Coletivo Rock ABC: Resenhas dos shows do Ratos de Porão e muito mais

Resenha - Ratos de Porão (Parque da Juventude Ana Brandão, Santo André, 04/08/2019)

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Alexandre Veronesi
Enviar correções  |  Ver Acessos

Não é de hoje que o Coletivo Rock ABC vem realizando um trabalho exemplar no que diz respeito a disseminação da música e cultura em geral na região do ABC Paulista, tanto na parte de divulgação de artistas, quanto na organização e realização de eventos. A mais recente empreitada do coletivo aconteceu no Parque da Juventude Ana Brandão, em Santo André, dia 04/08, em um show totalmente gratuito, encabeçado pelo lendário RATOS DE PORAO, e que contou também com as bandas DIZIKILIBRIU SPECIAL, AUTOVOID REDEMPTION, LETALL, AUDIOKAOS, IDADE DA PEDRA, CRANIAL CRUSHER, M.D.I., MOLLOTOV ATTACK e BLACKWALL, além de diversas opções de gastronomia, cervejas (inclusive artesanais) e acessórios relacionados ao Rock / Metal / Punk.

Ratos de Porão: João Gordo conta tudo sobre seu estado de saúdeDrogas e Álcool: protagonistas nos piores shows de grandes astros

Como não tive a oportunidade de acompanhar o evento desde o início, as 3 primeiras bandas infelizmente ficaram de fora desta matéria. Vamos aos shows:

CRANIAL CRUSHER

Formado no ano de 2010, em São Bernardo do Campo, o CRANIAL CRUSHER consiste no trio Renan (baixo e vocal), Lucas (guitarra) e Guilherme "Fruto" (bateria), que executa um som fortemente baseado no Thrash Metal/Crossover oitentista, de ícones como Vio-Lence, D.R.I. e Suicidal Tendencies. Em uma performance bastante enérgica e concisa, e banda apresentou um repertório com músicas dos seus 3 trabalhos lançados até então: o split "Cranial Attack" (2014), gravado ao lado da banda Cerberus Attack, e os EPs "Necrópole" (2016) e "Putrefakt" (2018); além de 2 covers certeiros que agitaram o público: "Justiça das Ruas", do Bandanos, e "Faces da Morte", clássico do Lobotomia.

01. Divinvs
02. Resistir Até O Fim
03. Justiça das Ruas (Bandanos)
04. Faces da Morte (Lobotomia)
05. Apocalipse Zumbi
06. Distopia
07. My Lai
08. Sozinho Para Morrer

IDADE DA PEDRA

O 'Stoner Rock/Metal' anda bastante em alta ultimamente, e neste evento tivemos duas 'pratas da casa' do estilo. A primeira foi o IDADE DA PEDRA, conjunto fundado em 2017, e formado por Leonardo Oliveira (vocal e guitarra), Ivan Miotto (guitarra), João Abamonti (baixo) e Bruno Furlani (bateria). Mesmo com pouquíssimo tempo de estrada, o quarteto mostrou grande consistência e visceralidade ao vivo, agradando e surpreendendo a todos os presentes. "Cabresto", "Debaixo da Pele", "Rosa Selvagem" e "Cocaína" foram algumas das bordoadas distribuídas ao público, que ía chegando gradativamente ao Ana Brandão.

01. Intro
02. Cabresto
03. Debaixo da Pele
04. Futilidade, Ignorância e Desprezo
05. Rosa Selvagem
06. Cocaína

AUDIOKAOS

Formado por Alexandre Tiossi (vocal e baixo), Anderson Giglio (guitarra) e Victor (bateria), o AUDIOKAOS veio na sequência despejando seu Crossover brutal, com boas influências do Thrash Metal e Hardcore mais tradicionais. As letras do trio são calcadas em críticas sociais diversas, como por exemplo "Lama Tóxica", que fala sobre a tragédia (criminosa) que assolou a cidade de Mariana (e Brumadinho, posteriormente); e "Poluição Química", que aborda o problema da famigerada Petroquímica, situada em Santo André. Outros destaques do set dos caras ficaram por conta de "Ódio", "O Inimigo" e "Decadência Humana".

