Tony Iommi: John Bonham quebrou a bateria de Bill Ward

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Renato Maia, Fonte: Rolling Stone
Enviar Correções  

Em entrevista à revista Rolling Stone, Tony Iommi falou sobre sua despedida de solteiro na véspera do seu casamento, quando saiu para comemorar com John Bonham.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"Saímos Bonham e eu, só nos dois além do motorista. Fomos comemorar e passamos em algumas boates em Birmingham. Acabamos em um club uma ou duas da manhã. John chegou e pediu doze garrafas de champanhe para serem abertas sobre o balcão e disse: "isso é pra você!". Eu disse: "você está brincando, eu não posso beber tudo isso, em que estado vou ficar?" Ele encheu todos os copos do bar e bebemos tudo, um após o outro... O dono do bar estava no alto de uma escada, John decidiu ir lá e abraçá-lo mas acabou empurrando-o escada abaixo. O dono saiu voando, foi embaraçoso".

"O motorista me ajudou a colocar Bonham no carro e o levamos para casa, mas sua mulher não o deixava entrar. Até que ela abriu a porta e disse: 'Eu vou deixá-lo entrar contanto que não suba!' Nós colocamos John sentado no corredor, eu disse a ele: "Você não vai levantar amanhã, não é? Ele apenas levantou o polegar para cima, estão o motorista me levou embora".

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Eu não acreditei quando na manhã seguinte ele apareceu muito bem vestido com cartola e tudo enquanto eu mal tinha levantado. Eu não tinha feito nem a barba ou qualquer coisa. Eu me sentia péssimo e ele lá impecável.

Perguntado sobre os rumores de uma jam do Black Sabbath com o Led Zeppelin, Iommi diz: "Sim, fizemos. Eles vieram a uma de nossas sessões de gravação. Acho que no Battersea em Londres. Foi divertido - John Bonham queria tocar uma de nossas músicas, 'Supernaut'. Começamos a tocar e acabamos fazendo uma jam. O fato é que John poderia vir tocar conosco, mas Bill (Ward) não o deixaria usar seu kit, pois teve uma ocasião em que Bonham usou e quebrou a bateria de Bill. Então depois disso, sempre que John chegava e perguntava se podia usar o kit de Bill, ele respondia 'NÃO'!"

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Listed: TV americana elege os maiores bad boys da músicaListed
TV americana elege os maiores bad boys da música

Black Sabbath: Nos separamos por causa do Live EvilBlack Sabbath
"Nos separamos por causa do Live Evil"


Sobre Renato Maia

Renato Maia é psicólogo, nasceu em Belo Horizonte e era assíduo freqüentador da Cogumelo Records. Seu primeiro disco foi Killers do Iron Maiden, um bolachão de 1981 que ele preserva até hoje. Gosta de musica boa, por isso gosta de rock'n'roll.

Mais matérias de Renato Maia no Whiplash.Net.

Goo336 Goo728 Cli336 Goo336