Resenha - Full Bluntal Nugity - Ted Nugent

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Thiago Sarkis
Enviar correções  |  Ver Acessos

Nota: 9


Esqueça a imagem estereotipada de Ted Nugent, com toda aquela balela patriótica americana. Siga então fazendo esforços nessa borracha mnêmica, e nem pense na publicação "Married To A Rock Star" (2003), livro de autoria da mulher do astro, Shemane. Por último, o mais difícil, ignore a união dos dois para escrever "Kill It Grill It Cookbok" (2002), registro de experiências em caça e culinária. Enfim, por mais grotescas que as atividades paralelas possam "parecer", não leve isso em conta e ouça apenas a música e vibração de "Full Bluntal Nugity".

Ted Nugent: se Elvis ou Hendrix fossem caçadores ainda estariam vivosAutismo: rockstars famosos autistas, ou com suspeita de autismo

Atenção: desnecessária. Modo ideal de ouvir o disco: acordado, dormindo, transando, brigando, assistindo palestra, aula, virado de cabeça pra baixo, batendo bola, lendo, fazendo o que você quiser. Os efeitos: obviamente dependerão de cada sujeito, mas certamente, se você curte rock 'n' roll e está lendo essa resenha, facilmente se exaltará ouvindo essa grande gravação ao vivo.

Doze dos maiores clássicos da carreira do "caveman" que dá tudo de si nas apresentações, deixando clara a sua total sintonia com o público e acompanhado por Marco Mendoza no baixo e Tommy Aldridge na bateria.

Uma introdução 'instrumental' um pouco repetitiva, mas de efeito eficaz no início, chamada "Klstrphk", e "Cat Scratch Fever", "Yank Me Crank Me", "Motorcity Madhouse" no máximo que se poderia esperar, entre outras músicas inesquecíveis de Nugent. Tá aí um cara das antigas, mas vivo e enérgico - atenção produtores - que chamaria um público, no mínimo, bom, e levaria os brasileiros categoricamente à loucura.

Site Oficial: http://www.tednugent.com

Line-Up:
Ted Nugent (Vocais - Guitarras)
Marco Mendoza (Baixo)
Tommy Aldridge (Bateria)

Lançamento no exterior pela Spitfire Records - 2001




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Ted Nugent"


Ted Nugent: se Elvis ou Hendrix fossem caçadores ainda estariam vivosTed Nugent
Se Elvis ou Hendrix fossem caçadores ainda estariam vivos

Ted Nugent: fotos de caçada com Kid Rock - imagens fortesTed Nugent
Fotos de caçada com Kid Rock - imagens fortes

Ted Nugent: não estou no Rock Hall Of Fame porque mato animais inocentesTed Nugent
"não estou no Rock Hall Of Fame porque mato animais inocentes"


Autismo: rockstars famosos autistas, ou com suspeita de autismoAutismo
Rockstars famosos autistas, ou com suspeita de autismo

AC/DC: A origem do nome da bandaAC/DC
A origem do nome da banda


Sobre Thiago Sarkis

Thiago Sarkis: Colaborador do Whiplash!, iniciou sua trajetória no Rock ainda novo, convivendo com a explosão da cena nacional. Partiu então para Van Halen, Metallica, Dire Straits, Megadeth. Começou a redigir no próprio Whiplash! e tornou-se, posteriormente, correspondente internacional das revistas RSJ (Índia - foto ao lado), Popular 1 (Espanha), Spark (República Tcheca), PainKiller (China), Rock Hard (Grécia), Rock Express (ex-Iugoslávia), entre outras. Teve seus textos veiculados em 35 países e, no Brasil, escreveu para Comando Rock, Disconnected, [] Zero, Roadie Crew, Valhalla.

Mais matérias de Thiago Sarkis no Whiplash.Net.

adClio336|adClio336