Bill Ward: "Os fanáticos por Jesus Cristo me incomodavam"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Ivan Júnior Urnau, Fonte: Livro do Black Sabbath, Tradução
Enviar correções  |  Ver Acessos

"BLACK SABBATH: Destruição Desencadeada", lançado originalmente em 2006, o livro de Martin Popoff desvenda o quarteto de Birmingham do jeito certo: através de dezenas de entrevistas que ele mesmo realizou com os integrantes ao longo dos anos. O luxuoso volume em capa dura traz ainda um vasto material de imagens raras, além de um posfácio exclusivo da edição brasileira, com a repercussão do até então último disco da banda, '13'.

Gibson: as dez melhores composições épicas do rockWhiplash.Net: O site protege algumas bandas e prejudica outras?

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Segue aqui um trecho do livro com Bill Ward, o lendário baterista do Black Sabbath:

"Perguntei a Bill se a arte da capa de Sabbath Bloody Sabbath pôs lenha no fogo da controvérsia oculta ao redor da banda. Certamente, é de se admirar como a Warner Brothers deixou a capa chegar às lojas.

BILL - 'Sim, isso era algo com que convivíamos o tempo todo e acho que assustou um bando de gente. Para ser bem honesto, pessoalmente, as pessoas que eu mais temia - e eu não acho que esse seja um termo muito acolhedor - eram os fanáticos de Cristo, que não é uma maneira muito legal de chamar as pessoas. Eles ainda são seres humanos, sabia? Mas infelizmente eles caíram nessa obsessão e eu morria de medo porque eles podem ser muito violentos ao mesmo tempo. Se alguém fosse tentar tirar uma arma e atirar em um de nós, tenho certeza que seria um deles. Mas rolaram uns atentados contra nossas vidas ao longo dos anos, vindos de fontes diferentes. Nós estávamos bem protegidos na época, bem policiados, o FBI estava envolvido. Mas eram as pessoas que acreditavam em Jesus Cristo que realmente me incomodavam. Apenas porque eu temia que elas fossem maníacas o suficiente para perder a cabeça'".




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção CuriosidadesTodas as matérias sobre "Black Sabbath"Todas as matérias sobre "Bill Ward"


Bill Ward: O primeiro do Led Zeppelin me fez pirar!Bill Ward
"O primeiro do Led Zeppelin me fez pirar!"

Tony Iommi: ouça arranjo feito para Catedral de BirminghanTony Iommi
Ouça arranjo feito para Catedral de Birminghan


Gibson: as dez melhores composições épicas do rockGibson
As dez melhores composições épicas do rock

Whiplash.Net: O site protege algumas bandas e prejudica outras?Whiplash.Net
O site protege algumas bandas e prejudica outras?


Sobre Ivan Júnior Urnau

Ivan Júnior Urnau, 19 anos, residente em Itapiranga - SC. Considera Pantera como da família. Fiel ao Blues, Southern Rock, e até música gauchesca, se for de qualidade e sangue no olho. Odeia qualquer movimento comercial de uma determinada banda "clássica". Considera-se um fã de Skynyrd, Sabbath, Molly Hatchet, e Pantera, acima de tudo. Diz-se sem idade o suficiente para impor conhecimento e experiência às pessoas, mas recomenda a música Sundown do Gordon Lightfoot para todas as pessoas que gostam de música boa.

Mais matérias de Ivan Júnior Urnau no Whiplash.Net.

Goo336x280