Matérias Mais Lidas

imagemA bizarra exigência de Ace Frehley para participar da última turnê do Kiss

imagemLady Gaga: "o Iron Maiden mudou a minha vida!"

imagemSummer Breeze Open Air Brasil acontece em abril de 2023 em São Paulo

imagemEngenheiros do Hawaii e as tretas com Titãs, Lulu Santos, Lobão e outros

imagemMax Cavalera revela como "selou a paz" com Tom Araya, vocalista do Slayer

imagemPink Floyd: Gilmour nega alegação de Waters sobre "A Momentary Lapse of Reason"

imagem"Stranger Things" traz cena com "Master of Puppets", do Metallica

imagemPink Floyd: Suas 10 músicas mais subvalorizadas, segundo a What Culture

imagemO álbum do The Who que Roger Daltrey achou "uma m*rda completa

imagemA opinião de Arnaldo Antunes sobre a competição interna que havia nos Titãs

imagemO grave problema do refrão de "Eagle Fly Free", segundo Fabio Lione

imagemLobão explica porquê todo sertanejo gostaria, no fundo, de ser roqueiro

imagemDavid Bowie recusou (mais de um) convite para produzir o Red Hot Chili Peppers

imagemDave Mustaine cutuca Kiss e bandas "preguiçosas" que usam playbacks

imagemRegis Tadeu explica porque Ximbinha é um dos melhores guitarristas do Brasil


Stamp

Belphegor: "Não somos satanistas. Somos ateus."

Por Marco Néo
Fonte: Brave Words
Em 03/09/07

O site romeno MetalHead.ro postou uma nova entrevista com os Black Metallers austríacos do BELPHEGOR, que comentaram sobre o retorno à Romênia e a necessidade de um novo baterista.

Pra começo de conversa, um show de vocês na Romênia foi cancelado há um ou dois anos por causa da igreja local. Agora vocês estão de volta, haverá um concerto de vocês na Romênia em outubro. Qual a sua opinião sobre isso?

"Bom, mal podemos esperar. Não foi uma situação em que nós fomos forçados a cancelar por qualquer igreja ou governo ou algo do tipo, foi um problema na formação da banda que nos forçou a cancelar o show. Mas agora nós estamos ansiosos para tocar. Gostaríamos de ir a todos os lugares, especialmente a lugares em que nunca tocamos, e a Romênia é um desses lugares".

Falando sobre a nova formação, e o novo baterista?

"Bem, é um baterista antigo retornando, mas ele só vai tocar no festival Party.San e depois sai de novo. É o baterista com quem gravamos o álbum 'Lucifer Incestus', ele vai tocar conosco aqui hoje e amanhã. Eu gosto dele, acho que é o melhor baterista que já tivemos, 'Lucifer Incestus' é o material mais rápido que já fizemos, ele é perfeito para o Belphegor, pena que ele saiu da banda".

Vocês já pensaram sobre algum substituto?

"Já, nós teremos um baterista contratado a partir da semana que vem, ele é bom mas não se encaixa no Belphegor. De qualquer forma, não vamos mais cancelar shows por causa de problemas de formação, tivemos sorte de encontrar esse cuzão, o cuzão novo. Não me entenda mal, ele provavelmente é ótimo, então os cancelamentos por causa de problemas de formação acabaram".

Por qual motivo gravaram canções em três idiomas diferentes no novo disco?

"Porquê não? Se você é familiar com nosso trabalho, saberá que sempre gravamos algo em Latim. Agora temos trechos em Alemão, Latim e Inglês. Nada de novo, supostamente se trata de uma blasfêmia pois Latim é o idioma da igreja. A idéia do disco é justamente desafiar a Igreja".

Mas por qual motivo apelar para o Satanistmo?

"Para alguns o Satanismo é uma religião, para outros uma filosofia, existe muita controvérsia sobre isto. De minha parte penso que isto não tem nada a ver com religião pois sou ateu. Se não acredito em Deus não posso ser simpatizante do Diabo. Quero que as pessoas leiam as letras e tirem suas próprias conclusões".

Leia e assista a entrevista completa neste link.

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Airbourne 2022
publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp


Belphegor: "Dane-se a Igreja, precisamos de mais Metal!"

Belphegor: frontman quase morreu por doença do Brasil



Sobre Marco Néo

Nascido na primeira metade dos anos 70, teve seu primeiro contato com sons pesados quando o Kiss veio para o Brasil, em 83, mas não compreendeu bem o que era aquilo. A contaminação efetiva ocorreu um ano depois, quando conheceu Motörhead, Judas Priest, AC/DC, Iron Maiden. Desde então, tornou-se um apaixonado colecionador de tudo o que se refere a Metal e Rock'n'Roll, independentemente de subestilos.

Mais matérias de Marco Néo.