01. Ódio
02. Sistema Consumista
03. O Inimigo
04. Manifestação (V.S.F.)
05. Desconecte
06. Lama Tóxica
07. Poluição Química
08. Decadência Humana

LETALL

O LETALL é uma banda que possui cerca de 4 anos de estrada, porém já conta com experiência de sobra, tendo 2 álbuns de estúdio na bagagem e um bom reconhecimento dentro da cena underground paulistana. Em seu line-up, estão os veternos Gepeto (vocal), Izaac Wagner (guitarra), Felipe Gigante (baixo e vocal) e Luciano "Faraó" Viana (bateria), que apresentam uma sonoridade Punk/Hardcore com interessantes nuances de diversos outros subgêneros do Rock n' Roll. O repertório, apresentado de forma bastante vigorosa, mesclou sons dos 2 trabalhos do grupo e empolgou a audiência, já bastante numerosa a esta altura do dia.

01. Fogo na Estrada
02. Mundo Líquido
03. Envenenados
04. Desumanizados
05. Enigmas
06. Alerta
07. No Campo da Ciência
08. 3000 Volts

AUTOVOID REDEMPTION

Uma das maiores revelações da nossa região nos últimos tempos, e o segundo representante do 'Stoner Rock/Metal' do evento, o AUTOVOID REDEMPTION definitivamente mostrou a que veio. Davi Calherani (vocal e guitarra), Fábio (baixo) e Rafael Marim (bateria) fizeram um dos melhores shows do dia, executando 3/4 das músicas presentes no EP "Special Place" (2018), além de outros petardos ainda não gravados, como "Bleed For Me" e "Tormented Minds". Ao final da apresentação, para a surpresa de todos, Fernando destruiu seu baixo ao melhor estilo 'rockstar badass', e o trio ainda ateou fogo ao instrumento (!!), deixando o palco completamente ovacionado.

01. My Choice
02. Riding High
03. Bleed For Me
04. No Doubt
05. My Joint
06. Tormented Minds

DIZIKILIBRIU SPECIAL (Special Cigarettes + Barata DZK)

A penúltima atração foi o DIZIKILIBRIU SPECIAL, grupo formado exclusivamente para este evento. Tião Batista (baixo) e Marceleza (guitarra), do Special Cigarettes, juntaram forças ao vocalista Barata para um tributo ao DZK (banda do cantor), grande ícone do Punk Rock nacional. Completaram o time Leonardo Oliveira (guitarra) e Bruno Furlani (bateria), membros do Idade da Pedra. Em meio a diversas rodas de 'pogo' (e sob os olhares atentos de Jão, guitarrista do Ratos), foram tocadas "Desespero", "Você Não Tem Consciência", Anarquizando o Sistema", entre outras. A trinca responsável pelo encerramento do show, "Cabeça Quadrada", "Por Que o Mundo é Assim" e "Filho da Civilização" (sendo esta uma canção inédita) contou com a participação especial de Rene Simionato, guitarrista do Torture Squad.

01. Desespero
02. Você Não Tem Consciência
03. Não Haverá Sobreviventes
04. Fome
05. Anarquizando o Sistema
06. Somos Todos Inocentes
07. Cabeça Quadrada
08. Por Que o Mundo é Assim
09. Filho Da Civilização

RATOS DE PORAO

Após alguns anos de ausência, o RATOS DE PORAO retornou ao ABC e se apresentou para um Ana Brandão absolutamente tomado por headbangers, punks, rockers e curiosos. Celebrando os 30 anos do lançamento do disco "Brasil" (infelizmente, mais atual do que nunca), o conjunto formado por João Gordo (vocal), Jão (guitarra), Juninho (baixo) e Boka (bateria) fez um show extremo e poderoso, como já é rotineiro em se tratando de RxDxPx. A noite de frio intenso foi incendiada por hinos como "Aids, Pop, Repressão", Beber Até Morrer", "Plano Furado Pt. 2", "Crianças Sem Futuro", "Vida Animal", "Terra do Carnaval" e "Herança". Logo após a execução da íntegra do disco aniversariante, o quarteto deixou o palco ao som de "Se Gritar Pega Ladrão", de Bezerra da Silva, rapidamente retornando para o 'encore', com as pedradas "Crocodila", "Sofrer", "Morrer", "F.M.I.", "Crucificados Pelo Sistema", e finalizando o apocalipse sonoro com "Obrigando a Obedecer", sem frescura e sem massagem, do jeitinho que tem que ser. Sem sombra de dúvidas, uma das maiores bandas do estilo em todo o mundo.

