Metallica: música do grupo acalma macacos

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Emanuel Seagal, Fonte: Guardian.co.uk, Tradução
Enviar correções  |  Comentários  | 

Ian Sample, correspondente do Guardian.co.uk escreveu que a música do METALLICA tem um efeito inesperado em acalmar macacos, de acordo com um estudo de 2009.

820 acessosGuns N' Roses: em 2° lugar no ranking dos que mais faturaram em 20165000 acessosHeavy Metal: diagrama explica a origem dos nomes de bandas

No estudo, publicado no Biology Letters do jornal Royal Society, 14 saguis-cabeça-de-algodão ouviram 30 segundos de música enquanto os pesquisadores procuravam por mudanças em seu comportamento. Os animais ouviram "Adagio For Strings" de Samuel Barber, um calmo trecho ao piano de "The Fragile" do Nine Inch Nails e "Of Wolf and Man" do Metallica, além de um trecho de "The Grudge", do Tool.

E então eles ouviram música especialmente composta para macacos.

A única musica humana que causou qualquer mudança foi a do Metallica, diz o estudo.

Leia a matéria na íntegra no link abaixo.

http://www.guardian.co.uk/science/2009/sep/23/monkey-music-t...

Por que destacamos matérias antigas no Whiplash.Net?

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, no link abaixo:

Post de 31 de janeiro de 2017

Guns N RosesGuns N' Roses
Em 2° lugar no ranking dos que mais faturaram em 2016

43 acessosHeavy Metal: os 10 melhores riffs dos anos noventa174 acessosTudo no Shuffle: Thrash Metal, 10 Grandes Riffs0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Metallica"

MetallicaMetallica
Lars Ulrich revela o sofrimento de Lou Reed

MetallicaMetallica
Versão natalina de Nothing Else Matters

MetallicaMetallica
James sempre tem "problemas intestinais" em lojas de ferramentas

0 acessosTodas as matérias da seção Curiosidades0 acessosTodas as matérias sobre "Metallica"

Heavy MetalHeavy Metal
Diagrama explica a origem dos nomes de bandas

Planno DPlanno D
Uma lista de 10 coisas que irritam metaleiros

Sebastian BachSebastian Bach
Descrevendo o horror de urinar com Phil Anselmo

5000 acessosPink Floyd - Perguntas e Respostas5000 acessosAs regras da NWOBHM5000 acessosCourtney Love: "Parei com drogas e transei como um coelho"5000 acessosRock In Rio: as homenagens dos artistas estrangeiros com o Brasil5000 acessosDave Murray: Bruce é o cara mais forte do Iron Maiden3574 acessosDoro Pesch: "Heavy Metal para mim significa liberdade"

Sobre Emanuel Seagal

Descobriu o metal com clássicos como Iron Maiden e Black Sabbath. Hoje em dia, entre outros gêneros musicais, e sem se limitar a rótulos, ouve principalmente doom, viking e folk metal. Sempre que possível está em busca de novas bandas que tenham algo a transmitir alem de clichês, e mesmo em meio a tantas novidades não dispensa pérolas como o bom e velho Candlemass. Acompanha o Whiplash! desde os primórdios, tendo iniciado sua vida de internauta no mesmo ano de criação do site (1996). Há algum tempo está envolvido com metal, seja trabalhando com eventos, bandas, gravadoras ou imprensa, na tentativa de contribuir de alguma forma para o crescimento desse que é um dos segmentos mais apaixonantes da música, o metal.

Mais informações sobre Emanuel Seagal

Mais matérias de Emanuel Seagal no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online