João Gordo: "Velho, o rock está morrendo!"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Bruce William, Fonte: Jornal Opção
Enviar correções  |  Comentários  | 

“Cara, eu sou um senhor de 53 anos. O João Gordo do Crucificados era um moleque de 20 anos completamente louco e ignorantão, tá ligado?”. Esse é o mote da conversa de João Gordo (Ratos de Porão) com Augusto Diniz (365 Shows), publicada no Jornal Opção, leia abaixo alguns trechos:

808 acessosRatos de Porão: entrevista 40 anos de Punk Rock5000 acessosMarilyn Manson: "perdi tudo por causa de Columbine"

O punk tem força no Brasil principalmente em um momento de luta contra a Ditadura, de reabertura e retomada de direitos civis, políticos e liberdade para sociedade de forma geral. Como que o hardcore e punk hoje podem protestar, ainda mais com cenário atual?

Cara, hoje em dia, velho, não tem muito o que se fazer, tá ligado, meu? Com música. Quem escuta esse tipo de som é a minoria. Não tem muito público. Ainda mais música tipo o Ratos, saca, meu? O moleque novo aí que monta uma banda nova, tá ligado, e vai penar para crescer, tem a divulgação toda, sacou, meu? Mas não rola, cara. A nossa visão daquela época a gente era influenciado pelo o que estava acontecendo.

As letras do Ratos, cara, eu falo do que está acontecendo ao meu redor. E a partir de agora, desse disco Século Sinistro para cá, eu tenho muito material para escrever, cara. Muito assunto, muita coisa doida, tá ligado, que eu não pus em prática porque eu não sentei pra escrever. Mas o padrão político que se volta ao meu lado e os bagulhos sociais, cara, que me influenciam a escrever e fazer nosso tipo de protesto que de algum modo abrem os olhos de um monte de gente.

Então o próximo disco já está no forno?

Cara, a pior coisa do mundo é o Ratos ensaiar, cara. Cada um mora em um canto, cada um tem família, meu, e é difícil a gente ensaiar. Então a gente vai lançar um compacto agora com umas músicas do Terveet Kädet (Finlândia), cara. Mas para sentar e fazer música vai demorar um pouco.

É um século sinistro não só na política mas na música, principalmente para o rock no momento que o mercado musical vive?

Velho, o rock está morrendo, cara. Na hora que morrerem os dinossauros. Vai morrer o Ozzy (Osbourne), vão morrer os Led Zeppelin, vão morrer todos os AC/DC, aí vai morrer o Queen, já começa a morrer os punks. E aí eu morro e morre o Max Cavalera. Vai sobrar quem, meu irmão?

Leia a matéria na íntegra no link abaixo.
http://www.jornalopcao.com.br/opcao-cultural/365-shows/joao-...

Comente: Desesperador, não?

Por que destacamos matérias antigas no Whiplash.Net?

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Ratos de PorãoRatos de Porão
João Gordo explica por que trocaram o Punk pelo Metal

808 acessosRatos de Porão: entrevista 40 anos de Punk Rock1395 acessosCalendário Veg: Rockeiros vegetarianos em campanha pela adoção1187 acessosVinil: inaugurada em São Paulo uma nova fábrica de discos2265 acessosRatos de Porão: vídeo clipe para "Sangue e Bunda"0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Ratos De Porao"

João GordoJoão Gordo
Eu sou punk, mas não sou o Sid Vicious

Heavy MetalHeavy Metal
As dez melhores bandas sul-americanas do gênero

Dinho Ouro PretoDinho Ouro Preto
Scorpions, Rory Gallagher, Uriah Heep, Iron Maiden e outros

0 acessosTodas as matérias da seção Matérias0 acessosTodas as matérias sobre "Ratos De Porao"


Marilyn MansonMarilyn Manson
Ele ganharia o Grammy por incitação a mortes

RushRush
Um Adeus Aos Reis

Iron MaidenIron Maiden
Caipiras finlandeses fazem versão de "The Trooper"

5000 acessosAC/DC: os últimos dias do vocalista Bon Scott5000 acessosVocalistas: algumas das grandes vozes do rock5000 acessosHard Rock - Aqueles que ficaram para trás - Parte 15000 acessosLoudwire: site elege as melhores músicas de Metal de 20135000 acessosHendrix: médico diz que tese de assassinato é plausível5000 acessosMegadeth: "somos todos parte do Metallica de alguma forma"

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, nos links abaixo:

Post de 17 de abril de 2017
Post de 16 de maio de 2017


Sobre Bruce William

Bruce William pensava em ser um motoqueiro rebelde mas descobriu que é um Wieder Blutbad nerd apaixonado por uma Fuchsbau. Avy jorrāelan, CatW!

Mais matérias de Bruce William no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em junho: 1.119.872 visitantes, 2.427.684 visitas, 5.635.845 pageviews.

Usuários online