Iron Maiden: Um dos itens mais legais para fãs

Resenha - Eddie's Archive (1st Edition) - Iron Maiden

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Eduardo Bianchi Rolim
Enviar correções  |  Comentários  | 

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


Trago para vocês um dos itens mais legais que um fã de Iron Maiden pode ter: Eddie's Archive.
775 acessosHeavy Metal: os 10 melhores riffs dos anos noventa5000 acessosPensadores e autores que inspiraram o Heavy Metal: Aleister Crowley

Lançado em 16/novembro/1999 e trazendo gravações de 20 anos da banda, esse "casket" - e aqui a tradução mais próxima fica para "guarda-jóia" - é um lindíssimo material em metal, riquíssimo em detalhes, com acabamento realmente de primeira linha, especialmente preparado para os mais fanáticos pela banda. Para "normalizar" as possíveis traduções, passarei a chamar o item com o termo mais genérico possível: "caixa".

A caixa traz 3 CDs duplos, com duração total de 6h18m ; a "árvore genealógica" da banda até então (presa por um anel de metal do Eddie) e um shot glass.


Como o Eddie's Archive foi lançado em edição limitada, muitos fãs não puderam ter acesso ao material (mesmo com o alto preço praticado na época). Alguns anos depois, muitos fãs queriam um relançamento da caixa, o que também deixou os primeiros compradores chateados com a possibilidade do item perder sua característica de "colecionador".

O relançamento foi feito e a direção da banda, em janeiro/2007, através de Rod, se pronunciou oficialmente sobre o assunto, afirmando que a "2nd Edition" viria assim marcada, claramente, na embalagem e no fundo da caixa, por exemplo, além da cor "azul" ser alterada para "vermelho" por dentro (vide foto aqui). A segunda edição também não teria mais a limitada numeração, prestigiando, assim, os primeiros fãs.


Abaixo trago algumas curiosidades de cada CD duplo (além das já comentadas nas fotos mais ao final do post e das que podem ser observadas nas próprias fotos).

BBC ARCHIVES - CD 1

A banda gravou em 14/novembro/1979 para a BBC Radio, para o então também novo programa Friday Rock Show (criado 13 meses antes e que ficou no ar até 1988, e que estreou com Def Leppard e depois com o Samson, banda que contava então com o vocalista "Bruce Bruce"), as 4 músicas que apareceriam no primeiro e homônimo álbum da banda, lançado em abril do ano seguinte.

A banda, ali, era composta por Steve Harris, Paul Di'Anno, Dave Murray, Tony Parsons (guitarra) e Doug Sampson (bateria).

youtube player
Inscreva-se no nosso canalWhiplash.Net no YouTube

No Reading de 1982, ou seja, na tour do The Number Of The Beast, a banda já contava com Bruce e Adrian (no lugar de Dennis Stratton) na banda, além do excelente Clive Burr na bateria.

BBC ARCHIVES - CD 2

Com o NWoBHM estourando para as massas, o Reading 1980 trazia as sensações da época Def Leppard e Iron Maiden, sendo o Maiden responsável por abrir o show do UFO (desnecessário comentar aqui a apreciação de Harris pela banda headliner da noite - Bruce também é fã da banda). Naquela noite, o Samson, com Bruce, também tocou.

youtube player
Inscreva-se no nosso canalWhiplash.Net no YouTube

Por fim, a performance da banda no Monsters Of Rock 1988, em Donington, com a chamada formação clássica da banda. Para quem quiser se aprofundar, este post aqui traz esta noite em detalhes.

A ilustração da capa é obra do formidável Derek Riggs (e que, sejamos honestos, a banda deveria resolver logo as diferenças e voltar a trabalhar URGENTEMENTE com ele - os Eddies de hoje são piada perto dos desenhos de Derek).

BEST OF THE B'SIDES - CD 1

Como o próprio nome sugere, a banda traz ali um apanhado de b-sides e covers, onde é possível observar claramente as influências dos músicos. Neste primeiro CD, conferem-se as gravações da década de 80, contando com a ótima Reach Out, escrita por Dave Colwell e muito bem cantada por Adrian Smith, com o luxo de um Bruce Dickinson para os backing vocals. Cada música tem uma ou outra curiosidade muito interessante trazida por Rod e trarei algumas a seguir.

O disco é aberto com Burning Ambition, uma das primeiras músicas de autoria de Steve, ainda nos tempos de Gypsy's Kiss, e saiu no single Running Free (1980) - que, por sinal, marca a primeira aparição oficial do Eddie.

Outra música dos primórdios de Steve é Invasion, do single Women In Uniform (1980). Esta versão é uma nova gravação do "The Soundhouse Tapes" e já aponta o interesse de Harris por história.

Já I've Got The Fire mostra a paixão da banda por Montrose.

A Black Bart Blues é uma "homenagem" à armadura de Bruce chamada Black Bart.

youtube player
Inscreva-se no nosso canalWhiplash.Net no YouTube

BEST OF THE B'SIDES - CD 2

Já o disco 2 é composto por faixas dos anos 90 e vai até os singles The Wicker Man e Out Of The Silent Planet, ambos de 2000 e já contando com o retorno da dupla Adrian-Bruce para a gravação do Brave New World.

É aberto com All In Your Mind, música da banda Stray que Steve gostava na época. Saiu originalmente no single Holy Smoke (1990).

I'm A Mover é a ótima faixa do Free, banda que Murray é fã e possui inclusive uma guitarra de Paul Kossoff. Saiu no single Bring Your Daughter To The Slaughter também de 1990.

Communication Breakdown é talvez o b-side mais famoso da banda e os nomes Page/Bonham/Jones/Plant dispensam apresentações. Também saiu no Bring Your Daughter To The Slaughter.

