Matérias Mais Lidas

Steve Vai: Eu não posso tocar como Yngwie Malmsteen; ninguém pode tocar como eleSteve Vai: "Eu não posso tocar como Yngwie Malmsteen; ninguém pode tocar como ele"

Bruce Dickinson, sem pensar duas vezes, revela pérola do Maiden que merece mais atençãoBruce Dickinson, sem pensar duas vezes, revela pérola do Maiden que merece mais atenção

Malas sem alça: dez vezes que astros do rock e do metal foram arrogantes em citaçõesMalas sem alça: dez vezes que astros do rock e do metal foram arrogantes em citações

A opinião de Dinho Ouro Preto sobre o rapper Mano BrownA opinião de Dinho Ouro Preto sobre o rapper Mano Brown

John Lennon: conheça a música que o uniu a Elton John e o reconciliou com YokoJohn Lennon: conheça a música que o uniu a Elton John e o reconciliou com Yoko

Vocalista do Saxon acha um pouco maluco Judas Priest tocar como um quartetoVocalista do Saxon acha "um pouco maluco" Judas Priest tocar como um quarteto

A opinião de Chester Bennington e Travis Barker sobre o MetallicaA opinião de Chester Bennington e Travis Barker sobre o Metallica

Capital Inicial: cinco músicas que foram escritas por Pit Passarell, do ViperCapital Inicial: cinco músicas que foram escritas por Pit Passarell, do Viper

Raul Seixas: a inusitada reação de Paulo Coelho ao saber da morte do compositorRaul Seixas: a inusitada reação de Paulo Coelho ao saber da morte do compositor

O sentimento de Pete Best, primeiro baterista dos Beatles, após ter sido demitidoO sentimento de Pete Best, primeiro baterista dos Beatles, após ter sido demitido

Homem rouba guitarra de R$ 43 mil enfiando-a nas calças; veja vídeoHomem rouba guitarra de R$ 43 mil enfiando-a nas calças; veja vídeo

Lemmy e Joey Ramone: a forte e verdadeira amizade entre duas lendas do RockLemmy e Joey Ramone: a forte e verdadeira amizade entre duas lendas do Rock

Capital Inicial: quem é a pessoa que inspirou o sucesso NatashaCapital Inicial: quem é a pessoa que inspirou o sucesso "Natasha"

COVID: nunca mais vamos nos livrar disso, diz Ian Anderson do Jethro TullCOVID: nunca mais vamos nos livrar disso, diz Ian Anderson do Jethro Tull

Por que Renato Russo não deixava ninguém sorrir no palco, segundo Carlos TrilhaPor que Renato Russo não deixava ninguém sorrir no palco, segundo Carlos Trilha


Stamp

Belphegor: Som extremo de alta qualidade

Resenha - Conjuring the Dead - Belphegor

Por Lúcio Draco
Fonte: verbumdraco.blogspot.com
Em 22/10/14

Nota: 10

O Belphegor é uma das poucas e privilegiadas bandas que construiu uma sonoridade própria e acima de rótulo exatos. A base é death metal, mas com temática, vocais e riffs de black metal, e ainda elementos de grindcore. O fato é que essa horda faz um som extremo de alta qualidade seja qual for a rotulação para sua arte.

Como a ferocidade de sempre e sem deixar cair a qualidade de seus trabalhos, essa insana horda austríaca caprichou mais uma vez lançou um álbum digno da fama que tem, ou seja, uma das melhores bandas de metal extremo do mundo na atualidade.

Sem misericórdia, o álbum começa com Gasmask Terror que tem uma pegada infernal no bumbo duplo segue o "padrão Belphegor" de blast beats ou metranca*, abre o disco como um soco no estômago.

A faixa título Conjuring the Dead é certamente um dos destaques desse trabalho, com os vocais cada vez mais cavernosos do Helmuth Lehner (vocal, guitarra) e um clipe no padrão de superprodução que gravadora Nuclear Blast tem investido. In Death começa com uma pegada thrash na bateria depois retoma os blast beats matadores.

Rex Tremendae Majestatis em alguns momentos lembra algumas faixas do primoroso "Blood Magick Necromance", pois tem uma cadência mais lenta e uma atmosfera soturna.Depois de momentos mais lentos com Rex Tremende, chega a furiosa faixa Black Winged Torment.

Há um breve e belo interlúdio com The Eyes e a pancadaria recomeça com Legions of Destruction que conta com participação especial de dois medalhões da música extrema: Glenn Benton (Deicide) e Attila Cshiar (famoso pelo trabalho como vocalista no clássico absoluto "De Mysteriis Dom Sathanas" do Mayhem).

Flesh, Bones and Blood tem um andamento mais lento, mas nem por isso é menos pesada. Em seguida, a curta e agressiva Lucifer, Take Her! começa de forma sinistra com gritos desesperados de uma donzela atormentada (Alexandra "Dollface" Van Weitus).

A destruição termina com Pactum in Aeternum que é uma continuação da faixa anterior, com ambientações sonoras soturnas e arranjos de violão.

Imperdível!

Veja aqui o conceito de metranca ou blast beat: http://pt.wikipedia.org/wiki/Metranca

E assista a uma aulinha de blast beat\metranca:

Sites:
http://www.belphegor.at
https://www.facebook.com/belphegor
Origem: Áustria
Lançamento: agosto de 2014
Selo: Nuclear Blast
Gênero: Blackned Death Metal
Line-up:
Helmuth Lehener - guitarra/vocal
Serpenth - baixo/vocal
Martin "Marthyn" Jovanović - bateria
******
Faixas:
01 - Gasmask Terror 03:41
02 - Conjuring the Dead 04:33
03 - In Death 04:12
04 - Rex Tremendae Majestatis 05:21
05 - Black Winged Torment 03:27
06 - The Eyes 01:19
07 - Legions of Destruction 04:28
08 - Flesh, Bones and Blood 03:32
09 - Lucifer, Take Her! 02:48
10 - Pactum in Aeternum 03:18

Resenha publicada originalmente em
http://verbumdraco.blogspot.com.br

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Belphegor: frontman quase morreu por doença do BrasilBelphegor: frontman quase morreu por doença do Brasil

Belphegor: Dane-se a Igreja, precisamos de mais Metal!Belphegor: "Dane-se a Igreja, precisamos de mais Metal!"


Metallica: por que 9 entre 10 fãs odeiam Load e Reload?Metallica
Por que 9 entre 10 fãs odeiam "Load" e "Reload"?

Out: os 100 álbuns mais gays de todos os tempos segundo a revistaOut
Os 100 álbuns mais gays de todos os tempos segundo a revista