Matérias Mais Lidas

imagemA bizarra exigência de Ace Frehley para participar da última turnê do Kiss

imagemMax Cavalera revela como "selou a paz" com Tom Araya, vocalista do Slayer

imagemO grave problema do refrão de "Eagle Fly Free", segundo Fabio Lione

imagemPink Floyd: Gilmour nega alegação de Waters sobre "A Momentary Lapse of Reason"

imagemEngenheiros do Hawaii e as tretas com Titãs, Lulu Santos, Lobão e outros

imagemLobão explica porquê todo sertanejo gostaria, no fundo, de ser roqueiro

imagemEdu Falaschi descobriu que seu primo famoso tem mais seguidores que ele no Instagram

imagemGregório Duvivier: "Perto de Chico Buarque, Bob Dylan é uma espécie de Renato Russo!"

imagemDave Mustaine cutuca Kiss e bandas "preguiçosas" que usam playbacks

imagemAC/DC: Angus Young conta como é para ele o antes, o durante e o depois de um show

imagemIggor Cavalera diz que reunião da formação clássica do Sepultura seria incrível, mas...

imagemMax Cavalera diz quais foram os dois discos mais difíceis que já gravou

imagemA categórica opinião de Dave Mustaine sobre religião "abusiva e falsa" de sua mãe

imagemRush: Geddy Lee comenta as dificuldades da gravação de "Hemispheres"

imagemBenny Anderson toca música do Foo Fighters por ter visto Dave Grohl homenageando Abba


Stamp

Nelson

Por Allan Jones
Em 06/04/06

O Nelson se resume aos irmãos Mathew e Gunnar Nelson. Nascidos em setembro de 1967, os dois são filhos de Rick Nelson, um rockeiro das antigas.

Eles cresceram com a música e desde pequenos já sabiam tocar seus instrumentos. Enquanto um caía mais para o lado dos harmônicos (Violão, baixo, guitarra) o outro preferia a bateria. Os dois sempre souberam cantar muito bem.

Seu primeiro contato com a música profissional foi como backing vocals no disco das The Point Sisters na década de 80. Mas estava na cara que não era isto que os irmão queriam, tanto que na adolescência eles se juntaram à banda Strange Argent. O Strange Argent não durou muito com este nome.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Após um tempo sem conseguir grandes resultados a banda foi apadrinhada (adivinhe por quem?) e mudou seu nome para Nelsons (adivinhe por quê?). Apesar de estarem recebendo uma forcinha extra, a banda ainda estava muito crua e por esta razão não conseguia grandes resultados.

Em 1990, a banda tirou o nome do plural e deixou apenas como Nelson, e com este nome recebeu uma proposta da Geffen. Neste ano, os gêmeos já eram bastante conhecidos nas cidades próximas a onde residiam, já que os rapazes eram muito vaidosos, tinham belos e longos cabelos loiros e andavam vestidos de maneira impecável.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

A gravadora lançou o single "(Can't Live Without) Your Love And Affection" que foi muito bem recebido. As FMs começaram a tocar a canção que chegou ao número 1 das paradas. O disco quando foi lançado ficou por meses no Top 20 americano. Mesmo com o declínio do hard rock americano, a banda conseguia vender bem e levava um bom público aos seus shows.

O próximo passo se chamaria "After the Rain", e trazia a balada "Only time will tell" que tornou-se um grande sucesso em terras tupiniquins. Para se ter uma idéia esta música tocou mais aqui do que na América.

Nelson caiu na estrada novamente. A banda de apoio dos irmãos contava com o ex-Vinnie Vincent Invasion, Bobby Rock na bateria.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Após o período de incertezas que o hard rock viveu, em 1995 os irmãos jogaram mais um álbum na praça. O disco chamado "Because they Can" (Porque eles podem) foi completamente ignorado por todos. O público que eles haviam conquistado havia desaparecido, e os padrinhos que a banda tinha haviam lavado suas mãos.

Eles passaram o resto dos anos 90 no ostracismo. Raramente o rádio tocava suas canções e mais raramente ainda a MTV exibia seus clips.

Em 2001, houve o retorno... mas ao contrário da maioria das bandas de hard, eles não voltaram no mesmo estilo. Apresentando um visual que beira o ridículo, os irmão pareciam uma cópia oxigenada dos irmãos Galagher (Oasis).

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

A banda voltou a usar o nome no plural e o aumentou, agora atendendo por The Nelson Brothers. Seu disco de retorno é o que podemos considerar uma piada, já que eles tentam fazer uma mistura de Country com Rock... você deve imaginar que seja algo como o que o Cinderella já fez, mas perca as esperanças, pois existe uma diferença muito grande de som e de talento.

Os rapazes atualmente vem fazendo apresentações em clubes e cassinos em Las Vegas e nem de longe lembram aqueles músicos que outrora aqui no Brasil foram apelidados de "paquitas" do rock.

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Airbourne 2022
publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Bobbie Brown: a vida mundana e devassa da musa mor do hard rock

Heavy Metal: 10 vídeos involuntariamente engraçados



Sobre Allan Jones

É carioca, tem 23 anos e ouve rock desde pequeno. Suas principais influências são dos anos 70 e 80. Fez vários trabalhos relacionados ao rock, desde programas de rádio até promoção de eventos. Além disso, é músico e também faz trabalhos relacionados ao teatro. Oficialmente trabalha para a secretaria de fazenda de uma prefeitura de um município do Rio. Atistas prediletos: Kiss, Alice Cooper, Van Halen, Todd Rundgren, Asia, Kansas, Journey e as bandas do cenário do hard oitentista.

Mais matérias de Allan Jones.