Van Halen: eles quase cantaram na banda

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por João Renato Alves, Fonte: Van do Halen
Enviar correções  |  Comentários  | 

Talvez não seja do conhecimento da maioria, mas durante o confuso entra-e-sai de cantores que aconteceu no meio da década de 1990, o Van Halen testou outras possibilidades além de Gary Cherone, que acabou ocupando o posto. Aliás, é preciso fazer um elogio à banda, pois poucos conseguem guardar segredo como eles ainda nos dias atuais – vide a operação ultra-secreta que conseguiu segurar todos os detalhes do novo álbum, "A Different Kind Of Truth", por tanto tempo. Sendo assim, não sabemos realmente quantos candidatos realmente chegaram a ser experimentados. Mas dois são certos e inclusive falaram abertamente sobre o assunto.

5000 acessosTop 20: os discos e singles mais odiados do rock, segundo o UCR5000 acessosMetal: você acredita na "lenda do terceiro álbum"? - Parte 1

Sass Jordan
Sass Jordan

Sass Jordan

Apesar de ter uma carreira significativa, a canadense também é conhecida de boa parte dos fãs de Hard Rock por ter sido cogitada como uma das opções para assumir o microfone do Van Halen após a saída de Sammy Hagar. Pode parecer realmente estranho uma mulher nos vocais da banda, especialmente levando em conta que várias das letras – com freqüência maior na primeira fase, com David Lee Roth – não eram exatamente referências de cavalheirismo e bom comportamento diante do sexo oposto. De qualquer modo, deixemos que a própria dama nos explique como a coisa toda rolou, em entrevista à publicação impressa Wall Of Sound, realizada em 1998:

“Um amigo de Toronto conhecia uma pessoa ligada ao escritório dos empresários do Van Halen. Estava morando em Los Angeles essa época. Ele veio até mim e disse: ‘Alguém do Van Halen gostaria de ouvir seus CDs’. Falei para ligar à gravadora e pedir. Alguns meses mais tarde, Alex Van Halen entrou em contato, perguntando se gostaria de ir conversar com eles e, quem sabe, cantar algo. Eu morava a exato um minuto e meio da casa de Eddie. Fui até lá e me mostraram as novidades em que estavam trabalhando. Convivemos por cerca de um mês. Nunca me confirmaram como vocalista. Algumas semanas depois, encontrei Ray Daniels, manager do grupo, e disse: ‘Juro por Deus, acho que eles estavam pensando em colocar uma cantora na banda’. Ele me respondeu: ‘É claro que estavam. Por que diabos você pensa que foi chamada?’”.

Mitch Malloy
Mitch Malloy

Mitch Malloy

O cantor nascido em North Dakota, realmente chegou a ser efetivado como o vocalista do Van Halen por alguns dias. Entre a primeira saída de Sammy Hagar, após a tour de divulgação do álbum Balance e o curto retorno de David Lee Roth em 1996, Malloy chegou a ensaiar com a banda e registrar uma demo com as seguintes músicas: “Panama”, “Ain’t Talkin ’bout Love”, “Why Can’t This Be Love”, “Don’t Tell Me (What Love Can Do)” e “Jump”. Aparentemente, essas gravações devem ter sido fumadas por Eddie, já que nunca chegaram a ver a luz do dia, o que desperta a curiosidade de colecionadores mundo afora. Mas deixemos que o próprio conte a história em entrevista concedida ao MelodicRock.com:

“Eddie me ligou, conversamos e viajei para encontrá-los. No terceiro dia, me disseram que eu era o vocalista. Uma semana depois, voltei para casa enquanto eles foram para Nova Iorque participar do MTV Video Music Awards. Foi um choque para mim quando subiram ao palco com David. Liguei para Mike (Michael Anthony, baixista) e falei que aquilo tinha sido um erro. Nem eu, nem qualquer outro seria bem aceito como o novo cantor do Van Halen depois daquilo. Escrevi uma carta para Ray Danniels (empresário do grupo) agradecendo a oportunidade, mas teria que passar em frente. Uma semana mais tarde, Eddie me ligou dizendo que eles tinham efetivado Gary Cherone. Disse que estava tudo bem. Eles foram fantásticos, foi uma ótima experiência. Apenas não era para acontecer, mesmo. Faria de novo? É claro”.

Por que destacamos matérias antigas no Whiplash.Net?

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, no link abaixo:

Post de 12 de fevereiro de 2012

Top 20Top 20
Os discos e singles mais odiados do rock, segundo o UCR

434 acessosLoudwire: em vídeo, 10 maiores riffs de metal dos anos setenta0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Van Halen"

Top 10Top 10
Músicas boas "escondidas" em discos não tão bons

Rock e MetalRock e Metal
Algumas das exigências bizarras das turnês

WikimetalWikimetal
As melhores duplas do Metal

0 acessosTodas as matérias da seção Curiosidades0 acessosTodas as matérias sobre "Van Halen"

MetalMetal
Você acredita na "lenda do terceiro álbum"? - Parte 1

CuriosidadesCuriosidades
As histórias por trás de 11 capas clássicas

Mötley CrüeMötley Crüe
A ousada tattoo de modelo paulista em tributo à banda

5000 acessosMötley Crüe: a ousada tattoo de modelo paulista em tributo à banda5000 acessosSlash: Saul Hudson explica qual a origem de seu apelido5000 acessosSabaton: Exército brasileiro retribuiu homenagem da banda sueca4963 acessosSlipknot: Clown está maravilhado com a persistência de Corey4666 acessosMegadeth: alguns fãs só querem ouvir as músicas mais pesadas5000 acessosIron Maiden: a história por trás da música "To Tame A Land"

Sobre João Renato Alves

27 anos, jornalista formado pela Universidade de Cruz Alta. Kissmaníaco inveterado, um verdadeiro apaixonado pela banda de Gene Simmons e Paul Stanley. Idolatra com quase a mesma paixão Queen, Van Halen e Black Sabbath. Aprecia desde o Rock dos anos 50 (Elvis, Little Richard, Chuck Berry, entre outros) e 60 (Beatles, Rolling Stones, The Who, Led Zeppelin...), Hard Rock dos 70's (AC/DC, Deep Purple, Alice Cooper...) e 80's (Mötley Crüe, Def Leppard, Europe, Talisman...), Metal Tradicional (Judas Priest, Dio, Ozzy...), NWOBHM (Iron Maiden, Saxon, Angel Witch...) e Thrash oitentista (Slayer, Destruction, Kreator...). Já teve um programa de rádio, chamado "Lavagem Cerebral", na Unicruz FM. Solteiro e seguidor das idéias de Gene Simmons em relação ao casamento.

Mais matérias de João Renato Alves no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online