Venom: "Fallen Angel" é um dos seus melhores trabalhos

Resenha - Fallen Angels - Venom

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Junior Frascá
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 9

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


Finalmente os mestres do metal extremo estão de volta, e mais uma vez como um disco matador, que faz jus a sua excepcional carreira. Ficar aqui falando da importância do VENOM para o música pesada, influenciando gerações e gerações de bandas que vieram posteriormente, é chover no molhado, então vamos ao novo lançamento, que é o que interessa!
2806 acessosNWOBHM: os 25 maiores álbuns do gênero entre 1980 e 19825000 acessosTarja Turunen: "É bom saber que me acham sexy"

“Fallen Angels”, sucessor de “Hell”, de 2008, mostra mais uma vez os “pais” do Black Metal em sua melhor forma, agora com a nova formação, com o líder Cronos (baixo e vocal) acompanhado de Rage (Guitarras) e Dante (Bateria), músicos que conseguiram manter a clássica pegada na banda, e deram um novo impulso em sua musicalidade.

Por mais que VENOM seja conhecido, como dito, como os “pais” do black metal, isto se deve muito mais pela temática de suas canções do que pelo som em si, que é muito mais voltado ao thrash/heavy metal bem sujo e agressivo, como vários elementos de clássic rock e algo de death metal tradicional.

E neste novo disco a coisa não é diferente, sendo que a banda, além de tudo, conseguiu ainda evoluir seu som mas sem deixar de lado o estilão clássico de suas origens que todos esperamos encontrar em seus trabalhos. Já na faixa de abertura, a excelente “Hammerhead”, podemos constatar tais elementos, numa faixa totalmente voltada ao thrash metal moderno e agressivo, com afinação baixa e muito peso, lembrando até algo de SEPULTURA. Uma das melhores do trabalho, sem dúvida.

Na sequência, “Nemesis” é uma faixa mais veloz, com elementos de speed metal, assim como “Pedal to the Metal”, que lembra bastante o início da carreira do MOTORHEAD, influência constante no som do VENOM.

E o disco todo segue esta linha, sempre com canções excelentes, e mantendo o alto nível até o final, podendo citar ainda como outros destaques a obscura “Damnation of Souls”; a já conhecida “Punk´s Not Deat”, com alguma influência de crossover e hardcore, e com uma bateria variada e precisa; “Valley of the Kings”, pesada e cheia de groove; e a faixa título, bastante pesada e cadenciada, com forte influência de stoner e doom metal, sendo uma das melhores do disco.

A produção também é muito boa, mantendo a "sujeira" do som da banda na medida certa, sem comprometer a harmônica audição de todos os instrumentos e vozes com clareza.

Enfim, “Fallen Angel” entra fácil na lista de melhores discos de 2011, e já pode ser considerado um dos melhores trabalhos da carreira do VENOM, o que não é uma tarefa fácil, nestes mais de 30 anos de estrada da banda! Preparem-se porque os mestres estão de volta para destroçar nossos ouvidos!

Fallen Angels - Venom (2011– Spinefarm Records/Universal - Importado)

Tracklist:

01 - Hammerhead
02 - Nemesis
03 - Pedal To The Metal
04 - Lap Of The Gods
05 - Damnation Of Souls
06 - Beggarman
07 - Hail Satanas
08 - Sin
09 - Punk's Not Dead
10 - Death Be Thy Name
11 - Lest We Forget
12 - Valley Of The Kings
13 - Fallen Angels

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

NWOBHMNWOBHM
Os 25 maiores álbuns do gênero entre 1980 e 1982

0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Venom"

Metal Fest 2014Metal Fest 2014
O Megadeth realmente vetou o Venom?

VenomVenom
Quem são as crianças da capa do "Possessed"?

Sexta-feira 13Sexta-feira 13
Treze músicas para escutar nesta data

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDs0 acessosTodas as matérias sobre "Venom"

Tarja TurunenTarja Turunen
"É bom saber que me acham sexy"

MetallicaMetallica
Ultimate Classic Rock elege as 10 piores músicas

Iron MaidenIron Maiden
Murray toca "Ace of Spades" em homenagem a Lemmy

5000 acessosPlanet Rock: as maiores vozes da história do rock5000 acessosShawn Drover: "Lars Ulrich estava certo", diz ex-Megadeth5000 acessosNovas caras do metal: 40 bandas que você precisa conhecer5000 acessosSilverchair: Daniel Johns surge bêbado e de batom nas ruas de Sydney5000 acessosAC/DC: vocalista denuncia crueldade de reality-shows5000 acessosDo além: assombração dá as caras em foto de filha de rockstar

Sobre Junior Frascá

Junior Frascá, casado, é advogado, e apaixonado por heavy metal em todas as suas vertentes (em especial thrash, stoner, doom e power metal) desde seus 15 anos. Também é fã de filmes de terror e séries americanas, faz parte da equipe da revista digital Hell Divine e do site My Guitar, e é guitarrista da banda de metal tradicional MUD LAKE.

Mais matérias de Junior Frascá no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online