RECEBA NOVIDADES ROCK E METAL DO WHIPLASH.NET NO WHATSAPP

Matérias Mais Lidas

imagemOs comentários que staff gringa do Rock in Rio 1985 fizeram a Rita Lee e Lulu Santos

imagemBruce Dickinson erra letra e Iron Maiden se enrosca durante "Caught Somewhere In Time"

imagemO clássico disco de Metal nacional que João Gordo detesta com todas as forças

imagemO músico do Titãs que não seguiu no futebol por causa do pai, que torcia para outro clube

imagemIron Maiden demonstrou muita coragem ao cortar clássicos de seu setlist

imagemA crise no Sepultura repete os clichês de tretas da história do rock and roll

imagemIron Maiden confirma que nova turnê não passará pelo Brasil em 2023

imagemRonnie James Dio "reclamava" que David Coverdale "roubava" seus guitarristas

imagemComo o Sepultura acabou sendo responsável por possibilitar disco do Zeca Pagodinho?

imagemO fabuloso álbum de rock nacional dos anos 80 incompreendido na época que virou um clássico

imagemIron Maiden enche setlist de surpresas e estreias em primeiro show da "The Future Past Tour"

imagemJuninho Groovador apresenta sua banda Los Kabras

imagemA opinião de Roger Waters sobre o Radiohead em seu auge criativo

imagemO hit da Legião Urbana que fala sobre o polêmico "grande relacionamento gay da Bíblia"

imagemNando Reis reflete sobre o grande amor de sua vida e diz que não quer voltar ao inferno


Dark Angel: Leave Scars é clássico e obrigatório

Resenha - Leave Scars - Dark Angel

Por Pedro Humangous
Postado em 01 de junho de 2012

Nota: 9

Não é a toa que existem tantos jovens hoje em dia praticando o Thrash dos anos oitenta. O que aquela geração criou é simplesmente incrível e invejável. Músicos esbanjando feeling, técnica e criatividade, tudo isso junto em apenas um disco. No caso aqui, estamos falando do maravilhoso DARK ANGEL e seu "Leave Scars", originalmente lançado em 1988, e agora disponibilizado no mercado nacional através da Shinigami Records.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - TAB 1

Como se não bastasse ter esse petardo em nossas prateleiras, ainda temos de bônus quatro faixas ao vivo que - apesar da qualidade inferior de gravação em relação às demais faixas - não deixam a desejar.

Falando em qualidade de gravação, para um disco gravado há tanto tempo, fiquei impressionado com o que ouvi aqui. Influências de SLAYER são claras, além de alguma coisa de TESTAMENT e DEATH. Os vocais de Ron Rinehart são nervosos e se encaixam como uma luva ao instrumental. Me lembrou James Hetfield no início da carreira. Falando no instrumental, o que mais podemos dizer quando se tem Gene Hoglan na bateria? O cara é um gênio e apesar da gravação abafada de seu instrumento, mostra toda sua competência.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - TAB 2

Destaque para as faixas "Never To Rise Again", a instrumental "Cauterization" e a longa "The Promise Of Agony" com seus mais de oito minutos de duração. Pra fechar com chave de ouro, a belíssima arte da capa por Chip Simons, com direito ao logotipo feito por Ed. Repka. Clássico e obrigatório!


Outras resenhas de Leave Scars - Dark Angel

Resenha - Leave Scars - Dark Angel

Compartilhar no FacebookCompartilhar no WhatsAppCompartilhar no Twitter

Siga e receba novidades do Whiplash.Net:

Novidades por WhatsAppTelegramFacebookInstagramTwitterYouTubeGoogle NewsE-MailApps


Stamp

Dark Angel vai continuar na ativa, com Laura Christine no lugar de Jim Durkin

Thrash metal: 10 grandes álbuns do estilo lançados em 1989

Thrash: os dez álbuns essenciais do gênero

Loudwire: Os 10 melhores álbuns de Thrash NAO lançados pelo Big 4

Baixo: em vídeo, as introduções mais marcantes do metal


publicidadeAdemir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Facchini Medeiros | André Silva Eleutério | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Euber Fagherazzi | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Henrique Haag Ribacki | José Patrick de Souza | Julian H. D. Rodrigues | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Sergio Luis Anaga | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva |
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Sobre Pedro Humangous

Pedro Humangous, 28 anos, publicitário headbanger. Dono e editor chefe da revista Hell Divine. Santista apaixonado por música e uma boa cerveja. Atualmente reside em Brasília e não poupa esforços para fazer o metal se fortalecer no país. Já colaborou com as revistas portuguesas Versus e Horns Up, além da coluna "Rolo Compressor" na rádio Nucleo Base. Colecionador de CD's, DVD's, Livros e Action Figures, concentra suas forças no metal extremo, sem deixar de lado os demais estilos. Fanático por Opeth, Iron Maiden, Trivium, Kreator, Dream Theater, Baroness, Suicide Silence, entre tantas outras. Siga: @PedroHumangous
Mais matérias de Pedro Humangous.