Ira!: Nasi quer abrir a "caixa preta" da banda

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por André Molina
Enviar correções  |  Comentários  | 


O ex-vocalista do IRA!, Nasi Valadão, esteve em Curitiba na última quinta-feira, 29 de novembro, para apresentar o dossiê com todo o processo que resultou em sua saída da banda. O músico argumentou que as pressões que sofreu do seu irmão, Airton Valadão Junior, e os conflitos com o guitarrista e fundador, Edgar Scandurra, foram os principais motivos que levaram o IRA! a ser extinto. No sábado, 1º de dezembro, ele se apresentou ao lado da banda curitibana RELESPÚBLICA, no Master Hall.
185 acessosIra!: Nasi revela detalhes sobre novo DVD e gravação de novo álbum5000 acessosSpin Magazine: as maiores baixarias da história do rock

A intenção inicial do cantor era fazer um acordo com o restante do grupo para paralisar as atividades até 2008. Segundo ele, a banda começou a passar por diversos conflitos internos após a turnê do disco Acústico MTV. “Estava sem paciência. Nunca demos um tempo. As bandas da minha geração como Barão Vermelho, Kid Abelha e Paralamas também pararam por um período. É necessário. O baixista Ricardo Gaspa já tinha demonstrado vontade de parar. Os desentendimentos começaram na gravação do acústico. Sugeri canções da banda curitibana Relespública e ele não aceitou. O Edgar não gosta de gravar músicas que não são de sua autoria. Ele chega no estúdio com 80% das músicas prontas. O trabalho deve ser feito em conjunto, não por monopólio”, desabafa.

O ex-vocalista do grupo disse que o estopim foi uma correspondência de seu irmão e empresário direcionada a banda com o comunicado de seu desligamento. Na carta, o empresário argumenta que existe uma “situação de intolerância e ignorância resultante da culpa única dos quatro membros”, além de expor uma dívida de R$ 116.756,54, advinda de acertos trabalhistas, contrato com gravadora, cancelamento de shows, indenizações e outras contas. “Fiquei sabendo da carta pelo Gaspa. O Júnior tentou arquitetar um plano contra minha pessoa. Minha relação boa nos últimos tempos era com o Gaspa. Estava com paciência lotada com o Edgar devido as atitudes mesquinhas. Quando ele soube que vim para Curitiba para cantar com a Relespública, ele ficou irritado e passou um e-mail ao Fábio Elias (vocalista da Reles) dizendo para ele lavar a boca antes de cantar uma música do Ira!”, revelou

A situação começou se agravar depois que seu pai de 74 anos, Airton Valadão Rodolfo, e o seu irmão protocolaram interdição judicial contra ele. O irmão de Nasi afirma que ele não tem condições de cuidar de suas finanças e de sua vida. Para se defender, o roqueiro apresentou exames toxicológicos. “Eles reviram meu passado para usar contra minha pessoa. Tenho orgulho do tratamento que fiz há dez anos e de vencer os vícios. Apresento meus exames para comprovar que não tem nada. Bebo como qualquer pessoa, mais que algumas e menos do que outras. A culpa não é do meu pai. Ele foi fantoche na mão do meu irmão, que é mau caráter e escravo dos bens materiais”, disse.

O ex-cantor do grupo ainda declarou na entrevista coletiva que desconfia de desvio de recursos na administração do ”Ira! Produções”. Segundo ele, desde que a banda assumiu estrutura empresarial, a relação entre os integrantes não foi mais a mesma. “No início o Edgar não era assim. Eles fizeram três shows sem minha presença porque tinha brigado com meu irmão. Na ocasião, ele me atacou com uma faca em meu condomínio. Tinha que me respeitar na hora e cancelar os shows. Eu fundei a banda com o Edgar. Vamos fazer a auditoria e descobrir o que tem de errado”, desabafa.

Nasi revela bastidores da gravação do último disco do Ira!

Na coletiva, o fundador do IRA!, Nasi Valadão, disse que o clima não era bom nas gravações do último disco. Segundo ele, o pouco contato entre os membros da banda prejudicou o resultado final. “A relação para gravar o disco 'Invisível DJ' foi muito ruim. A gente adiou sucessivamente. Queriam gravar às pressas no final de 2005, depois da turnê do Acústico. Depois de muita crise conseguimos reunir 12 canções. Em 'Mariana foi para o Mar', o Edgar voltou da praia para gravar as vozes no último dia. Não participei da parte criativa do disco. Só trouxe a versão do Walter Franco, 'Feito Gente'. Ouvi as bases durante 50 dias em uma praia no sul da Bahia e só voltei para gravar as vozes. Foi um drama pela ressaca da turnê do Acústico. O Ira! sobreviveria se aceitasse a parada. Até que foi um disco bom, bem tocado, com músicas legais, mas falta alma”, disse.

Ex-vocalista do Ira! pode gravar disco com Relespública

A parceria de Nasi com a banda curitibana RELESPÚBLICA pode resultar na gravação de um CD e DVD. O cantor declarou que o show tem chance de se tornar um trabalho ao vivo. “Sugeri gravarem o show para lançar. No que depender de mim podemos lançar o trabalho `Nasi e Relespública Ao Vivo”. Já participei do DVD deles”.

O ex-integrante do IRA! ainda declarou que não deixará de cantar músicas de sua antiga banda nas apresentações. “Não vou ter problema nenhum em cantar músicas do Ira! O que o Edgar pensa não me diz respeito. Não preciso comunicar o João Gilberto se quiser cantar `Garota de Ipanema`. As músicas que gravei com o Ira! vou cantar. Assim como eles, que estão montando um trio para tocar Ira!”, disse.

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

185 acessosIra!: Nasi revela detalhes sobre novo DVD e gravação de novo álbum78 acessosIra!: estréia 5ª temporada de Nasi Noite A Dentro no Canal Brasil117 acessosRock FM: em vídeo, entrevista com Nasi e Edgard Scandurra0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Ira!"

BRockBRock
Os 10 melhores álbuns dos anos 80

Ira!Ira!
Edgard Scandurra comenta a polêmica "Pobre Paulista"

NasiNasi
"Chorão foi o maior roqueiro de sua geração"

0 acessosTodas as matérias da seção Entrevistas0 acessosTodas as matérias sobre "Ira!"

SpinSpin
Revista elege as maiores baixarias da história do rock

Alfabeto do RockAlfabeto do Rock
As 15 melhores músicas de Metal

Time MagazineTime Magazine
Os 100 maiores álbuns de todos os tempos

5000 acessosBlind Faith: uma das capas mais polêmicas da história5000 acessosIron Maiden: sobre o que fala a música "Aces High"?5000 acessosCapas de álbuns com ilusões de ótica5000 acessosLoudwire: as 10 melhores bandas de Thrash de todos os tempos5000 acessosSeparados no nascimento: Michael Kiske e Lord Varys (Game of Thrones)4367 acessosAce Frehley: "Eu sou muito melhor que Tommy Thayer no palco"

Sobre André Molina

André Molina é jornalista, economista e começou a ouvir heavy metal ainda quando era criança. Tem 30 anos de idade e Rock 'n' Roll é sua religião.

Mais matérias de André Molina no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online