01. Amazônia Nunca Mais
02. Retrocesso
03. Aids, Pop, Repressão
04. Lei do Silêncio
05. S.O.S. País Falido
06. Gil Goma
07. Beber Até Morrer
08. Plano Furado Pt. 2
09. Heroína Suicida
10. Crianças Sem Futuro
11. Farsa Nacionalista
12. Traidor
13. Porcos Sanguinários
14. Vida Animal
15. O Fim
16. Máquina Militar
17. Terra do Carnaval
18. Herança
Se Gritar Pega Ladrão (Bezerra da Silva) (vinheta)
19. Crocodila
20. Sofrer
21. Morrer
22. F.M.I.
23. Crucificados Pelo Sistema
24. Obrigando a Obedecer




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato. Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Denuncie os que quebram estas regras e ajude a manter este espaço limpo.


Todas as matérias da seção Resenhas de ShowsTodas as matérias sobre "Ratos De Porao"


Ratos de Porão: João Gordo conta tudo sobre seu estado de saúdeRatos de Porão
João Gordo conta tudo sobre seu estado de saúde

Panelaço com João Gordo: X-EGG desconstruído com Arcanjo Ras (Chef André Buzo)Resenha - Crucificados pelo Sistema - Ratos de PorãoRatos de Porão: veja entrevista com Jão no programa Sem PautaPanelaço com João Gordo: Mac N' Cheese Vegano com Sistah Chilli [+18]Panelaço com João Gordo: Moussaka Vegana com Galãs FeiosPanelaço com João Gordo: couve flor & barbecue com Beto LeePorão do Rock: remarcado para outubro, festival anuncia novas atrações para 2019

João Gordo: Vocalista é internado pela terceira vez, mas está bemJoão Gordo
Vocalista é internado pela terceira vez, mas está bem

Panelaço com João Gordo: Wrap crudívero com EkenaUnderground Metal Fest: como foi o show dos Ratos sem Gordo nos vocaisPanelaço com João Gordo: Lasanha de Abobrinha com Eduardo Taddeo

Fernanda Young: João Gordo e Pitty reagem à morte da artistaFernanda Young
João Gordo e Pitty reagem à morte da artista

Ratos de Porão: veja entrevista de João Gordo no Sofá 89Panelaço: Fernando Haddad, Beatles, Purple, Zeppelin e veganismo

João Gordo: entrevista para Marília Gabriela na íntegraJoão Gordo
Entrevista para Marília Gabriela na íntegra

João Gordo: a quase-morte e a mudança de vidaJoão Gordo
A quase-morte e a mudança de vida

Dinho Ouro Preto: Scorpions, Rory Gallagher, Uriah Heep, Iron Maiden e outrosDinho Ouro Preto
Scorpions, Rory Gallagher, Uriah Heep, Iron Maiden e outros


Drogas e Álcool: protagonistas nos piores shows de grandes astrosDrogas e Álcool
Protagonistas nos piores shows de grandes astros

Freddy Frenzzy: O vocal que trocou Hard Rock por forró ostentaçãoFreddy Frenzzy
O vocal que trocou Hard Rock por forró ostentação

Eddie Van Halen: falando sobre o solo de Beat ItEddie Van Halen
Falando sobre o solo de "Beat It"

Motorhead: a opinião de Lemmy sobre Viagra, Hendrix e velhiceMotorhead
A opinião de Lemmy sobre Viagra, Hendrix e velhice

Metal Sucks: os melhores álbuns de metal do século 21Metal Sucks
Os melhores álbuns de metal do século 21

Nu-Metal: 10 trabalhos que definem as raízes do gêneroNu-Metal
10 trabalhos que definem as raízes do gênero

Kiss: de onde os palcos de Lady Gaga e McCartney vieram?Kiss
De onde os palcos de Lady Gaga e McCartney vieram?


Sobre Alexandre Veronesi

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.

adGoo336|adClio336