Matérias Mais Lidas

imagemRockers lamentam e se enfurecem com tiroteio que resultou em 19 crianças mortas no Texas

imagemRegis Tadeu explica porque Ximbinha é um dos melhores guitarristas do Brasil

imagemVital, o ex-Paralamas que virou nome de música e depois foi pro Heavy Metal

imagemSteven Tyler dá entrada em clínica de reabilitação após sofrer recaída

imagemEncontro entre Paul Di'Anno e Steve Harris resultou em "algo que será discutido"

imagemA definição de rock n roll segundo quem melhor entende do assunto: Mick Jagger

imagemO que Adrian Smith descobriu ao retornar ao Iron Maiden

imagem"Eu não tinha ideia de quão grande o Maiden iria ficar", diz Bruce Dickinson

imagemNick Mason relembra a época que o Pink Floyd desastrosamente tentou tocar reggae

imagemO dia que os membros do Black Sabbath foram amaldiçoados por uma seita satânica

imagemTodos os discos do Nightwish, do pior para o melhor, em lista da Metal Hammer

imagemMark Tremonti, do Alter Bridge, revela que é grande fã de lendária banda de metal

imagemIrmãos Cavalera tocam "Beneath The Remains" em show nos EUA; assista vídeo

imagemJen Majura disse que sair do Evanescence não foi decisão dela e recebe apoio dos fãs

imagemAs composições de Paul McCartney nos Beatles preferidas de John Lennon


Jeff Scott Soto: notável versatilidade no show em São Paulo

Resenha - Jeff Scott Soto (Blackmore, São Paulo, 05/02/2011)

Por Jorge A. Silva Junior
Em 07/02/11

Blackmore Bar, tradicional ponto de encontro de paulistanos que buscam, além de um bom papo e bebida, prestigiar bandas de Hard Rock e Heavy Metal. Mas enganou-se quem esperava ver este cenário no último sábado (5), durante o retorno de JEFF SCOTT SOTO à São Paulo. Com a proposta de embalar o público com os sucessos da Disco, gênero musical que tomou conta das casas noturnas no final dos anos 70, o vocalista montou um repertório recheado de versões de BEE GEES, EARTH, WIND & FIRE, ABBA e outros grandes nomes. Para os jovens roqueiros desavisados que compareceram, foi como entrar numa discoteca na época de seus pais.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

A abertura ficou por conta da banda The Circle, que durante uma hora e meia aqueceu o público com grandes sucessos do BON JOVI, como "Always", "It's My Life" e "Wanted Dead Or Alive" - a última com a participação surpresa de JEFF SCOTT SOTO para fazer o backing vocal final.

Exatamente às 2h da manhã, já no domingo e com a casa lotada, Jeff voltou ao palco acompanhado da Caipiroska Boogie Band, formada por BJ (guitarra e backing), Hugo Mariutti (guitarra), Paulo Souza (baixo) e Edu Cominato (bateria). Usando óculos escuros e bandana, o vocalista dava a impressão de começar um legítimo show de Hard Rock, sobretudo pela introdução de "Welcome To The Jungle", do GUNS N' ROSES. Ledo engano, pois em seguida foi iniciada a primeira música dançante da noite: "Brick House", do THE COMMODORES, banda que lançou seu primeiro álbum em 1974 e tinha à frente Lionel Richie. Na sequência, com uma excelente linha de baixo ao melhor estilo Funk e Rhythm & Blues, "Let’s Groove" do EARTH, WIND & FIRE conseguiu fazer balançar o esqueleto até o mais tímido. Daí pra frente foi um desfile de clássicos: "Boogie Oogie Oogie" (A TASTE OF HONEY), com direito a virada goela abaixo de uma caipirinha por Jeff , "Celebration" (KOOL & THE GANG) e "Le Freak" (CHIC) embalaram a galera que definitivamente tirou o pé do chão.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Vale destacar a versatilidade de JEFF SCOTT SOTO, que soube interpretar com maestria um estilo musical que pouco tem a ver com seu trabalho artístico - iniciado na metade dos anos oitenta quando foi escolhido por YNGWIE MALMSTEEN para ser o vocalista em seus dois primeiros álbuns.

Os pontos altos da primeira parte do show, focada na Disco Music, foram as versões de "Don’t Stop 'Til You Get Enought" (MICHAEL JACKSON) e "Night Fever" (BEE GEES) - durante o refrão desta, Jeff apontava o dedo indicador para o alto, em alusão ao filme 'Os Embalos de Sábado à Noite', lançado em 1977, cujo protagonista é o jovem John Travolta.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Para animar ainda mais a noite, duas versões do QUEEN foram apresentadas com muita competência: "Another One Bites The Dust" e "Radio Ga Ga". Ambas foram a deixa para a segunda parte da apresentação, que levou muitos fãs incondicionais do vocalista à loucura com "Eyes Of Love", de sua carreira solo, "Colour My XTC", "Frozen" e "I'll Be Waiting", do TALISMAN e "Again 2 Be Found", do HUMANIMAL. A recepção das canções foi tão calorosa que JEFF SCOTT SOTO, muito emocionado, prometeu gravar um DVD no Brasil em breve.

Após duas horas de apresentação, uma respeitável trinca encerrou o show com chave de ouro: "Breaking The Law", do JUDAS PRIEST, e duas canções que se tornaram obrigatórias em qualquer show de Jeff: "Livin' The Life" e "Stand Up", da banda fictícia STEEL DRAGON, presentes no filme 'RockStar'.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Na noite em que um legítimo bar de Rock se transformou em discoteca, por incrível que pareça, todos saíram satisfeitos.

JEFF SCOTT SOTO & CAIPIROSKA BOOGIE BAND
São Paulo, 5 de fevereiro de 2011
Local: Blackmore Rock Bar
Duração: 2h

Jeff Scott Soto - vocal
BJ - backing vocal
Hugo Mariutti - guitarra
Paulo Souza - baixo
Edu Cominato - bateria

- Intro/Welcome To The Jungle
- Brick House (The Commodores)
- Let’s Groove (Earth, Wind & Fire)
- Boogie Oogie Oogie (A Taste Of Honey)
- Celebration (Kool & The Gang)
- Le Freak (Chic)
- September (Earth, Wind & Fire)
- Don’t Stop ‘Til You Get Enough (Michael Jackson)
- You Should Be Dancing (Bee Gees)
- Dancing Queen (Abba)
- Night Fever (Bee Gees)
- Ladies Night (Kool & The Gang)
- That’s The Way ( KC & The Sunshine Band)
- Another One Bites The Dust (Queen)
- Radio Ga Ga (Queen)
- Eyes Of Love
- Colour My XTC (Talisman)
- Again 2 Be Found (Humanimal)
- Frozen (Talisman)
- I’ll Be Waiting (Talisman)
- Livin’ The Life (Steel Dragon)
- Breaking The Law (Judas Priest)
- Stand Up (Steel Dragon)

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Stamp
publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp


Jeff Scott Soto: comentários sobre a sua saída do Journey


Axl Rose: "ele é um fracassado", diz mulher de Slash


Sobre Jorge A. Silva Junior

Jorge Junior é paulistano, jornalista diplomado e colaborador do Whiplash.Net desde 2009. Tem mais de 400 matérias e notas publicadas, que somam aproximadamente um milhão e meio de acessos. Também realizou a cobertura de shows de grande porte, entre eles Ringo Starr, Eric Clapton, Deep Purple, System Of A Down, Red Hot Chili Peppers e Ozzy Osbourne. O autor pode ser seguido no Twitter: @jorgejunior85.

Mais matérias de Jorge A. Silva Junior.