Rockstars: as histórias por trás de seus nomes artísticos

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Samuel Coutinho, Fonte: noisecreep.com, Tradução
Enviar correções  |  Comentários  | 

Marilyn Manson, Slash, Gene Simmons... seus nomes se tornaram sinônimo do rock 'n' roll. Mas o que dizer de nomes como Brian Warner, Saul Hudson e Chaim Weitz? Não tem muito a ver certo? É por isso que alguns dos nossos roqueiros favoritos trocam seus nomes por uma nova identidade que lhes trouxeram fama.

5000 acessosSeparados no nascimento: Bruce Dickinson e Leopoldo Pacheco5000 acessosOs dez maiores picaretas da música internacional

Nesta galeria podemos descobrir como alguns desses músicos lendários ganharam seus famosos nomes artísticos.

Slash - Nome de batismo: Saul Hudson

Slash ganhou seu nome artístico quando era um adolescente, por um amigo de família, o ator Seymour Cassel (Os Excêntricos Tenenbaums, Rushmore), dizendo que o guitarrista estava sempre com pressa, mal tirava os olhos de uma coisa e já estava em outra.

Nikki Sixx - Nome de bastismo: Frank Carlton Serafino Feranna, Jr.

O baixista do MÖTLEY CRÜE ganhou seu nome artístico de um outro músico de L.A chamado Jeff Nicholson, que usava a grafia de "Niki Syxx" em uma banda chamada SQUEEZE no final dos anos 70. Nicholson não se doeu dizendo em uma entrevista, "eu reconheço publicamente que ele é realmente o verdadeiro Nikki Sixx, para todos os fins e propósitos. Ele é mais 'Nikki Sixx' do que eu sempre fui!"

Lemmy Kilmister - Nome de batismo: Ian Fraser Kilmister

Dizem que o apelido do vocalista do MOTORHEAD veio da frase "lemmy a quid till Friday" (me empresta um trocado até a sexta) por causa de seu hábito de tomar dinheiro emprestado de pessoas para que ele pudesse jogar em máquinas caça-níqueis durante sua juventude.

Geddy Lee - Nome de batismo: Gary Lee Weinrib

Sempre que a mãe do vocalista do RUSH chamava por seu nome (ela nasceu na Polônia), parecia que ela o chamava de: "Geddy" em vez de Gary. O novo nome pegou, uma vez que seus amigos ficaram sabendo da falha de sua mãe na pronúncia.

Meat Loaf - Nome de batismo: Marvin Lee Aday

Existem varias histórias por trás do nome artístico de Aday, mas a mais famosa vem da sua adolescência no Texas. Preguiçoso dentro de campo, o treinador de Aday no ensino médio, uma vez gritou: "Saia do meu time, seu pedaço de bolo de carne (meatloaf)!" e o resto ficou para a história do rock 'n' roll.

Marilyn Manson - Nome de batismo: Brian Hugh Warner

Embora o músico tenha passado por dificuldades no final dos anos 80, a cantor queria um nome que combinasse o brilho e o glamour da velha Hollywood de Marilyn Monroe com o caráter infame de um criminoso como Charles Manson.

Gene Simmons - Nome de batismo: Chaim Weitz

A lenda do KISS mudou seu nome de Chaim Weitz para Eugene Klein devido a emigração para os EUA, vindo de Israel quando ele tinha 8 anos. Mais tarde, ele adotou seu nome artístico em homenagem aos obscuros anos 50 e 60 em homenagem ao vocalista de rockabilly Jumpin' Gene Simmons.

Alice Cooper - Nome de batismo: Vincent Damon Furnier

Há várias histórias sobre a origem do apelido de Alice Cooper, mas há apenas uma que a banda e o vocalista reforçam. As lendas do rock dizem que ele escolheu o nome porque ele conjurou a imagem de uma colegial inocente, a antítese completa do seu horror de influência estão em suas composições.

Axl Rose - Nome de batismo: William Bruce Rose, Jr.; raised as William Bruce Bailey

Quando Rose tinha 2 anos de idade, seu pai abandonou a família. Sua mãe se casou novamente, eventualmente, com um homem chamado Stephen L. Bailey, e o nome de Rose foi mudado para William Bruce Bailey. Rose acabou descobrindo sobre seu pai biológico e começou a usar seu nome de nascimento. Aos 21 anos, quando ele seguiu seu sonho de ser um rockstar indo para Los Angeles, Rose mudou seu primeiro nome para Axl.

Ramones

Os quatro membros e pioneiros do punk novaiorquino adotaram o nome Ramone por causa de Paul McCartney, que usou o pseudônimo de Paul Ramon para se registrar anonimamente em hoteis durante uma das turnês dos BEATLES antes de estourarem.

Comente: Eles fariam o mesmo sucesso se tivesse mantido seus nomes originais?

Por que destacamos matérias antigas no Whiplash.Net?

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, nos links abaixo:

Post de 25 de maio de 2012
Post de 28 de maio de 2012
Post de 08 de setembro de 2016
Post de 08 de setembro de 2016

0 acessosTodas as matérias da seção Curiosidades

Separados no nascimentoSeparados no nascimento
Bruce Dickinson e Leopoldo Pacheco

HumorHumor
Os dez maiores picaretas da música internacional

Frances BeanFrances Bean
Filha de Kurt Cobain assustada com tatuagem de fã

5000 acessosLemmy: vídeo do "caixão de Nosferatu", a casa do vocalista5000 acessosEllen Jabour: Slayer, Metallica, Guns e Judas no seu Top105000 acessosMotley Crue: Vince Neil detona Sharon Osbourne em biografia5000 acessosRolling Stone: os cem maiores álbuns de Metal de todos os tempos5000 acessosSlash: falando dos comentários de Simmons, que o "rock morreu"5000 acessosScott Weiland: Duff McKagan salvou vocalista em outra época

Sobre Samuel Coutinho

Nascido no interior de SP no dia 15/12/1986, em uma cidade chamada Ilha Solteira, Samuel Coutinho se entregou ao heavy metal logo na adolescência. Seu forte sempre foi o heavy metal melódico, variando desde o prog-metal até ao power-metal.

Mais matérias de Samuel Coutinho no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online