Matérias Mais Lidas

imagemA música do Raul Seixas com erro gramatical que parece um plágio mas é uma homenagem

imagemO arrependimento que David Bowie carregava em relação a Elvis Presley

imagemRick Wakeman relembra época em que o Yes abria show para o Black Sabbath

imagemRolling Stones: Keith Richards compara tocar com Brian Jones, Mick Taylor e Ron Wood

imagemTestament está confirmado na edição brasileira do Summer Breeze, segundo jornalista

imagemA dura bronca dos Titãs em Nando Reis durante gravação de "Titanomaquia"

imagemShow do Dream Theater em São Paulo não será mais realizado no Pavilhão Pacaembu

imagem4 hits do Deep Purple cujos riffs Ritchie Blackmore já confessou ter copiado

imagemA reação de Stevie Ray Vaughan ao ouvir Jimi Hendrix pela primeira vez

imagemO hit dos Engenheiros sobre Humberto não querer ser guru dos jovens igual Renato Russo

imagemThin Lizzy e o álbum picareta de covers do Deep Purple que garantiu sua sobrevivência

imagemConheça o guitarrista brasileiro de 16 anos que estará no próximo clipe do Megadeth

imagemRoger Waters sobre tocar Pink Floyd sem David Gilmour: "Não tenho problema algum"

imagemRob Trujillo presta tributo ao Rage Against The Machine após shows em Nova Iorque

imagemCinquenta grandes músicas lançadas por bandas de rock e heavy metal em 2022


Stamp

Ad Hominen: conheça a banda e tire suas próprias conclusões

Resenha - Dictator: A Monument of Glory - Ad Hominen

Por Marcos Garcia
Em 07/10/10

Nota: 10

Hoje em dia, com o ‘bom mocismo’ vigente no Metal e mesmo em toda a sociedade, muitas bandas acabam sendo relegadas ao conhecimento de bem poucos, inclusive sofrendo pesadas acusações, sendo que estas nem sempre são dignas de atenção.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

O Metal não é um som para ‘bons moços’, incapazes de terem atitudes individuais e críticas, que apenas acatam o que lhes mandam fazer. É um estilo musical com proposta cultural/ideológica tão forte que abala as estruturas sociais, que tentam reagir na forma de calúnias e com regras que pedem "respeito" para a defesa daqueles que há tanto nada fazem e que apenas tornam nosso mundo um lugar pior a cada novo dia.

Que cada um pense por si mesmo e pese a qualidade do que lhe dizem.

Escrevo estas linhas para que o caro leitor não tenha medo de ouvir o som de bandas mais polêmicas, e que possa ler as letras e tirar suas próprias conclusões. Bandas como o AD HOMINEN exigem isso de quem ouve seu trabalho.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Esta excelente one man band (seu mentor chama-se Kaiser) de War Black Metal da França chega até nós via Höllehammer Records, com seu "Dictator – A Monument of Glory", seu quarto full-lenght. Graças às citações da filosofia de Nietzsche, anti-monoteísmo e culto ao ser, a banda acaba sendo tachada como NSBM, o que Kaiser desmente em todas as suas entrevistas.

A apresentação visual muito bonita e bem cuidada do CD é prenúncio de coisa boa, e a intro "In Power" prepara o clima para "Dictator", uma ótima faixa, rápida e instigante, com um coro que empolga, e uma boa dose de Punk/Hardcore, e os andamentos são de deixar o ouvinte arrepiado. Em seguida vem "Slaves of God", outra música bem pesada e com boa pegada e grandes refrãos, assim como a longa "The Encomium of Terror", bem variada e com aquele clima de guerra mesmo. "Chambers of Hate" começa com uma intro bem típica de War Metal, com baixo pulsante e lembrando bandas de Hardcore finlandesas como RATTUS, e mais uma vez, grande refrões, elementos encontrados também em "Solitary Supremacy", sendo esta mais rápida que a anterior.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"ZOG is dead" já é mais cadenciada no início, naquela conhecida levada "lenta e pesada", e assim fica uma boa parte do tempo, para depois virar uma verdadeira metralhadora Black Metal para todos os lados, e mais para o final, volta a ser lenta, pesada e instigante. "Total Völkermord", que vem da Demo "Omnes Ad Unum", de 2000, mantendo o pique do CD, e fecha com "Schlachthaus Der Gedanken", que para os curiosos, significa ‘Matadouro de Pensamentos’, uma faixa longa e arrasadora, de andamento ameno e lento, cadenciado e pesado como é a proposta da banda.

E como eu disse no início, antes de pensar algo, indico que ouça e leia o que a banda tem a dizer sobre si e sobre seu trabalho, já que acusar alguém sem lhe dar direito de resposta é algo digno da Inquisição Espanhola, e não de fãs de Metal.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Tracklist:
1. In Power
2. Dictator
3. Slaves of God
4. The Encomium of Terror
5. Chambers of Hate
6. Solitary Supremacy
7. Zog is Dead
8. Total Völkermord
9. Schlachthaus Der Gedanken

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net



publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Van Halen: o constrangedor encontro de Eddie com o Nirvana

A importância da revista Playboy na vida de alguns rockstars


Sobre Marcos Garcia

Marcos Garcia é Mestrando em Geofísica na área de Clima Espacial, Bacharel e Licenciado em Física, professor, escritor e apreciador de todas as subdivisões de Metal, tendo sempre carinho pelas bandas mais jovens e desconhecidas do público, e acredita no Underground como forma de cultura e educação alternativas. Ainda possui seu próprio blog, o Metal Samsara, e encara a vida pela máxima de Buda "esqueça o passado, não pense no futuro, concentre-se apenas no presente".

Mais matérias de Marcos Garcia.