Robert Plant: Vocalista está em uma fase iluminada

Resenha - Satisfied Mind - Robert Plant & Band of Joy

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Ricardo Seelig, Fonte: Collector's Room
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 10

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


Robert Plant está em uma fase iluminada. Após o excepcional "Raising Sand", gravado ao lado da belíssima cantora Alison Krauss em 2007, reformulou a lendária Band of Joy e gravou um dos melhores discos de 2010 – batizado também como "Band of Joy" -, aclamado tanto pela crítica quanto pelo público.

1801 acessosVlog Rock: o significado dos símbolos do Led Zeppelin5000 acessosGhost: Nergal revelou a identidade de Papa Emeritus II?

A turnê do álbum, elogiada mundo afora, tem agora um registro com cara de definitivo. Trata-se do bootleg "Satisfied Mind", lançado pela Godfatherecords. O CD, duplo, traz o show realizado por Plant no The Roundhouse, em Londres, em 29 de outubro passado. A qualidade sonora é espetacular, digna de elogios, e muito superior a dezenas de 'live albums' oficiais que a gente conhece. Ao lado de Robert Plant estão a Band of Joy e o Londres Oriana Choir, fazendo com que a apresentação seja, sem exageros, próxima do divino.

O CD abre com uma versão mais lenta de “Down to the Sea”, música do bom "Fate of Nations", lançado pelo vocalista em maio de 1993. Na sequência vem “Angel Dance”, cover do Los Lobos presente em "Band of Joy".

O disco segue com um desfile de canções arrepiantes. A transcendental “Please Read the Letter”, presente tanto no álbum "Walking Into Clarksdale" (1998), gravado ao lado de Jimmy Page, quanto em "Raising Sand", é interpretada com uma beleza difícil de ser traduzida em palavras. “Misty Mountain Hop”, faixa do Led Zeppelin que está em "Led Zeppelin IV" (1971), ganha uma releitura mais lenta e um arranjo diferente do original, enquanto a clássica “Tangerine”, de "Led Zeppelin III" (1970), é tocada de modo reverencial pela banda, como que homenageando o grupo que tornou Plant um ícone. Aliás, o vocalista está cantando com sabedoria, usando os anos de experiências intensas que viveu na estrada para carregar as músicas com doses maciças de feeling como só um sábio poderia fazer.

Acompanhado por um grupo fenomenal, Plant divide os holofotes e abre espaço para os outros músicos, como pode ser percebido em “Someqhere Trouble Don´t Go”, “A Satisfied Mind” e “Move Up”. Já “Houses of the Holy”, outra faixa clássica do Led Zeppelin revisitada, ganha um arranjo country onde o destaque é a guitarra pedal steel. Enquanto isso, “Rock and Roll” é apresentada em uma divertida roupagem rockabilly. Há ainda mais duas faixas do Led no track list, “Gallows Pole” e “In My Time of Dying”, essa última uma canção tradicional que teve a sua versão definitiva gravada pela banda de Page e Plant em seu melhor disco, o clássico "Physical Graffiti", de 1975.

Há ainda uma faixa extra, “Little Angel Dance”, gravada ao vivo no programa de Jimmy Fallon no dia do lançamento do álbum "Band of Joy", em 13 de setembro de 2010. A qualidade sonora dessa faixa também é excelente.

"Satisfied Mind" vem em uma embalagem digipack com três dobras, com os dois CDs acondicionados em envoltórios individuais. O acabamento gráfico é idêntico ao de um lançamento oficial, muito bem feito. Em relação à qualidade sonora, como já falei antes, não há o que ser dito. O som é espetacular, perfeito, o que só realça a excelente performance de Plant e de toda a banda.

Esse bootleg é excelente, uma jóia rara e que eterniza a ótima fase vivida por um dos maiores vocalistas que o rock já conheceu. Se você se interessou e ficou afim do disco, "Satisfied Mind" está sendo vendido aqui no Brasil pela Hellion Records, que trouxe algumas cópias importadas para os colecionadores brasileiros.

O raciocínio é bem simples: quem é fã de Robert Plant e do Led Zeppelin e gosta de música de qualidade, tem que ter e ponto final!

Faixas:

CD 1:
1.Introduction
2.Down to the Sea
3.Little Angel Dance
4.House of Cards
5.Please Read the Letter
6.Misty Mountain Hop
7.Tangerine
8.Somewhere Trouble Don´t Go
9.A Satisfied Mind
10.Move Up
11.Satan Your Kingdom Must Come Down
12.Central Two-O-Nine
13.Monkey

C2:
1.Houses of the Holy
2.You Can´t Buy My Love
3.Tall Cool One
4.Gallows Pole
5.Harm´s Swift Way
6.Rock and Roll
7.Twelve Gates to the City / Wade in the Water / In My Time of Dying
8.A Very Cellular Song (I Bid You Goodnight)
Bonus track:
9.Angel Dance (Live at Late Night with Jimmy Fallon, NBC Studios)

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Led ZeppelinLed Zeppelin
Robert Plant acha horríveis seus vocais no começo da carreira

1801 acessosVlog Rock: o significado dos símbolos do Led Zeppelin216 acessosEm 24/02/1975: Led Zeppelin lança o álbum Physical Graffiti479 acessosRobert Plant: unboxing do novo álbum, "Carry Fire"0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Led Zeppelin"

Capas de álbunsCapas de álbuns
Agora com gatos em discos clássicos

Total GuitarTotal Guitar
Os 20 melhores riffs de guitarra da história

Pete TownshendPete Townshend
The Who quase foi o Led Zeppelin

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDs0 acessosTodas as matérias sobre "Robert Plant"0 acessosTodas as matérias sobre "Led Zeppelin"


GhostGhost
Nergal revela a identidade de Papa Emeritus II?

O futuro do Rock nacionalO futuro do Rock nacional
Bandas autorais devem "se tocar"

Ellen JabourEllen Jabour
Slayer, Metallica, Guns e Judas no Top10 da modelo

5000 acessosPoeira: Rockstars e as bandas que eles sonhavam fazer parte5000 acessosMetallica: A reação de James a famosos usando camisetas da banda5000 acessosSeparados no nascimento: Phil Lynott e Tiririca5000 acessosCourtney Love: "Kurt odiava sua banda"5000 acessosAxl Rose: dez grandes performances sem Slash ou Duff5000 acessosRock In Rio: as homenagens dos artistas estrangeiros com o Brasil

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.


Sobre Ricardo Seelig

Ricardo Seelig é editor da Collectors Room - www.collectorsroom.com.br - e colabora com o Whiplash.Net desde 2004.

Mais matérias de Ricardo Seelig no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em junho: 1.119.872 visitantes, 2.427.684 visitas, 5.635.845 pageviews.

Usuários online