Matérias Mais Lidas

imagem"A ingenuidade do fã do Iron Maiden é um negócio que beira o patético", diz Regis Tadeu

imagemJohn Bonham, Keith Moon ou Charlie Watts, quem era o melhor segundo Ginger Baker?

imagemProdutor de "Temple of Shadows" conta problemas que teve com voz de Edu Falaschi

imagemSteven Tyler dá entrada em clínica de reabilitação após sofrer recaída

imagemRegis Tadeu explica porque Ximbinha é um dos melhores guitarristas do Brasil

imagemLuciana Gimenez tentou aprender com Mick Jagger algo que não funcionou para ela

imagemKiko Loureiro explica efeito colateral da saída de Andre Matos que o fez crescer

imagemRitchie Blackmore comenta o instrumental que lançou como homenagem a Jon Lord

imagemZakk Wylde relembra ídolo: "tão relevante quanto Bach, Beethoven e Mozart"

imagemVital, o ex-Paralamas que virou nome de música e depois foi pro Heavy Metal

imagemComo foi 1º encontro de Nando Reis e Cássia Eller, ocorrido na casa de Marisa Monte

imagemIron Maiden faz mais um show da "Legacy Of The Beast World Tour"; veja setlist

imagemFernanda Lira, da Crypta, e o papo reto sobre "se falar de política vai perder fãs"

imagemEncontro entre Paul Di'Anno e Steve Harris resultou em "algo que será discutido"

imagemA definição de rock n roll segundo quem melhor entende do assunto: Mick Jagger


Stamp

Alice Cooper: ele adora seu status de terrível vovô do rock

Por César Enéas Guerreiro
Fonte: Edmonton Sun
Em 23/10/06

Da agência Canadian Press, em outubro de 2006:

Trinta e cinco anos atrás, os pais tentavam manter seus filhos longe dele.

Hoje, Alice Cooper está muito mais tranqüilo. Mas ele diz que sempre houve barreiras que nem mesmo ele cruzaria.

"Nunca usei linguagem obscena em meus shows", diz Cooper. "Também nunca usei nudez ou coisa parecida. Para mim, se você precisa fazer isso, você não é muito esperto. Eu costumava rir do KISS. E pensava ‘Quando não conseguem pensar em alguma coisa interessante pra fazer, vocês simplesmente chutam o balde’."

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Mas Cooper não guarda rancor de ninguém. Ele costuma balançar a cabeça ouvindo ROB ZOMBIE, MARILYN MANSON e SLIPKNOT como todo mundo, sabendo que eles apenas pegaram seus truques e multiplicaram por dez.

Agora, aos 58 anos, ele adora seu status de terrível vovô do rock, aceitando todas essas ‘imitações’ como elogios.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Ele também sabe que não se deve mexer num clássico. Os mesmos efeitos extravagantes de seus lendários concertos dos anos 70 ainda são muito usados, mas agora há um tom irônico neles.

"Eu costumo fazer o que a platéia quer", ele diz. "Se eles quiserem a guilhotina, eles terão a guilhotina. Se eles quiserem a camisa de força, ela estará lá. Agora tudo funciona quase como puro entretenimento e tradição. A platéia continua querendo ver essas coisas. Ainda gostamos de ver o cara andar na corda bamba. Certas coisas nunca envelhecem. É o espetáculo de hoje (que as pessoas gostam). Nos anos 70, as pessoas ficavam chocadas e diziam: ‘Eu não vou deixar meus filhos verem um sujeito cortar a própria cabeça numa guilhotina!’ Isso não choca mais ninguém porque você hoje pode ver nos noticiários um cara de verdade tendo sua cabeça cortada por terroristas. A CNN tornou-se muito mais chocante do que Alice Cooper ou Marilyn Manson".

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Chuck Wright: ex-Quiet Riot lança single pedindo fim da guerra na Ucrânia



Axl Rose: "ele é um fracassado", diz mulher de Slash


Sobre César Enéas Guerreiro

Nascido em 1970, formado em Letras pela USP e tradutor. Começou a gostar de metal em 1983, quando o KISS veio pela primeira vez ao Brasil. Depois vieram Iron, Scorpions, Twisted Sister... Sua paixão é a música extrema, principalmente a do Slayer e do inesquecível Death. Se encheu de orgulho quando ouviu o filho cantarolar "Smoke on the water, fire in the sky...".

Mais informações sobre

Mais matérias de César Enéas Guerreiro.