Matérias Mais Lidas

imagemA fundamental diferença entre Paulo Ricardo e Schiavon que levou RPM ao fim

imagemSystem of a Down: por que Serj Tankian não joga mais nenhum vídeo game?

imagemRoger Daltrey revela a música "amaldiçoada" que o The Who não toca mais ao vivo

imagemEvanescence anuncia a saída da guitarrista Jen Majura

imagemLars Ulrich diz que shows do Metallica na América do Sul foram incríveis

imagemKiko Loureiro defende surgimento de banda que seria "Greta Van Fleet do Iron Maiden"

imagemOzzy Osbourne diz que está bem aos 73 anos, mas sabe que sua hora vai chegar

imagemRitchie Blackmore revela como o impactou a chegada de Jimi Hendrix na Inglaterra

imagemOzzy Osbourne dá sua opinião sobre o streaming e dispara contra Spotify; "É uma piada"

imagemA visão de Arnaldo Antunes sobre sua timidez no período da adolescência

imagemSe vira nos 30: Andre Matos tomou cano de produtor e fez milagre pra agradar fãs

imagemVinte excelentes músicas do Iron Maiden escritas pelo "chefe" Steve Harris

imagemRobert Trujillo conta como uma abelha e "migué" quase causaram treta com James Hetfield

imagemFreddie Mercury revelou em 1985 como foi conciliar carreira solo e o Queen

imagemO clássico dos Rolling Stones que levou mais de 30 anos para ser tocado ao vivo


Stamp

Resenha - Puritanical Euphoric Misanthropipa - Dimmu Borgir

Por Rodrigo Simas
Em 19/09/01

Nota: 9

Agora com um line-up de botar respeito em qualquer outra banda, com Shagrath (vocais), Silenoz (guitarras), Galder (guitarras, também do Old Man’s Child), Mustis (teclados), Vortex (baixo-vocais) e Nicholas (bateria, ex- Cradle Of filth), o Dimmu Borgir lança esse Puritanical Euphoric Misanthropia, apresentando um grande trabalho, uma obra-prima do black metal que com certeza fará com que o nome do grupo cresça ainda mais, mostrando que Black Metal pode ser ouvido por qualquer tipo de pessoa (não apenas as que ouvem só Black Metal), tamanho a qualidade do CD, das composições, da produção e do talento individual dos músicos.

É impressionante a agressividade de cada faixa, e se formos analisa-las isoladamente, temos em todas um nível muito acima da média, com riffs matadores e um peso absurdo.

Impossível ficar com o pescoço parado com músicas como "Blessings Upon The Throne Of Tyranny" (maravilhosa!!!) ou com a poderosa "Hybrid Stigmata", que tem um dos melhores riffs do CD.
A bateria de Nicholas também nunca foi tão bem aproveitada, nem nos tempos do Cradle Of Filth, mostrando muito serviço (ouça "Kings Of The Carnival Creation", parece uma metralhadora), com certeza conquistando seu lugar na banda.

Os vocais limpos de Vortex se contrapondo aos urros de Shagrath funcionaram maravilhosamente bem, dando um clima diferente nas músicas e adicionando um sal às composições .

Outros destaques ficam por conta da ultra-pesada "Indoctrination" , da excelente "The Maelstrom Mephisto" (mais uma vez destaque para a bateria e Nicholas) e da não menos boa "Sympozium", com uma melodia feita pelo teclado muito legal.

O encarte, já meio clichê, mostra aquelas fotos no estilo mais brega possível "sou-metaleiro-fodão-e-quero-transar-com-o-demônio", mas nem tudo é perfeito né? Um passo a frente na carreira do Dimmu e mais um CD obrigatório na discografia de qualquer fã de música pesada.

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Wacken: TV alemã posta retrospectiva da edição de 2007 do festival com muitos showsWacken: TV alemã posta retrospectiva da edição de 2007 do festival com muitos shows

Membros do Dimmu Borgir e Behemoth vão do rock ao punk em single do Black River

Metal sinfônico: os 25 melhores álbuns do estilo, em lista da Metal HammerMetal sinfônico: os 25 melhores álbuns do estilo, em lista da Metal Hammer

Rammstein: e se Du Hast fosse tocada por Slipknot, Immortal, Ghost, AC/DC e outros?Rammstein: e se "Du Hast" fosse tocada por Slipknot, Immortal, Ghost, AC/DC e outros?




Sobre Rodrigo Simas

Designer, carioca e tricolor. Começou a ouvir música aos 11 anos, com Iron Maiden, Metallica e Rush. Tem como hobby quase profissional, a música. Além de produzir shows e eventos, trabalhou por 5 anos em loja especializada em Heavy Metal, e já escreveu para alguns sites e revistas de música. Hoje escuta de tudo um pouco, e cada vez mais descobre que existem apenas dois tipos de música: a boa e a ruim, independente do estilo. Bandas e artistas favoritos: Dave Matthews Band, Peter Gabriel, Rush, Iron Maiden, Led Zeppelin, Ben Harper, Radiohead, System of a Down... e a lista continua...

Mais informações sobre

Mais matérias de Rodrigo Simas.