RECEBA NOVIDADES ROCK E METAL DO WHIPLASH.NET NO WHATSAPP

Matérias Mais Lidas


King Diamond: "não dependemos do que é popular"

Por César Enéas Guerreiro
Fonte: Brave Words
Postado em 04 de maio de 2008

Dark Winter, do site CryptMagazine.com, encontrou-se recentemente com KING DIAMOND; no bate-papo, dentre outros assuntos, foi comentada a perseverança da banda, mesmo nos tempos mais difíceis.

Dark Winter: Eu estava me lembrando de quando a cena de Seattle decolou. Muitas bandas estavam perdendo vocalistas, se separando ou simplesmente jogando a toalha. Você seguiu em frente. Você sempre esteve lá.

King Diamond: "Sempre tem sido assim. Nunca pensamos que ‘Ah, agora não podemos fazer shows’ ou ‘Ninguém vem nos ver’. Nós simplesmente continuamos. Isso tem muito a ver com o fato de que este estilo é clássico, já que nós decidimos nosso próprio caminho. Não dependemos do que é popular ou não. Isso também significa que, por outro lado, nunca ganharemos disco de platina. Com certeza isso não vai acontecer. Mas isso não é algo que importa muito para mim. Não foi só por acaso que eu tive esta incrível experiência de vida, mas também por todos aqueles que têm nos apoiado. Nós trabalhamos com algo que deveria ser apenas mais um hobby. Ou que parece ser um hobby. Às vezes o trabalho é duro, com certeza. Mas é o que adoramos fazer. Não dá pra descrever como isso é legal. Mas eu prefiro estar aqui fazendo isso do que ter feito um álbum de sucesso nos anos 80 e talvez só mais uns dois álbuns".

King Diamond - Mais Novidades

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - TAB 1

DW: Você foi uma grande influência para muitas bandas. Mas muitas delas conseguiram muito mais popularidade. Você acha que as rádios são em grande parte responsáveis por isso?

KD: "Sim, acho que isso varia de área para área e de estado para estado. Em algumas áreas, as FMs tocam nossa música. Outras são estações de universidades que também dão bastante espaço para nós. Não é que elas não queiram tocar, mas acho que há muitas restrições. E aí você começa a entender como as estações de rádio são administradas. Quanto cada um recebe para tocar alguma coisa. (risos) E há outras coisas nessa política toda sobre as quais você não tem controle".

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - TAB 2

Leia mais no cryptmagazine.com.

Compartilhar no FacebookCompartilhar no WhatsAppCompartilhar no Twitter

Siga e receba novidades do Whiplash.Net:

Novidades por WhatsAppTelegramFacebookInstagramTwitterYouTubeGoogle NewsE-MailApps




publicidadeAdriano Lourenço Barbosa | Airton Lopes | Alexandre Faria Abelleira | Alexandre Sampaio | Alex Juarez Muller | André Frederico | Ary César Coelho Luz Silva | Assuires Vieira da Silva Junior | Bergrock Ferreira | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Alexandre da Silva Neto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cláudia Falci | Danilo Melo | Dymm Productions and Management | Efrem Maranhao Filho | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Fabio Henrique Lopes Collet e Silva | Filipe Matzembacker | Flávio dos Santos Cardoso | Frederico Holanda | Gabriel Fenili | George Morcerf | Geraldo Fonseca | Henrique Haag Ribacki | Jesse Alves da Silva | João Alexandre Dantas | João Orlando Arantes Santana | Jorge Alexandre Nogueira Santos | José Patrick de Souza | Juvenal G. Junior | Leonardo Felipe Amorim | Luan Lima | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Marcus Vieira | Maurício Gioachini | Mauricio Nuno Santos | Odair de Abreu Lima | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Ricardo Cunha | Richard Malheiros | Sergio Luis Anaga | Silvia Gomes de Lima | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Victor Adriel | Victor Jose Camara | Vinicius Valter de Lemos | Walter Armellei Junior | Williams Ricardo Almeida de Oliveira | Yria Freitas Tandel |
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Sobre César Enéas Guerreiro

Nascido em 1970, formado em Letras pela USP e tradutor. Começou a gostar de metal em 1983, quando o KISS veio pela primeira vez ao Brasil. Depois vieram Iron, Scorpions, Twisted Sister... Sua paixão é a música extrema, principalmente a do Slayer e do inesquecível Death. Se encheu de orgulho quando ouviu o filho cantarolar "Smoke on the water, fire in the sky...".
Mais matérias de César Enéas Guerreiro.

 
 
 
 

RECEBA NOVIDADES SOBRE
ROCK E HEAVY METAL
NO WHATSAPP
ANUNCIAR NESTE SITE COM
MAIS DE 4 MILHÕES DE
VIEWS POR MÊS