Smith tocam em novo álbum do Madman

Guns N' Roses: Gilby Clarke diz como se sente por não ter sido convidadoGuns N' Roses
Gilby Clarke diz como se sente por não ter sido convidado

Guns N' Roses: Por que tanta gente odeia Paul Huge Tobias?Guns N' Roses
Por que tanta gente odeia Paul Huge Tobias?


Guitarristas: os 10 maiores de todos os tempos segundo a TimeGuitarristas
Os 10 maiores de todos os tempos segundo a Time

Músicas Ruins: blog elege as piores de grandes bandas do Rock/MetalMúsicas Ruins
Blog elege as piores de grandes bandas do Rock/Metal


Sobre Hugo Calheira

Motociclista, programador, publicitário e palpiteiro.

Mais matérias de Hugo Calheira no Whiplash.Net.

adGoo336