Montrose é novamente lembrando em Space Station No. 5. Fez parte originalmente do single Be Quick Or Be Dead (1992).

Roll Over Vic Vella é muito conhecida entre os fãs também e saiu no single From Here To Eternity (1992). É uma adaptação de Steve ao clássico do Chuck Berry. Rod conta que, quando conheceu a banda em 1979, Vic era o "tour manager", o cara da segurança, o roadie, o engenheiro de som... ele trabalhou com o Maiden até o mais ou menos a metade dos ano 80, quando se aposentou - mas ainda mantém contato próximo com a banda, especialmente Steve, em alguns trabalhos na casa do baixista. A música é, portanto, um tributo a este que é um dos mais importantes amigos da história do Iron Maiden.

Justice Of The Peace e Judgement Day, ambas presentes no single Man On The Edge (1995). Já com Blaze Bayley na banda, foram feitas na época do X-Factor, mas não entraram no CD por uma razão técnica: não cabiam!

My Generation é outra música bem conhecida, a a versão do Maiden para o clássico do The Who. Já Doctor Doctor, hoje em dia, é praticamente uma música do Iron Maiden... largamente usada pela banda em aberturas de shows até hoje, o clássico do UFO é aguardado sempre com muita expectativa e é a música que indica que o show vai começar! Ambas saíram no single Virus (1996).

A "curiosa" ilustração da capa, digamos assim, é de Mark Wilkinson (L-Space Design). Os discos têm duração de 2h14m.

youtube player
Inscreva-se no nosso canalWhiplash.Net no YouTube

Claro que, por ser uma coletânea de b-sides, algumas faixas originais ficaram de fora deste duplo. Entre elas, Mission From 'Arry' (do single 2 Minutes To Midnight); Massacre (cover do Thin Lizzy do single Can I Play With Madness); Bayswater Ain't A Bad Place To Be (do single Be Quick Or Be Dead) e I Live My Way (do single Man On The Edge), além de outros b-sides que a banda já tocou ao-vivo.

BEAST OVER HAMMERSMITH - CDs 1 e 2

O famoso show de 20/março/1982, com a banda contando com o recém-chegado Bruce Dickinson. Com duração de 1h35m e produzido por Doug Hall e Steve Harris, o show da The Beast On The Road Tour foi realizado no Hammersmith Odeon e gravado 2 dias antes do lançamento do próprio álbum de estúdio (apenas o single Run The The Hills já estava disponível).

O encarte do CD traz as datas da The Beast On The Road Tour e lista os instrumentos e equipamentos de cada músicos, com fotos e a assinatura de cada um deles (a banda ainda tinha Clive Burr).

Uma versão abreviada do show está disponível no disco 1 do DVD The Early Days. A banda pretendia lançar o show em VHS, mas não ficou satisfeita com a qualidade da filmagem devido aos problemas com iluminação na noite.

youtube player
Inscreva-se no nosso canalWhiplash.Net no YouTube

Acesse a matéria original no Minuto HM para ver o material completo, com diversas fotos mostrando cada item do Eddie's Archive em detalhes e uma nota do redator sobre a caixa.

http://minutohm.com/2012/07/17/eddies-archive-1st-edition...

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Iron MaidenIron Maiden
Show do Ghost é melhor, diz reportagem

775 acessosHeavy Metal: os 10 melhores riffs dos anos noventa465 acessosIron Maiden: Iron Maiden Ex Libris aborda as letras da donzela427 acessosThunderstick: ex-batera do Samson e Iron Maiden lançará novo disco0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Iron Maiden"

Rock in Rio 1985Rock in Rio 1985
Globo entrevista "Brian Dickinson"

Iron MaidenIron Maiden
As 10 melhores músicas da fase Blaze Bayley

NoisecreepNoisecreep
As 10 músicas mais subestimadas do Iron Maiden

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDs0 acessosTodas as matérias sobre "Iron Maiden"

Aleister CrowleyAleister Crowley
Um dos pensadores que inspiraram o Heavy Metal

Iron MaidenIron Maiden
Nicko McBrain fala sobre sua conversão ao cristianismo

SlipknotSlipknot
Corey Taylor não tem a cara limpa por baixo da máscara

5000 acessosA História do Burzum5000 acessosGuns N' Roses: Algumas curiosidades sobre o vocalista Axl Rose5000 acessosGuns N' Roses: Axl Rose expulsa pessoa do show em Curitiba5000 acessosImmortal: A selfie do Oscar em uma versão muito mais true5000 acessosMarty Friedman: 10 álbuns que mudaram a vida do guitarrista5000 acessosFuturologia: como estariam Cobain, Hendrix, Joplin e Morrisson?

Sobre Eduardo Bianchi Rolim

Paulistano, nascido em 1982, bacharel em Sistemas de Informação pelo Mackenzie e pós-graduado em Administração de Empresas (CEAG) pela FGV. Tem como paixão as bandas Iron Maiden e MetallicA, mas é fã de rock e metal internacional em geral. Alguns hobbies são: acompanhar o time do coração, Corinthians; doente por Back To The Future e Indiana Jones; viajar; Playstation; jogar o eterno Duke Nukem 3D. Carros em geral e F1 em especial. Tudo que pode ser relacionado à tecnologia (software e hardware). Ama os velhos receivers valvulados e aquelas maravilhosas caixas pesadas e potentes. Fã do Whiplash desde os primórdios. Criador e administrador do Minuto HM (www.minutohm.com), o blog da família do Heavy Metal (Twitter: @minutohm).

Mais matérias de Eduardo Bianchi Rolim no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online