Alice Cooper: Prova pura do talento desse grande artista

Resenha - Theatre Of Dead - Alice Cooper

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Anderson Nascimento
Enviar correções  |  Ver Acessos

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


Mesmo já possuindo uma boa quantidade de títulos em DVD retratando seus shows, Alice Cooper acaba adicionar mais um a essa coleção. Trata-se de "Theatre of Death", show gravado no Hammersmith Apollo em Londres, no encerramento de sua turnê de 2009.

Alice Cooper: cantor divulga cover de Bob Seger como single de EP; ouçaFotos de Infância: Cliff Burton, do Metallica

Algo que certamente faz esse DVD valer a pena é o fato de Alice produzir cada turnê de forma diferente, urdindo seus shows com novas canções e novas cenas teatrais que fazem os fãs delirarem. Isso pode ser percebido de imediato pela reação de uma platéia lotada de pessoas fantasiadas de Alice Cooper, com rostos pintados, e cabeças de Cooper penduradas nas mãos dos sedentos fãs, que cantavam todas as letras, ajudaram a ilustrar o espetáculo.

Se as interpretações das músicas, com a voz esganiçada de sempre, são recheadas de momentos incríveis, como as quatro vezes em que Alice é assassinado no palco, estão cada vez mais bacanas, musicalmente o show também está ótimo. O repertório como sempre está cheio de novidades.

Alice traz canções de seus discos mais recentes como "Vengeance Is Mine" do "Along Came a Siper", "Dirty Diamonds" do álbum de mesmo nome e "Wicked Young Man" do "Brutal Planet", todas muito bem aceitas pelo público. Além destas, obviamente boa parte de seus clássicos estão no DVD, ou seja, "Schools Out" que abre e fecha o show, "Im Eighteen", "Welcome To My Nightmare", "Poison", "Billion Dollar Babies" e "No More Mr.Nice Guy", só para citar alguns.

Um momento que merece destaque também é a dobradinha "Only Woman Bleed" e "I Never Cry", as únicas baladas da apresentação, que precedem o "enforcamento" de Alice no palco, antes que ele possa completar um verso do refrão de "I Never Cry". Outras canções que merecem destaque são "Go To Hell", "Be My Lover" e "Killer", que trazem interpretações matadoras.

Alice sabe como ninguém transformar um show em espetáculo, e com um respeitável repertório, fruto de uma incrível carreira com mais de quarenta anos, continua a empolgar os fãs por todo o mundo, esse DVD é a prova pura do talento desse grande artista.

Track-list

School's Out
Department Of Youth
I'm Eighteen
Wicked Young man
Ballad Of Dwight Fry
Go To Hell
Guilty
Welcome To My Nightmare
Cold Ethy
Poison
The Awakening
From The Inside
Nurse Rozetta
Is It My Body
Be My Lover
Only Women Bleed
I Never Cry
Black Widow
Vengeance Is Mine
Devil's food
Dirty Diamonds
Billion Dollar Babies
Killer
I Love The Dead
No More Mr.Nice Guy
Under My Wheels
School's Out (Reprise)




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Alice Cooper"


Alice Cooper: cantor divulga cover de Bob Seger como single de EP; ouça

Hair metal: os 50 melhores álbuns de todos os tempos, segundo a Rolling StoneHair metal
Os 50 melhores álbuns de todos os tempos, segundo a Rolling Stone

Alice Cooper: assista show completo realizado em New JerseyOs anos do Heavy Metal: A decadência e a renovação do estilo

Alice Cooper: Breadcrumbs sai em setembro, veja capa e tracklistAlice Cooper
"Breadcrumbs" sai em setembro, veja capa e tracklist

Alice Cooper: fazendo aparição surpresa em igreja dos EUAAlice Cooper
Fazendo aparição surpresa em igreja dos EUA

Twitter: Alice Cooper, Blink-182 e Green Day reagem a mensagens de hatersTwitter
Alice Cooper, Blink-182 e Green Day reagem a mensagens de haters

Fascínio pelo terror: Cinco bandas que dão medoFascínio pelo terror
Cinco bandas que dão medo

Roadrunner: os melhores frontmen de todos os temposRoadrunner
Os melhores frontmen de todos os tempos


Fotos de Infância: Cliff Burton, do MetallicaFotos de Infância
Cliff Burton, do Metallica

Mulheres e guitarras: as mais importantes segundo a GibsonMulheres e guitarras
As mais importantes segundo a Gibson

Aquiles Priester: Posters, action figures e latinhas de coca-colaAquiles Priester
Posters, action figures e latinhas de coca-cola

Heavy Metal: 10 músicas inspiradas em heróis de quadrinhosPoison: Bret passou o cambão na mãe da Hannah Montana?Judas Priest: o álbum preferido do vocalista Rob HalfordKiko Loureiro: as polêmicas do Grammy e a vida de rockstar

Sobre Anderson Nascimento

Anderson Nascimento é Analista de Sistema e Professor Universitário de profissão, tendo cursado Pós-Graduação em Análise, Projeto e Gerência de Sistemas na PUC-RJ. Sua grande paixão é a música, começou a colecionar discos ainda na época do vinil, em 1986, com o álbum Abbey Road dos Beatles. Esse foi o primeiro passo para esse hobby que viria a se tornar tão importante em sua vida. Entre as várias atividades no meio musical, Anderson é compositor e integrou a banda de rock Projeto:Paradoxo entre 1996 e 2004. Anderson é um ávido colecionador de discos e também escreveu sobre música em vários veículos de comunicação.

Mais matérias de Anderson Nascimento no Whiplash.Net.