Megadeth: um disco ao vivo de verdade, sem remendos

Resenha - Rude Awakening - Megadeth

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Mateus Ribeiro
Enviar correções  |  Ver Acessos

Nota: 10

Os fãs do Megadeth estavam eufóricos (e confusos) no início dos anos 2000. Após o polêmico "Risk" (1999) e a troca de Marty Friedman por Al Pitrelli, a banda lançou o injustiçado "The World Needs A Hero" (2001), que se não é um "Rust In Peace", também passava longe de ser o "Reload do Megadeth". Afinal de contas, Mustaine teria desistido de sua tentativa de fazer um som mais pop? Pouco importa, os fãs queriam saber de uma coisa só, barulho.

Grandes covers: cinco versões para "Hangar 18", do MegadethMilho Wonka: quem são os Posers do Rock hoje em dia?

Para tornar as coisas mais empolgantes, em março de 2002 a banda lança "Rude Awakening", primeiro registro ao vivo. E se Odvan era o "zagueiro - zagueiro", aqui temos um "ao vivo - ao vivo". Cru, sem muita maquiagem e com o padrão Megadeth de qualidade.

Quem já teve a oportunidade de presenciar um show da banda, sabe como é o esquema: um clássico seguido do outro, interação com a plateia e improvisos na medida certa, sem muita invenção (até mesmo o gigantesco solo de "She-Wolf" ficou legal) e muita energia por parte de todos os integrantes da banda.

Com exceção de "Risk", todos os discos da banda contam com pelo menos uma música no repertório. Definitivamente, a maioria dos clássicos da banda está presente em "Rude Awakening", todos executados da forma mais fiel possível.

Tem pra todo mundo no álbum. Se você prefere a fase antiga, tem 'Hangar 18", "Hook In Mouth", "Wake Up Dead" (uma das performances mais enérgicas do disco), "Mechanix" (que conta com a tradicional provocação ao Metallica), "Devil's Island", "Tornado Of Souls", "In My Darkest Hour", além das óbvias "Holy Wars... The Punishment Due" e "Peace Sells". Já quem gosta da fase pós "Countdown To Extincion" pode se deliciar com "Sweating Bullets", "Reckoning Day", "A Tout Le Monde", a já citada "She-Wolf", "Trust", "Kill The King", "Return To Hangar" e "Almost Honest".

A performance dos músicos é tão boa que nem mesmo os fãs mais saudosos (categoria na qual este que vos escreve se encaixa perfeitamente) sentem falta dos insubstituíveis Nick Menza e Marty Friedman, já que Jimmy DeGrasso e Al Pitrelli fazem um ótimo trabalho.

Avaliação final: "Rude Awakening" é um disco sensacional, uma perfeita amostra de que o Megadeth não é uma ótima banda apenas no estúdio, mas em cima dos palcos também.

Ano de lançamento: 2002

Faixas:
"Dread and the Fugitive Mind"
"Kill the King"
"Wake Up Dead"
"In My Darkest Hour"
"Angry Again"
"She-Wolf"
"Reckoning Day"
"Devil's Island"
"Train of Consequences"
"A Tout le Monde"
"Burning Bridges"
"Hangar 18"
"Return to Hangar"
"Hook in Mouth"
Almost Honest"
"1000 Times Goodbye"
"Mechanix"
"Tornado of Souls"
"Ashes in Your Mouth"
"Sweating Bullets"
"Trust"
"Symphony of Destruction"
"Peace Sells"
"Holy Wars... the Punishment Due"
"Silent Scorn"

Formação:
Dave Mustaine: vocal/guitarra
Al Pitrelli: guitarra
David Ellefson: baixo
Jimmy DeGrasso: bateria


Outras resenhas de Rude Awakening - Megadeth

Resenha - Rude Awakening - MegadethResenha - Rude Awakening - MegadethResenha - Rude Awakening - Megadeth




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato. Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Denuncie os que quebram estas regras e ajude a manter este espaço limpo.


