Glenn Tipton: cinco grande momentos da carreira.

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Ivison Poleto dos Santos
Enviar correções  |  Ver Acessos

No calor do momento, ainda absorvendo as notícias de sua aposentadoria, aqui vai uma lista dos cinco melhores da carreira de um dos mais representativos guitarristas do HM.

Duff McKagan: "Nikki Sixx, do Motley Crue, é um gênio!"Separados no nascimento: Ritchie Blackmore e Mr. Bean

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Glenn Tipton, como é sabido, não é nenhuma virtuose da guitarra, não frita, não toca quinhentas mil notas por segundo, não fica se mostrando ou se achando, enfim um cara que toca para banda e a banda brilha mais que ele. Mas, ter sido a mente criativa de uma das maiores bandas de todos os tempos não é para qualquer um.
Aqui vão os cinco melhores momentos da sua carreira:

Nº 1 - Solo em "Beyond the Realms of Death"

Se existe o tal solo perfeito, é este! É como se fosse encaixado como uma história dentro da música. Perceba como Tipton aproveita os pontos altos da música e toca o solo em uma emoção crescente que vai terminando vagarosamente. Obra prima.

Nº 2 - Riff de guitarra em "Screaming for Vengeance"

6 entre 5 thrashers citam o Judas Priest como inspiração. Esta música é a razão de tudo isso. Ácida, rápida, forte, e afiada. Metal extremo antes do metal extremo.

Nº 3 - Solo, riff, e tudo em em "Painkiller"

"Painkiller" é o álbum que restaurou a ordem natural das coisas devolvendo o "Priest" ao lugar que merece e do qual nunca deveria ter saído. Não por causa somente dos arpejos, ou do riff de guitarra matador, mas tudo que envolve a música.

Nº 4 - Riff de guitarra em "Breaking the Law"

Esse mundo realmente não é justo. Muitos falam do riff de "Smoke on the Water", da introdução de "Stairway to Heaven", mas nada sobre um dos mais simples, porém efetivos e icônicos riffs de guitarra.

Nº 5 - Versão acústica de "Diamonds and Rust"

Confesso que só conhecia a versão de estúdio. Porém, num show de 2009 (acho) escutei a versão acústica. Foi de ficar vidrado.




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por escolha do autor os comentários foram desativados nesta nota.


Todas as matérias da seção MatériasTodas as matérias sobre "Judas Priest"Todas as matérias sobre "Glenn Tipton"


Rob Halford: Heterossexuais não conseguem cantar no JudasRob Halford
"Heterossexuais não conseguem cantar no Judas"

1º de abril: Rob Halford desafia Brent Hinds para um duelo1º de abril
Rob Halford desafia Brent Hinds para um duelo


Duff McKagan: Nikki Sixx, do Motley Crue, é um gênio!Duff McKagan
"Nikki Sixx, do Motley Crue, é um gênio!"

Separados no nascimento: Ritchie Blackmore e Mr. BeanSeparados no nascimento
Ritchie Blackmore e Mr. Bean


Sobre Ivison Poleto dos Santos

Veterano das guerras metálicas. Pesquisador, escritor, resenhista, músico frustrado (por isso tudo o anterior). Ao contrário da opinião comum, acho que o melhor do Metal ainda está por vir e que existem grandes bandas novas por aí. Só procurar. No meu caso elas vêm até mim.

Mais matérias de Ivison Poleto dos Santos no Whiplash.Net.

Goo336x280