Resenha - Rebirth World Tour - Live in São Paulo - Angra

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Por Rafael Carnovale
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 9

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


A nova formação do Angra já provou, com méritos, que é extremamente competente, capaz de construir um novo capítulo na história da banda, sem desprezar o passado que a consagrou. O começo de boa parte de toda essa nova história se deu em vários shows pelo Brasil, e este, no Via Funchal em 15 de janeiro de 2001 (menos de 2 meses após o lançamento do aclamado “Rebirth”) foi documentado para ser lançado em DVD. A banda evoluiria mais ainda depois da longa tour que se sucedeu, com shows no Japão, Europa (incluindo uma passagem marcante pelo “Wacken Festival”), mas é muito interessante conferir agora um dos primeiros shows da nova formação para comprovar o que já se afirmava: os caras voltaram com tudo.
1125 acessosAngra: discografia de volta ao Spotify5000 acessosSemelhança: vocalistas de rock com vozes quase iguais

O DVD é de fato uma grande aquisição. Muito bem feito, com uma produção de imagem muito boa e som bem agradável (melhor do que ouvimos no cd ao vivo) nos permite conferir de vários ângulos uma performance de um Angra sedento por heavy metal, a começar pelas novas “Nova Era” e “Acid Rain”. O show não poderia deixar de contar com músicas de Rebirth (afinal é o cd que estão promovendo) como “Running Alone”, “Unholy Wars” e a faixa título, além de clássicos já aclamados como “Carry On”, “Nothing to Say”, “Angels Cry” e “Make Believe”, além do cover de “The Number of The Beast” que ficou, razoável.

A banda se mostra com um entrosamento de deixar muita banda gringa no chinelo. Rafael e Kiko continuam sendo exímios guitarristas, sendo que Kiko se encarrega mais dos solos e Rafael das bases, mas ambos estão escorados por uma banda talentosíssima. Aquiles se mostra um monstro na bateria (dando razão aos que o chamam de “o polvo Aquiles”) com um solo matador e que deixou os fãs com água na boca ao tocar a intro de “Painkiller”. Felipe Andreoli é um baixista seguro e extremamente talentoso, com velocidade e feeling espantosos, além de ser um agitador de primeira (sua jam improvisada com Kiko no final do show aonde ele reproduz o que Kiko toca na guitarra em seu baixo é algo de assustar). E Edu se mostra a escolha certa para o posto. Carismático e dono de uma voz muito potente, ele manda muito bem nas composições novas e mostra um extremo cuidado em respeitar as composições antigas, pondo seu estilo de maneira bem delicada, coisa para quem realmente sabe.

O DVD apresenta uma ou outra falha de imagem, mas muito pequenas, coisa que não compromete (se alguém não teve esse problema poste no fórum, pois pode ser problema da cópia resenhada), mas se mantém acima do nível de muita produção nacional. Como extras temos cenas de backstage e cenas da banda na Europa, Oriente e no Brasil. Ainda somos presenteados com o clipe de “Rebirth”, “Pra Frente Brasil” (gravado a época da copa de 2002) e “Hunters and Prey” acústica no Japão. Um belo pacote por sinal.

Não ousarei nunca comparar este novo Angra com o Angra de anos atrás, é uma outra banda, com uma outra história... mas que se continuar assim, se manterá no topo como uma das melhores bandas heavy do Brasil. Compre!

Line Up:

Edu Falaschi – Vocal
Kiko Loureiro – Guitarras
Rafael Bittencourt – Guitarras
Aquiles Prester – Bateria
Felipe Andreoli – Baixo

Lançado no Brasil pela Paradoxx Music.

5000 acessosQuer ficar atualizado? Siga no Facebook, Twitter, G+, Newsletter, etc

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

AngraAngra
Veja Rafael "ensinando" Valverde a tocar bateria

1125 acessosAngra: discografia de volta ao Spotify1291 acessosAngra e Hangar: Fábio Laguna conta como entrou nas bandas2421 acessosAngra: "reunião" durante aniversário de Paulo Baron, veja vídeo642 acessosBruno Sa: comenta a morte de Paul O'Neill e relembra audição1078 acessosAquiles Priester: No lugar onde montou a sua primeira bateria0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Angra"

TrollagemTrollagem
Quando as bandas decidem zoar com o playback

AngraAngra
A bela versão de "Wuthering Heights" sacada de Angels Cry

Aquiles Priester sobre WhiplashAquiles Priester sobre Whiplash
"Também já sangrei tocando"

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDs0 acessosTodas as matérias sobre "Angra"

SemelhançaSemelhança
Alguns vocalistas de rock com vozes quase iguais

LombardoLombardo
"Chocado" por atitude do Slayer no memorial de Jeff

Dave MustaineDave Mustaine
"Atirador do Dawson College não merecia ser fã do Megadeth!"

5000 acessosOh, não!: clássicos que foram "estragados" pelo tempo5000 acessosMegadeth: a história de quando Slash quase entrou na banda5000 acessosBruce Dickinson: Ele lamenta não ter dado um soco em Axl Rose5000 acessosGutural: mulheres que fazem vocal em bandas de Metal5000 acessosIron Maiden: Banda relança vídeos históricos no YouTube5000 acessosLemmy e David Bowie: montagem mostra encontro que nunca aconteceu

Sobre Rafael Carnovale

Nascido em 1974, atualmente funcionário público do estado do Rio de Janeiro, fã de punk rock, heavy metal, hard-core e da boa música. Curte tantas bandas e estilos que ainda não consegue fazer um TOP10 que dure mais de 10 minutos. Na Whiplash desde 2001, segue escrevendo alguns desatinos que alguns lêem, outros não... mas fazer o que?

Mais matérias de Rafael Carnovale no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online