Em 18/08/1998: Opeth lança o álbum My Arms Your Hearse

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por João Paulo Andrade, Fonte: Wikipedia
Enviar correções  |  Ver Acessos

My Arms, Your Hearse é o terceiro álbum de estúdio da banda sueca de death metal progressivo Opeth, lançado em 1998. Foi o primeiro álbum conceitual do Opeth. O título do álbum é derivado da letra de "Drip, Drip" da banda de folk progressivo Comus.

Resenha - In Cauda Venenum - OpethGuns N' Roses: os 10 melhores não-clássicos da banda

O álbum trata de um personagem que morre e se torna um fantasma. A narrativa sobre a existência do fantasma gira em torno da mulher que ele amava. A frustração e a desconfiança fazem o personagem inquieto como ele vê a sua amada após sua morte, sua alma em constante agitação como ele não acredita que ela realmente entristesse sua morte. Embora a presença real de seu fantasma continua a ser detectada, ela sente uma grande tristeza, e continua disposta a aceitar sua morte.

A progressão do álbum também pode ser vista como relacionada com a progressão das estações do ano, a canção final termina com o inverno, e levando de volta para a primeira canção com o início da primavera.

O álbum marca uma grande mudança estílica do seu lançamento anterior, Morningrise, especialmente em termos de produção. Todas as canções são menores que 10 minutos, em forte contraste aos seus álbuns anteriores em que a maioria das canções excede dele. O álbum apresenta um som mais pesado, produção limpa e partes acústicas (embora o álbum contenha três faixas instrumentais, "Prologue", "Madrigal", e "Epilogue" e uma faixa, "Credence" que é privada de vocais death metal).

Talvez para aumentar o fluxo do álbum, a última palavra(s) de cada canção do álbum é o nome da seguinte, com a faixa final do álbum, "Epilogue", levando de volta para "Prologue" para completar o ciclo. O álbum tem três faixas instrumentais, as letras são revestidas para serem lidas durante as partes, cumprindo a convenção de nomeação. Em alguns casos, as letras silenciosas movem a trama e em outros só servem para comentar de uma forma passiva.

Esse foi o primeiro álbum do Opeth com Martin Lopez depois de responder a um anúncio de jornal em busca de um baterista e logo em seguida, a banda também trouxe Martin Mendez, um amigo e colega de banda anterior de Lopez. No entanto, Mendez não tinha tempo suficiente para aprender as partes do baixo para o álbum, então Mikael Åkerfeldt tocou baixo nas sessões de gravação.




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato. Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Denuncie os que quebram estas regras e ajude a manter este espaço limpo.


Todas as matérias da seção Lançamentos de ÁlbunsTodas as matérias sobre "Opeth"


Resenha - In Cauda Venenum - OpethOpeth: ouça "Cirkelns Riktning", música que ficou fora do novo álbumOpeth: novo álbum "In Cauda Venenum" é lançado em inglês e sueco; ouçaResenha - In Cauda Venenum - OpethOpeth: novo álbum In Cauda Venenum é lançado em inglês e sueco; ouça

Opeth: novo álbum In Cauda Venenum foi feito em segredo, diz Mikael AkerfeldtOpeth
Novo álbum In Cauda Venenum foi feito em segredo, diz Mikael Akerfeldt

Pra convencer: dez álbuns de metal para quem não gosta de metalPra convencer
Dez álbuns de metal para quem não gosta de metal

Arte Gráfica: Designer brasileiro cria versões para clássicosArte Gráfica
Designer brasileiro cria versões para clássicos

Mikael Akerfeldt: Yngwie Malmsteen é um grande guitarrista, mas só tem feito merdaMikael Akerfeldt
Yngwie Malmsteen é um grande guitarrista, mas só tem feito merda


Guns N' Roses: os 10 melhores não-clássicos da bandaGuns N' Roses
Os 10 melhores não-clássicos da banda

Playback.FM: saiba qual a música mais tocada nas rádios no dia que você nasceuPlayback.FM
Saiba qual a música mais tocada nas rádios no dia que você nasceu

Strip-Tease: algumas canções que combinam com o temaStrip-Tease
Algumas canções que combinam com o tema

Fotos de Infância: Janis JoplinFotos de Infância
Janis Joplin

Fotos de Infância: Bruce Dickinson, do Iron MaidenFotos de Infância
Bruce Dickinson, do Iron Maiden

Edu Falaschi: No Kazagastão, o teste para o Iron Maiden, o Angra e maisEdu Falaschi
No Kazagastão, o teste para o Iron Maiden, o Angra e mais

Rolling Stone: os dez melhores álbuns de heavy metal de 2015Rolling Stone
Os dez melhores álbuns de heavy metal de 2015


Sobre João Paulo Andrade

Sempre quis viver de Rock e/ou Heavy Metal. Tentou tocar baixo mas era tremendamente incompetente no instrumento. Em 1996 criou o site Whiplash.Net e hoje vive do seu sonho. :-)

Mais matérias de João Paulo Andrade no Whiplash.Net.

adClio336|adClio336