RECEBA NOVIDADES ROCK E METAL DO WHIPLASH.NET NO WHATSAPP

Matérias Mais Lidas

imagemA atitude ousada da Legião Urbana ao peitar Globo e Faustão no meio de uma grande crise

imagemO Raul Seixas não era nada daquilo que ele falava, diz ex-parceiro musical

imagemA razão que levou Humberto Gessinger a decidir não usar mais nome "Engenheiros do Hawaii"

imagemPor que Gisele Bündchen e Ivete Sangalo deturparam "Imagine", segundo André Barcinski

imagemDiva Satânica explica qual foi a razão que a fez deixar a banda Nervosa

imagemO último show de Bon Scott com o AC/DC, três semanas antes de sua morte

imagemA hilária reação de Keith Richards ao encontrar músicos do Maneskin

imagemDavid Coverdale relembra parceria com Jimmy Page, e fala sobre relançamento

imagemAs duas razões que levaram RPM a passar por segunda separação em 2003

imagemEm entrevista, Tony Iommi contou como aprendeu a tocar guitarra

imagemAlém do Moonspell, São Paulo Metal Fest anuncia Beyond Creation em seu cast

imagemAngra parabeniza a aniversariante Sandy nas redes sociais

imagemJimmy Page sobre o "Presence": "Não se faz músicas como aquelas caindo de bêbado"

imagemGuitarrista do Offspring continuou em seu emprego normal mesmo depois da fama

imagemPrika explica por que nova vocalista da Nervosa não é brasileira e promete single em março


Summer Breeze

Avatar: Um álbum que assustará os mais ortodoxos

Resenha - Avatar - Black Waltz (2012)

Por Ricardo Seelig
Fonte: Collectors Room
Postado em 05 de fevereiro de 2012

Nota: 8

Quarto trabalho da banda sueca Avatar, "Black Waltz" é um disco ousado. Nele, o grupo abandona de vez o death metal melódico e mergulha fundo em uma sonoridade totalmente nova, que mescla o heavy metal com elementos industriais, góticos e até mesmo dançantes. O resultado é um álbum que assustará os mais ortodoxos, mas reservará ótimas surpresas para quem tem a cabeça mais aberta.

Com um visual carregado e uma performance extremamente teatral, o quinteto formado por Johannes Eckerström (vocal), Jonas Jarlsby (guitarra), Simon Andersson (guitarra), Henrik Sandelin (baixo) e John Alfredsson (bateria) demonstra ter ouvido muito Marilyn Manson, Deathstars e, principalmente, Rammstein, durante os três anos que separam "Black Waltz" de seu antecessor, batizado com o nome da banda e lançado em 2009. O som que sai das caixas ainda mantém alguns elementos dos discos anteriores, principalmente no trampo das guitarras, mas o restante soa totalmente diferente. Baixo e bateria constróem grooves incessantes, enquanto as batidas são retas e pesadas. E o vocal de Eckerström vai do mais extremo gutural a passagens limpas, onde emula o timbre de Marilyn Manson – ouça "Let it Burn" e comprove. Não à toa, a primeira faixa do disco se chama "Let Us Die", como que avisando os fãs de que a banda que eles conheciam anteriormente não existe mais.

Doentio, pertubador e com um ar meio circense, "Black Waltz" é um álbum muito interessante, pois experimenta novas possibilidades para o heavy metal. Além disso, vai um pouco além das influências citadas por sempre manter, em cada composição, algo próximo do metal mais convencional, seja nos solos, nas melodias ou nos refrões, um dos pontos fortes do grupo. A longa "Use Your Tongue", última faixa do disco, é o melhor exemplo dessa alquimia, até com uns toques de blues.

Uma grande surpresa, afinal poucas bandas teriam coragem de se reinventar completamente após 10 anos de carreira. Se você não tem medo de experimentar novos sons, irá curtir.

Faixas:
Let Us Die
Torn Apart
Ready for the Ride
In Napalm
Black Waltz
Blod
Let it Burn
One Touch
Paint Me Red
Smells Like a Freakshow
Use Your Tongue

Compartilhar no FacebookCompartilhar no WhatsAppCompartilhar no Twitter

Siga e receba novidades do Whiplash.Net:
Novidades por WhatsAppTelegramFacebookInstagramTwitterYouTubeGoogle NewsE-MailApps


Stamp

LGBT: confira alguns músicos que não são heterossexuais


publicidadeAdemir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | André Silva Eleutério | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Euber Fagherazzi | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Henrique Haag Ribacki | José Patrick de Souza | Julian H. D. Rodrigues | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Sergio Luis Anaga | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva |
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Sobre Ricardo Seelig

Ricardo Seelig é editor da Collectors Room - www.collectorsroom.com.br - e colabora com o Whiplash.Net desde 2004.
Mais matérias de Ricardo Seelig.