Robert Plant: a verdadeira inspiração de "29 Palms"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Paulo Severo da Costa
Enviar correções  |  Comentários  | 

Encravada no meio do mítico Deserto de Mojave (imortalizado na capa de ‘Joshua Tree” e lembrado como laboratório lisérgico de JIM MORRISON), 29 Palms é uma cidade bem longe das proporções de centros inspiradores de clássicos como Londres ou Nova Iorque. Com pouco mais de trinta mil habitantes e a clássica variação térmica de áreas desérticas, o local parece, a primeira vista, desmerecer maiores atenções por parte do resto do mundo. Comendo pelas beiradas, a cidadela mostrou seu charme e, de FRANK SINATRA ("The Lady from Twentynine Palms,") ao SUBLIME ("April 29, 1992 (Miami)"),”29” cavou seu espaço em meio à cultura popular.

3222 acessosDream Theater: 10 dos melhores covers tocados pela banda5000 acessosCovers: quando bandas de Heavy e Power Metal prestam tributo

Em 1993, a auto-intitulada menção ao local saiu em ‘Fate of Nations”, o sexto álbum solo de ROBERT PLANT. Mesmo com a recepção comercial morna, o álbum foi bem acolhido pela crítica e, como bem pontuou STEPHEN ERLEWIN, “a cada nova audição, mais texturas aparecem, e o álbum ganha um sentido calma de tensão e reflexividade. Além disso, também é a gravação mais pessoal de PLANT- o que, por si só, é digno de aplauso”.O single, uma pequena pérola pop, é preenchido por uma letra de alto teor de tensão romântica (“Um tolo apaixonado / uma situação louca/ Suas luvas de veludo me nocauteiam) e do desespero apaixonado das grandes canções dos anos sessenta (“Oh, estou loucamente apaixonado - estranha paixão. Porque o descaso?). No refrão, a descrença de PLANT beira a auto denúncia quando canta, em tom semi lúgubre que “É duro quando ouço sua voz no rádio/ Levando-me de volta ao caminho que leva a você”.

Tendo realizado, em 1990, uma turnê coma cantora canadense ALANNAH MYLES, suspeitas pairaram quanto ao objeto de desejo descrito na canção. Em uma entrevista à Network Magazine, PLANT deixou a coisa toda no ar. "Nós fizemos uma turnê juntos. Somos bons amigos. Ela é uma grande e poderosa mulher e tem uma das melhores vozes do nosso idioma. Ela sempre foi muito gentil comigo, muito calorosa; mas a estrada é a estrada. Esqueça todos os rumores, tudo é verdadeiro e falso ao mesmo tempo. “29 Palms” foi escrito em turnê na última vez que estivemos na Califórnia ".

Como ocorre muitas vezes, o tempo se encarregou de desvendar o mistério. Em entrevista em 2010, MYLES disse que incentivou fortemente PLANT para continuar sua carreira solo (em 1993), enquanto os empresários o encorajavam a retomar o LED.” Eu estava tentando ajudar meu amante, meu homem com essa decisão”. "Quando questionada sobre como o relacionamento terminou, MYLES explicou: "Não foi como um negócio que simplesmente acabou. Eu não sei por que eu fui para a América, em vez de ir para a Inglaterra e me casar com ele. Eu sacrifiquei meu amor pela minha carreira. Nós tentamos ficar em contato, mas isso não aconteceu. Ele foi bem incisivo comigo."

youtube player
Inscreva-se no nosso canalWhiplash.Net no YouTube

Por que destacamos matérias antigas no Whiplash.Net?

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Dream TheaterDream Theater
10 dos melhores covers tocados pela banda

1195 acessosHard Rock e Metal: em vídeo, os dez álbuns mais vendidos nos EUA721 acessosLed Zeppelin: Bonham é homenageado com placa em sua cidade natal760 acessosLed Zeppelin: advogados exigem que reclamantes paguem as custas1427 acessosThem Crooked Vultures: Grohl diz que banda deve retornar em breve0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Led Zeppelin"

Robert PlantRobert Plant
Os álbuns do vocalista, do pior para o melhor

Led ZeppelinLed Zeppelin
Stairway to Heaven feita por brasileiro

Heavy MetalHeavy Metal
11 músicas pesadas lançadas antes de surgir o gênero

0 acessosTodas as matérias da seção Curiosidades0 acessosTodas as matérias sobre "Led Zeppelin"

CoversCovers
Quando bandas de Heavy e Power Metal prestam tributo

HumorHumor
Os roqueiros mais chatos das redes sociais

Bandas extremasBandas extremas
10 álbuns que causaram surpresa

5000 acessosDuff McKagan: 3 litros de vodka, 3 gramas e meio de cocaína5000 acessosVH1: os 100 melhores álbuns de rock segundo a emissora5000 acessosCapas de álbuns: as mais obscuras e marcantes da história5000 acessosFaroeste Caboclo: e se o ex-presidente Lula fosse o protagonista?5000 acessosMotörhead: o dia em que o Metallica se fantasiou de Lemmy5000 acessosMetallica: a coisa mais estranha que já aconteceu em um festival

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, no link abaixo:

Post de 30 de maio de 2014

Sobre Paulo Severo da Costa

Paulo Severo da Costa é ensaísta, professor universitário e doente por rock n´roll. Adora críticas, mas não dá a mínima pra elas. Email para contato: joaopsevero@bol.com.br.

Mais matérias de Paulo Severo da Costa no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online