HillValleys - Entrevista exclusiva com o baixista Melvin.

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Enviar correções  |  Ver Acessos

Entrevista com Melvin, baixista do HillValleys, banda carioca de bubblegum que lançou CD no final de 99 e vem se destacando na cena da cidade.

Kurt Cobain: a teoria de assassinato do músicoLed Zeppelin: A controvérsia sobre as origens do nome da banda

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Por Marcelo Valença

Whiplash! / Falem um pouco da banda (formação, quem faz o que, como surgiu).

Melvin / A banda tem um ano e meio de existência, começou quase como está hoje mesmo. Era o Lins na guitarra e voz, o Lima no baixo e o Rogério na bateria. Antes do segundo ensaio eu já estava tocando baixo e o Lima na segunda guitarra e assim ficou. Surgiu da vontade de tocar com os melhores amigos, já que todos tinham bandas mas queríamos tocar juntos e gostávamos de coisas em comum como Weezer e Descendents, influências que não eram utilizadas em nossas outras bandas.

Whiplash! / O nome Hillvalleys veio do De Volta Para o Futuro, Spring '99 veio do Episódio Um, Qual a relação de vocês com o cinema?

Melvin / Paixão? Algo por aí... Todos na banda são fanáticos por cinema, em vários níveis. Esse cinema adolescente, muitas vezes desdenhado pela crítica, é adorado pela banda. Guerra nas Estrelas, De Volta para o Futuro, Curtindo a Vida Adoidado e outros são um fator marcante na nossa formação. Kevin Smith também, mas esse a crítica suporta.

Whiplash! / Quase todas as letras das música são sobre garotas, amores não correspondidos... Como surge a inspiração para essas letras saírem?

Melvin / A resposta em LinsValley, esse eterno apaixonado. Agora parece que ele foi acorrentado de vez e estamos até falando de outras coisas já... As bandas que a gente gosta falam disso também.

Whiplash! / E as influências da banda, quais são?

Melvin / Weezer, Descendents, Face to Face, Blink 182 e esses milhares de bandas bubblegum.

Whiplash! / Qual a banda que vocês sonham em tocar junto?

Melvin / Qualquer uma das supra citadas já tiraria algumas noites de sono!!!

Whiplash! / E sobre o material de vocês, o que vocês têm gravado, o que está para sair (coletâneas, demos, blablabla)?

Melvin / Tem o primeiro CD da gente, que saiu pelo nosso próprio selo, Side by Side Records. Gravamos também Wish you Go Away, do Pinheads, que saiu num tributo a eles pela Barulho Records. Agora estamos fazendo a música de um minuto que deverá se chamar Sony, para sair na coletânea da Tamborete. Também já apareceram coletâneas lá fora, mas nada com data de lançamento confirmada ainda. Temos músicas novas, mas estão sendo trabalhadas. Os planos mais imediatos são tocar mais e sair do Rio para divulgar o som. Esse mês estivemos em Campinas, Pindamonhangaba, além de outros shows no Rio.

Whiplash! / Falem um pouco sobre o CD.

Melvin / Um excelente CD de estréia. Havia músicas que não podiam ficar de fora porque , por mais que a gente estivesse enjoado, as pessoas conheciam das demos e cobravam também coisas novas. As nossas favoritas, Last Love Song e No More Sad Songs, foram feitas no último instante e o resultado final do CD nos surpreendeu. A gravação ficou muito legal mesmo e nos orgulhamos do que conseguimos fazer. Tem músicas muito boas ali.

Whiplash! / Como anda a agenda de shows de vocês? Algo marcado, o público pode esperar novidades?

Melvin / Estamos num ritmo bem legal. Bom, sempre tivemos sorte com isso. A média da banda sempre foi de um show por mês, desde o início, e agora tá crescendo ainda mais. Com os nossos shows a gente vai ganhando ainda mais coesão e também, me arrisco a dizer, já temos até algum público. De surpresa mesmo, não sei, já que tem músicas novas rolando em shows. Mas supresa mesmo é o Lima aparecer no show!! (risos)

Whiplash! / Pra fechar, como faço para contactar o Hillvalleys? E-mail, endereço de contato, URL? Algum comentário adicional ou recados?

Melvin / Contatos através dos e-mails tiago@all.com.br e obiwan@rio.com.br. Também podem escrever para Rua Timóteo da Costa, 623/602 Rio de Janeiro RJ, CEP 222450-130, A/C de Tiago Lins. A URL da página é http://www.geocities.com/SoHo/Studios/8457/




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Todas as matérias da seção EntrevistasTodas as matérias sobre "Hillvalleys"


Kurt Cobain: a teoria de assassinato do músicoKurt Cobain
A teoria de assassinato do músico

Led Zeppelin: A controvérsia sobre as origens do nome da bandaLed Zeppelin
A controvérsia sobre as origens do nome da banda


adClio336|adClio336