Marillion: um show sensacional no HSBC de São Paulo

Resenha - Marillion (HSBC Brasil, São Paulo, 11/10/2012)

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Débora Pertrini
Enviar correções  |  Comentários  | 

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.

Véspera de feriado com noite fria, chuvosa e trânsito caótico, não foram fatores para que o show da banda britânica Marillion, quinta feira (11), na casa de espetáculos HSBC, fosse desprovido de um bom público.

511 acessosMarillion: Misplaced Childhood em versão deluxe. Ouça Kailegh5000 acessosSlayer: Gary Holt é realmente um cara mal-agradecido

A ansiedade do povo é notória. Com pouco mais de 15 minutos de atraso, as luzes se apagam e a banda entra em cena. Os músicos surgem, porém falta um, e a voz de Steve Hogarth toma conta da casa sem o mesmo se mostrar à primeira vista. Os presentes o procuram, e eis que ele surge ao lado oposto do palco, no mezanino, abrindo com Splintering Heart, entre os poucos que ali se encontram.

Hogarth comprova que o tempo não desfavoreceu sua bela voz, juntamente com os afinadíssimos Steve Rothery, Pete Trewavas, Mark Kelly e Ian Mosley. Segue-se de Slainthe e You´re Gone, antes da primeira música do recente trabalho: Sounds That Can’t be Made, do albúm que leva o mesmo título.

Demonstrando alegria em retornar ao país após 15 anos, o Frontman exibe um copo de cerveja em mãos. O público encontra-se agitado, e isso favorece a sintonia entre ambos. A balada Beautiful vem em sequência, e como já se esperava é muito ovacionada, não diferentemente de Kayleigh, que é tocada após Power e Fantastic Place, já que eram incertas no repertório, por terem sido cortadas em shows anteriores da turnê. The Sky Above The Rain segue com uma performance, diríamos que “dramática” do vocalista, sequenciando Real Tears for Sale, Afraid Of Sunlight e Neverland.

O bis surge com The Invisible Man, e a letra é muito bem caracterizada por Steve, que traja óculos e bengala. Fechando com chave de ouro: Sugar Mice, por ele cantada envolto a uma bandeira do Brasil, arremessada por um fã.

Um show sensacional!!!

1- Splintering Heart (Holidays in Eden - 1991)
2- Slainte Mhath (Clutching at Straws - 1987)
3- You’re Gone (Marbles - 2004)
4- Sounds That Can’t be Made (Sounds That Can’t be Made - 2012)
5- Beautiful (Afraid of Sunlight - 1995)
6- Power (Sounds That Can’t be Made - 2012)
7- Fantastic Place (Marbles - 2004)
8- Kayleigh (Misplaced Childhood - 1985)
9- The Sky Above The Rain (Sounds That Can’t be Made - 2012)
10- Real Tears For Sale (Happiness is the Road, Volume 2: The Hard Shoulder - 2008)
11- Afraid Of Sunlight (Afraid of Sunlight - 1995)
12- Neverland (Marbles - 2004)
Bis
13- The Invisible Man (Marbles - 2004)
14- Sugar Mice (Clutching at Straws - 1987)

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Outras resenhas de Marillion (HSBC Brasil, São Paulo, 11/10/2012)

601 acessosMarillion: galeria de fotos do show realizado em São Paulo

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, no link abaixo:

Post de 17 de outubro de 2012

511 acessosMarillion: Misplaced Childhood em versão deluxe. Ouça Kailegh0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Marillion"

Iron MaidenIron Maiden
Conheça outras capas do criador de The Book Of Souls

De Marillion a EnthronedDe Marillion a Enthroned
Discos ao vivo gravados no Brasil

Mike PortnoyMike Portnoy
Os dez melhores discos de rock progressivo

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de Shows0 acessosTodas as matérias sobre "Marillion"

SlayerSlayer
Gary Holt é realmente um cara mal-agradecido

Cristina ScabbiaCristina Scabbia
Cantora fala sobre seus seios e Playboy

Fascínio pelo terrorFascínio pelo terror
Cinco bandas que dão medo

5000 acessosAs regras do Thrash Metal5000 acessosFotos de Infância: Arch Enemy5000 acessosVH1: 100 melhores músicas de hard rock de todos os tempos5000 acessosKiss sobre Secos e Molhados: "há quem acredite em OVNIs"5000 acessosRodolfo Abrantes: "Raimundos como banda não me interessa"5000 acessosGuns N' Roses: assista os primórdios da banda em 1986

Sobre Débora Pertrini

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online