Miasthenia

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Enviar correções  |  Comentários  | 

Release Oficial

Cavalgando nos confins do limbo e aclamando com orgulho pagão, os Lobos sulamericanos marcham com ódio e paixão, fazendo entoar rumores de guerra, uma supremacia perdida e sua horda de seres invisíveis!!! Na escuridão de fins de 93 a horda Miasthenia surge da idealização de 3 Lobos pagãos. Então uma cruzada contra o deus cristão, invasor de outrora, é lançada com o primeiro opus gravado - uma Reh tape chamada "Para o encanto do Sabbat", em uma atmosfera sombria, contendo passagens mitológicas sem o uso de teclados, mas com um expressivo toque profundo de guitarras (por Hécate) e vocais (Vlad)... São 4 Hinos impuros pagãos para o glória da antiga bruxaria e obscuros mitos de eras passadas, eras de mitológica supremacia. Este tape obteve uma boa aceitação.

5000 acessosMais Alto!: A diferença entre headbangers e humanos comuns5000 acessosFoo Fighters: Pelo Twitter, banda responde ao vídeo viral

Sobre os céus cinzentos do ano de 96, trágicas criaturas de formas extasiantes e mitológicas trazem inspiração para o lançamento de "Faun - Trágica Música Noturna", uma demo gravada sob uma bela produção; até o momento um extremo e pesado opus. Com o uso de teclados (por Hécate) em fria e majéstica atmosfera, revelando um sentimento profundo. São 3 Hinos de supremo Southern Black Pagan Metal para a glória de antigas crenças e oculta mitologia em fascinação. Liricamente "Faun..." evoca temas ancestrais de criaturas das florestas, mestres da trágica música e severos horizontes de infernais domínios. "Faun - Trágica Música Noturna" foi gravado na forma de demo em apenas 100 cópias pela Sound Riot productions em 96, obtendo uma excelente crítica na cena underground Black Metal mundial. Nestes momentos Mist entra para a saga, tocando baixo (gravados por Hécate em "Faun...").

Em 97 a Evil Horde rec. apresenta uma proposta ao Miasthenia, de gravar "Faun - Trágica Música Noturna" em um Split CD, junto à banda carioca Songe D'Enfer (outra brilhante banda da cena brasileira). Este Split "Visions of Nocturnal Tragedy" contem duas demos de expressiva arte Black Metal brasileira.

Suas inspirações advém do mais obscuro e antigo paganismo latino-americano, o cálice de segredos míticos e uma arte de guerra contra toda a cristandade, sentimentos que envolvem a limbonica arte. O paganismo ancestral surge em seus horizontes revelando um lado humano bastante esquecido, o da imaginação livre e criadora, onde o mítico possui exaltação, as formas de vida passadas pagãs, cultos à natura e aos prazeres humanos. A banda exalta também em suas composições as formas reais e imaginárias de resistências pagãs em nosso continente em meados dos séculos XVI, mitos de guerra e relatos do fim, além dos antigos mitos incaicos, astecas, maias e Makús (Brasil) sobre o cosmos e o caos. "Tempos ancestrais, onde nossas almas pereceram, heróis do fogo e da guerra. Trágico hino entoamos..."

Com uma postura contestadora, o Miasthenia segue também como uma horda de apoio à rebeldes e guerrilheiros latino-americanos, ligados ao místico ou antigas tradições pagãs, e aqueles que lutam ainda hoje contra a tirania e preceitos cristãos, heranças de uma conquista e colonização sangrenta, que ainda se esforçam em corromper identidades e a integridade latino-americana. Neste sentido, uma coletânea de textos & poemas - Mictlan Resistência Pagã - é editado por membros da banda, onde buscam promover contatos e diálogos com grupos de apoio, estudiosos e resistentes pagãos, além de obscuros poetas e escritores.

Durante o ano de 99 e o primeiro semestre de 2000, com Hécate (vocal/teclado/violão), Mictlantecutli (batera), Thormianak nas guitarras e Mist no baixo, a banda esteve preparando um novo opus pagão, em composições que ressaltam uma atmosfera de sangue e guerras de conquista, antigas batalhas em terras sulamericanas pela honra e cultura pagã no século XVI, narrando sagas e suas profundas visões dos tempos e da alma, suicídio e morte, habitantes de eras perdidas. Criando uma atmosfera poética de reflexões e sentimentos sobre antigos valores incaicos, onde soam um clima forte, trágico e melancólico. Este novo trabalho intitulado "XVI", que conta agora com o apoio da Somber Music rec., uma gravadora que tem se revelado bastante promissora no cenário nacional, será lançado em novembro de 2000, um trabalho que merece ser conferido pelos reais apreciadores do Black Pagan Metal.

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Miasthenia"

0 acessosTodas as matérias da seção Matérias0 acessosTodas as matérias sobre "Miasthenia"

Mais Alto!Mais Alto!
A diferença entre headbangers e humanos comuns

Foo FightersFoo Fighters
Pelo Twitter, banda responde ao vídeo viral

Capas de álbunsCapas de álbuns
As mais obscuras e marcantes da história

5000 acessosUncut Magazine: fãs elegem as 10 melhores músicas do Pink Floyd5000 acessosDuff McKagan: "Justin Bieber é um roqueiro de verdade!"5000 acessosSimone Simons: a nudez na capa de Divine Conspiracy5000 acessosGuns N' Roses: os Jovens Pistoleiros, sexo, drogas e RnR3925 acessosHeavy Metal: as dez melhores bandas sul-americanas do gênero3989 acessosExodus: "A Portuguesa do thrash metal", diz matéria da Veja

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online