Guns N' Roses: Em 1985, desconhecidos, tocando "Don't Cry" em bar

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Artur de Figueiredo, Fonte: Youtube
Enviar correções  |  Comentários  | 

Como roteiro de 9 entre 10 bandas, a vida de sacrifícios, muito longe do status de ‘rockstar’, mas sim, de músicos divulgando o seu trabalho, tocando em bares, pequenas casas de show, se confirma uma realidade, que muitos sequer imaginam, o quão árdua é a estrada, até a chegada ao estrelato.

2298 acessosAtentado em Manchester: Stones, Queen, Slash e outros comentam5000 acessosJoe Satriani: os pupilos do Professor Satchafunkilus

Para o GUNS ‘N ROSES, não foi diferente.

O ano era 1985, a banda californiana começava a trilhar o seu caminho, que viria posteriormente, se confirmar, em forma de sucesso estrondoso pelo mundo afora.

Entretanto, o que se vê nessa apresentação é que o GUNS N' ROSES, era ainda uma banda desconhecida do grande público. O intrépido jovem Axl Rose tentava mexer com a plateia, que estava meio que desinteressada do show.

youtube player
Inscreva-se no nosso canalWhiplash.Net no YouTube

Apenas em 1987, com o lançamento do “Appetite For Destruction”, chegaram ao sucesso comercial, tão almejado. O álbum se tornou um dos maiores símbolos da história do Hard Rock, até hoje.

A faixa tocada, “Don’t Cry”, também viraria um grande hit da banda, lançada apenas no terceiro álbum, em 1991, nos “Illusions”.

Por que destacamos matérias antigas no Whiplash.Net?

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Atentado em ManchesterAtentado em Manchester
Stones, Queen, Slash e outros comentam

0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Guns N' Roses"

Aerosmith e Guns N RosesAerosmith e Guns N' Roses
O acordo sobre drogas em 1988

Def LeppardDef Leppard
Steven Adler e Matt Sorum deveriam estar na reunião, diz Joe Elliott

SlashSlash
Rejeitado por banda depois do GNR por usar calça de couro

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, nos links abaixo:

Post de 19 de fevereiro de 2016
Post de 22 de março de 2016

0 acessosTodas as matérias da seção Curiosidades0 acessosTodas as matérias sobre "Guns N' Roses"

Joe SatrianiJoe Satriani
Os pupilos do Professor Satchafunkilus

Heavy Metal FailHeavy Metal Fail
Os Trues também saem mal na foto

Império BritânicoImpério Britânico
Músicos que negaram honrarias da Rainha da Inglaterra

5000 acessosAs regras do Thrash Metal5000 acessosCanadá: os 30 melhores álbuns de Hard Rock/Heavy Metal5000 acessosMetallica: Perguntas, respostas e curiosidades diversas4114 acessosMotörhead: Philip Campbell - O cara que não foi5000 acessosMetal: 10 tipos de fãs em apresentações do gênero5000 acessosKerry King: "gostaria de tocar com Zakk Wylde"

Sobre Artur de Figueiredo

Meu nome é Artur de Figueiredo, músico, jornalista, sou apaixonado por hard rock, Heavy Metal, desde meados da década de 90. Desde a minha graduação em 2008 na área da comunicação, como jornalista, venho colaborando para o Whiplash com matérias do nosso Underground. Sou colaborador dos sites Stay Heavy, Solid Rock. Tive um sonho realizado, escrever para a Roadie Crew. Venho através do meu blog, atualizando todos headbangers, tudo sobre o nosso Metal Underground. Como influência, de Prog Metal, passando por AOR, Heavy, Hard, Thrash, sinfônico, entre outros.

Mais matérias de Artur de Figueiredo no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online