Bullet For My Valentine: Encerrando turnê brasileira com estilo

Resenha - Bullet For My Valentine (Circo Voador, Rio de Janeiro, 12/07/15)

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Eduardo Bockmann
Enviar correções  |  Ver Acessos

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.

Bullet For My valentine, uma das maiores bandas do metal moderno finalmente esteve de volta ao Brasil e pela primeira vez se apresentando no Rio de Janeiro. Prestes a lançar seu novo álbum "Venom" (que será lançado dia 14 de agosto), a banda encerrou a etapa brasileira no dia 12/07 com estilo.

BFMV: banda lança vídeo para "Piece Of Me"Heavy Metal: 25 bandas que fizeram o gênero ser o que é

Para abrir, eles contaram com Motionless In White, que entrou com força total com a música "Break The Cycle", mostrando o porque mereciam estar ali. A performance do vocalista, "Chris Motionless", foi incontestável. Sua presença no palco foi excelente, conseguindo manter a atenção de todos, sabendo interpretar cada música do repertório.

Vale também mencionar a presença do baixista, "Ricky Horror", que embora de vez em quando parecer estar quieto no seu canto, na verdade ele está demonstrando uma energia cativante e ganhando espaço ao lado de Chris.

Em torno das 19:50 acaba o show do Motionless, e o momento que todos esperavam com ansiedade estava chegando, a apresentação do Bullet. Houve um pequeno atraso, por conta de algum problema não especificado na bateria, mas o público não parou, e gritava "Olê! Olê! Olê! Bullet! Bullet!". Sinceramente, fazia um tempo que não via um público tão animado.

Em torno de meia hora depois do término do show do Motionless, o Bullet dá as caras, quebrando tudo com a nova música "No Way Out", parecia até que os fãs já à conheciam a anos, cantando cada verso dela. E foi assim o show inteiro.

"Scream Aim Fire" e "4 Words (To Choke Upon)" foram executadas com maestria, e contou uma forte presença de todos, da banda e do público.

Em um momento, o vocalista, "Matthew Tuck", ganhou atenção do público mencionando que de todos os shows no Brasil, esse estava sendo o mais animado. Não sei se ele disse isso em todos, mas de fato o público estava impressionante.

"The Last Fight" contou com uma intro acústica com apenas Matt e o público cantando, até que entrou a banda e o peso voltou com potência total. Após ela, houve o momento de destaque do guitarrista "Michael Paget", que executou um ótimo solo, enquanto o resto da banda se preparava para a próxima música.

Logo depois da grande "Waking The Demon", os fãs contaram com uma surpresa, uma música nova não divulgada antes, e tocada apenas em São Paulo. Bem pesada, manteve a atenção de todos, mais uma excelente música para o próximo álbum.

Com o público um pouco cansado no final do show, veio a última música, que não podia faltar no repertório, "Tears Don't Fall", dando aquele impulso final que era necessário para acabar o show de forma única.

É importante mencionar também a performance do novo baixista "Jamie Mathias", que foi impecável, principalmente nos backing vocals, que foram muito bem executados.

E para fechar com chave de ouro, uma parte do show foi gravado, e será visto em um novo vídeo da banda, provavelmente de divulgação de uma nova música, talvez a que eles tocaram no show.

Setlist:

No Way Out
Your Betrayal
Raising Hell
Scream Aim Fire
4 Words (To Choke Upon)
Alone
Suffocating Under Words of Sorrow (What Can I Do)
The Last Fight
Guitar Solo
Dirty Little Secrets
Waking the Demon
Nova música (nome não divulgado)
Pretty on the Outside
You Want a Battle? (Here's a War)
Tears Don't Fall




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Bullet For my Valentine"


BFMV: banda lança vídeo para "Piece Of Me"

MetalMetal
Dez álbuns de metal que poderiam ter sido bons mas algo deu errado

Bullet For My ValentineBullet For My Valentine
Depondo sobre masturbação

Guns N' RosesGuns N' Roses
"Novos membros são uns idiotas", diz Michael Paget


Heavy MetalHeavy Metal
25 bandas que fizeram o gênero ser o que é

Chris CornellChris Cornell
Ele não dava sinais de que se mataria, diz esposa

Brian MayBrian May
"Eu não sabia que Freddie era Gay"

Motorhead: a gafe nazista de Lemmy em NurembergVelocidade: Top 10 de músicas de Metal para ser multadoIndústria musical: sete coisas que um músico não quer ouvirJohn Lennon: O tardio perdão do Vaticano à blasfêmia

Sobre Eduardo Bockmann

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.

adGoo336|adClio336