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Megadeth"


Grandes covers: cinco versões para Hangar 18, do MegadethGrandes covers
Cinco versões para "Hangar 18", do Megadeth

Grandes covers: cinco versões para "Holy Wars... The Punishment Due"

Megadeth: por que a banda vai abrir para o Five Finger Death PunchMegadeth
Por que a banda vai abrir para o Five Finger Death Punch

Grandes covers: cinco versões para a excelente "Tornado Of Souls"

Megadeth: David Ellefson fala sobre Risk, vinte anos depoisMegadeth
David Ellefson fala sobre Risk, vinte anos depois

Desencontro com Kiko Loureiro: as frustrações de um Guitar Hero (vídeo)Desencontro com Kiko Loureiro
As frustrações de um Guitar Hero (vídeo)

Megadeth: Mustaine está indo bem na batalha contra o câncer, afirma EllefsonMegadeth
Mustaine está indo bem na batalha contra o câncer, afirma Ellefson

Megadeth: cinco curiosidades sobre o clássico Rust In PeaceMegadeth
Cinco curiosidades sobre o clássico Rust In Peace

Megadeth: Mustaine talvez não esteja presente no Megacruise, afirma EllefsonMegadeth
Mustaine talvez não esteja presente no Megacruise, afirma Ellefson

Em 24/09/1990: Megadeth lançava Rust In Peace, o magnum opus da bandaEm 24/09/1990
Megadeth lançava Rust In Peace, o magnum opus da banda

Megadeth: Dave Mustaine está indo bem contra o câncer, diz EllefsonMegadeth
Dave Mustaine está "indo bem" contra o câncer, diz Ellefson

Em 23/09/1990: Megadeth lançava o single "Holy Wars... The Punishment Due"

Megadeth: um passeio de ida e volta pelo Hangar 18Megadeth
Um passeio de ida e volta pelo Hangar 18

Em 19/09/1986: Megadeth lançava Peace Sells... But Whos's Buying?

Judas Priest: K.K. Downing, Tim Owens e Les Binks tocarão músicas da banda em concertoJudas Priest
K.K. Downing, Tim Owens e Les Binks tocarão músicas da banda em concerto

Megadent: sorriso abençoado para dizer ao mundo as suas verdadesMegadent
Sorriso abençoado para dizer ao mundo as suas verdades

Scorpions: Dave Mustaine escolhe as melhores músicas da bandaScorpions
Dave Mustaine escolhe as melhores músicas da banda

Megadeth: Doug Aldrich quase fez teste, mas motivo bizarro o impediuMegadeth
Doug Aldrich quase fez teste, mas motivo bizarro o impediu


Milho Wonka: quem são os Posers do Rock hoje em dia?Milho Wonka
Quem são os Posers do Rock hoje em dia?

Teoria da Conspiração: Slipknot troca membros em shows ao vivo?Teoria da Conspiração
Slipknot troca membros em shows ao vivo?

Heavy Metal: as 10 capas mais de macho de todos os temposHeavy Metal
As 10 capas mais "de macho" de todos os tempos

Frances Bean Cobain: assustada com tatuagem de fãFrances Bean Cobain
Assustada com tatuagem de fã

Twisted Sister: segundo Dee, ser pobre e famoso é uma merdaTwisted Sister
Segundo Dee, "ser pobre e famoso é uma merda"

Pink Floyd: versão ao vivo de Dogs vira trilha de animaçãoPink Floyd
Versão ao vivo de "Dogs" vira trilha de animação

Metallica: Lars Ulrich pede bênção ao papa em encontro casualMetallica
Lars Ulrich pede bênção ao papa em encontro casual


Sobre Mateus Ribeiro

Fanático por Ramones, In Flames e Soilwork. Limeirense com muito orgulho (e sotaque).

Mais matérias de Mateus Ribeiro no Whiplash.Net.

adGoo336|adClio336