Eliminator: Thrash/speed metal na linha da escola alemã

Resenha - Breaking the Wheels - Eliminator

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Por Junior Frascá
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 8

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.

Imagem
O ELIMINATOR foi formado no ano de 2006, na cidade de Edison, New Jersey, e já no ano de 2008 lançaram este seu primeiro disco, após duas demos muito bem recebidas no underground mundial.
Regis Tadeu: dez artistas que nunca vieram ao BrasilBullet For My Valentine: Baterista conta o inferno que é abrir para o Iron Maiden

Você, meu amigo leitor, procura por modernidade ou inovações musicais? Então passe bem longe do ELIMINATOR, pois a banda não irá satisfazer seus anseios. Mas se o seu negócio é música pesada da mais alta qualidade, feita de fã para fã, e que remete totalmente aos primórdios do estilo, então encontrará aqui momentos de muita diversão.

Tudo neste lançamento remete aos anos 80, desde a música tocada, a qualidade da gravação e toda a arte gráfica envolvendo o trabalho. Inclusive, a capa do CD (bem perturbadora para quem não gosta de palhaços) é mais um trabalho do mestre Ed Repka, famoso por este estilo de arte.

E o som da banda é um thrash/speed metal “old school” ultra rápido e agressivo, na linha da escola alemã, tendo como influências principais SODOM e KREATOR, com riffs cortantes, cozinha veloz e um vocal agonizante que parece vir direto das profundezas, com forte influência de black metal. Lembram um pouco o que os noruegueses do NOCTURNAL BREED e os americanos do MERCILESS DEATH tem feito ultimamente, mas sem perderem sua personalidade.

Os caras já começam quebrando tudo com a destruidora “World Obliteration”, com riffs rapidíssimos, feitos para destroçar os pescoços mais resistentes. Na sequência, a faixa título, melhor música do trabalho, mostra todo o potencial do grupo, sendo difícil não se empolgar com tamanha agressividade. A épica “Prescription for Extinction... Time Enough at Last”, que encerra o trabalho, também é matadora, com riffs e solos muito consistentes, e com um clima muito obscuro, com quase 10 minutos de pura brutalidade musical. E todas as demais faixas mantém este pique rápido e agressivo, sem espaços para concessões ou qualquer elemento, por menor que seja, de modernidade.

E a versão européia do disco ainda vem com um CD-R com uma demo da banda, com duas faixas que parecem ter sido gravadas ao vivo, e não há qualquer informação adicional no encarte sobre estas gravações.

Se você é fã da velha escola do metal, principalmente da sua linha mais extrema, pode ir atrás deste álbum, e aprecie sem moderação.

Breaking the Wheels - Eliminator
(2008 – Ukragh Productions and Suffering Jesus Productions - Importado)

Track List:

1. World Obliteration
2. Breaking the Wheel
3. Holocaust War Metal
4. The Punisher
5. Disgust (Instrumental)
6. Service Your Leader
7. Prescription for Extinction... Time Enough at Last

http://www.myspace.com/eliminatorus

Quer ficar atualizado? Siga no Facebook, Twitter, G+, Newsletter, etc

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Eliminator"

Regis Tadeu
Dez artistas que nunca vieram ao Brasil

Abertura
Baterista reclama da recepção dos fãs dos Iron Maiden

Metallica
"Membros são mensageiros de Deus", diz pastor

VejaSP: momentos em que Ozzy Osbourne perdeu a noçãoMegadeth x Metallica: Conheça as duas versões da históriaMetallica: Ultimate Classic Rock elege as 10 piores músicasTOP 7: Bandas (NÃO TÃO) conhecidas da FinlândiaEdguy: "nunca disse que odeio os EUA", diz Tobias SammetSexo e Rock and Roll: músicas com conotação sexual

Sobre Junior Frascá

Junior Frascá, casado, é advogado, e apaixonado por heavy metal em todas as suas vertentes (em especial thrash, stoner, doom e power metal) desde seus 15 anos. Também é fã de filmes de terror e séries americanas, faz parte da equipe da revista digital Hell Divine e do site My Guitar, e é guitarrista da banda de metal tradicional MUD LAKE.

Mais matérias de Junior Frascá no Whiplash.Net.

Link que não funciona para email (ignore)

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online