The Black Keys: a novidade que vale a pena

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por David Oaski, Fonte: Ideologia Rock
Enviar correções  |  Comentários  | 

O The Black Keys é uma dupla norte americana, formada pelo guitarrista e vocalista Dan Auerbach e pelo baterista Patrick Karney, em 2001.

5000 acessosHeavy Metal (o filme): trilha sonora do caralho!5000 acessosExcessos: como os rockstars gastam os seus milhões

A banda possui sete discos lançados e faz um som muito competente, muitas vezes rotulado como blues rock, além disso, são comumente comparados ao White Stripes, devido ao fato de serem uma dupla e não possuírem um baixista na sua formação original.

Os dois primeiros lançamentos: “The Big Come Up” e “Thickfreakness” foram gravados de forma independente pela banda, porém tiveram boa repercussão no cenário underground americano. Já no terceiro álbum, o duo começa a alcançar maior popularidade e reconhecimento considerável, lançado em 2004, “Rubber Factory” emplacou músicas em trilhas de filmes e games diversos. Manteve a constância em “Magic Potion” lançado em 2006, emplacando novos hits e passando a abrir shows de grandes bandas, como Pearl Jam e Radiohead. Já no quinto álbum, “Attack & Release”, lançado em 2008, a banda atingiu o 14º lugar na Billboard 200, mostrando que o cenário underground já não era o suficiente para o talento da dupla.

A coisa ficou realmente grande, com o lançamento de “Brothers”, em 2010, ali finalmente o Black Keys firmava seu nome na música atual, hits como “Next Girl”, “Tighten Up” e “Howlin’ For You” repercutiram bem e tiveram videoclipes com boa veiculação na MTV, além dos sucessos o álbum é composto somente de canções excelentes, calcadas no blues, com influências claras de rock clássico, sem soar datado ou retro, como outras bandas chatíssimas contemporâneas a eles fazem. Esse disco mostra que uma banda pode beber numa fonte antiga, sem deixar de soar original e criativa. Vale lembrar, que o disco foi presença certa em quase todas as listas de melhores álbuns de 2010, tendo em muitas delas, ocupado o primeiro lugar.

A dupla é muito prolífica e não perdeu tempo, um ano após o lançamento do ótimo disco citado, lança em 2011 “El Camino”, outro álbum sensacional, que lançou como primeiro single “Lonely Boy”, seguido pela excelente “Gold On The Ceiling” e conta novamente com grandes canções. Como no ano anterior, o disco figura entre os principais do ano de 2011.

O Black Keys vem voando baixo e pedindo passagem a algum tempo no mundo do rock, porém ainda são rotulados em muitos veículos como indie rock, cujo significado até hoje não sei ao certo qual é, só sei que indie tem origem de independente, porém o preconceito em torno desse som é muito grande e muitos amantes do rock passam longe deste excelente som, devido a um simples rótulo. Sinceramente, não sei o que é pior, quem se preocupa em rotular ou quem deixa de ouvir algo por causa disso. Enfim, quem ouvir, dificilmente não irá gostar.

Vale um destaque também para o guitarrista Dan Auerbach, um daqueles caras te faz viajar com o som do seu instrumento, é definitivamente um dos melhores guitarristas do rock atual, ao lado de Josh Homme e Jack White.

Se você ainda não havia ouvido falar no The Black Keys, pesquise e baixe o disco “Brothers” e verá que nesse caso não é exagero da imprensa especializada, o som é incrível, criativo e moderno, sem perder a pegada rock n’ roll da parada. Caso já tenha ouvido falar e virado o nariz, preste mais atenção, longe das amarras do ouvido e verá que é um som de altíssima qualidade feito bem diante do nosso nariz, no nosso tempo.

É raro quando ouvimos falar em novidades no mundo da música notarmos algo realmente novo naquilo, tendo em vista que já apareceram umas quarenta ‘salvações do rock’, mas nesse caso o termo é totalmente válido, pois o que esses dois caras fazem é som da mais alta qualidade e sim, é pra tudo isso mesmo. E antes de achar que é indie, metal, hard ou hardcore, que tal ouvir o som? Não custa nada e, no máximo, você vai excluir o arquivo ou quem sabe ganhar uma grande dose de diversão com um novo som.

David Oaski

Disponível também em:

http://rockideologia.blogspot.com/2012/08/a-novidade-que-val...

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, no link abaixo:

Post de 04 de agosto de 2012

0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Black Keys"

Rolling StoneRolling Stone
Revista elege sete hinos para sete décadas de rock

The Black KeysThe Black Keys
Baterista Patrick Carney detona o Van Halen

Black KeysBlack Keys
"Rock está morrendo e a culpa é do Nickelback"

0 acessosTodas as matérias da seção Matérias0 acessosTodas as matérias sobre "Black Keys"

Heavy MetalHeavy Metal
Universo em fantasia; uma trilha sonora do caralho!

ExcessosExcessos
Como os rockstars gastam os seus milhões

Black SabbathBlack Sabbath
Décadas depois a participação de Gillan causa espanto

5000 acessosMegadeth: Mustaine fala sobre satanistas, gays e gatos5000 acessosHall Of Fame: 500 Músicas Que Marcaram o Rock and Roll5000 acessosDe AC/DC a ZZ Top: Origens dos nomes de bandas e artistas de rock5000 acessosChris Cornell: cantor usou aparelho de escalada para tirar a vida5000 acessosBabymetal: O "kawaii metal" que conquistou o planeta5000 acessosRonnie James Dio: o insistente uso de "Night" pelo vocalista

Sobre David Oaski

David Oaski é editor do blog Ideologia Rock, colunista do site Stereo Pop Club e colabora frequentemente com os sites Galeria Musical e Whiplash, além de já ter escrito para outras plataformas online. Amante de música (principalmente rock) independente de rótulos, escreve por hobby e para exercitar o senso crítico.

Mais matérias de David Oaski no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online