Tommy Lee fala sobre morte em sua casa

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Thiago Coutinho, Fonte: Blabbermouth
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 22/10/04. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?

O ex-baterista do MOTLEY CRUE, Tommy Lee, falou recentemente com o programa da rede ABC “20/20” sobre o incidente de 2001 em sua casa, quando um garoto morreu na festa de aniversário de seu filho, que àquela época completava cinco anos de idade.

1094 acessosHair Metal: dez álbuns que valem a pena5000 acessosRock In Rio 2017: ausência do "Dia do Metal" é compreensível

A avó paterna do jovem Daniel Karven-Veres disse a Lee que o menino estava indo a um show de rock, deixando o garoto aos cuidados de outra avó. “Tudo que me lembro foi de um grito”, disse Lee. “Olhei e quando percebi... uma garota pulando e tirando Daniel da piscina”, reiterou.
Lee disse ainda que não pôde encontrar a avó que supostamente estaria cuidando do garoto na festa. “E isso me fez pensar que ela o deixou sozinho na piscina”, disse Lee.

O garoto faleceu no fim daquele dia. “Foi terrível. Foi a coisa mais terrível que vi acontecer em toda minha vida”, afirmou o baterista. “Os pais foram até a minha casa sem entender nada, você sabe, assustados e chorando, querendo saber o que havia acontecido”, reiterou.

Lee chegou a enviar uma carta de esclarecimento em solidariedade aos pais, mas não ouviu mais falar sobre eles. Os pais de Daniel então entraram com uma ação indenizatória pedindo US$ 10 milhões por negligência de Lee, alegando que ele deveria ter providenciado mais segurança na festa. Mas o júri ficou a favor do baterista. “Gostaria de trazer o filho deles de volta. Infelizmente, isso é impossível”, disse.

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mötley CrüeMötley Crüe
Nikki Sixx anuncia aposentadoria

1094 acessosHair Metal: dez álbuns que valem a pena438 acessosMötley Crüe: como crianças de hoje reagem ao som da banda?1978 acessosMötley Crüe: John Corabi explica fiasco comercial do disco de 19940 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Motley Crue"

Hair MetalHair Metal
As melhores músicas, conforme a Rolling Stone

Mötley CrüeMötley Crüe
Os Fuscas, Porsches e Ferraris de Nikki Sixx

Bruce DickinsonBruce Dickinson
A esposa o traiu com Nikki Sixx, baixista do Motley Crue?

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Motley Crue"

Rock In Rio 2017Rock In Rio 2017
Ausência do "Dia do Metal" é compreensível

Corey TalorCorey Talor
"Axl é um pau no cu e quem espera por ele é otário"

Max CavaleraMax Cavalera
"Deveríamos ter demitido os dois e mantido o nome"

5000 acessosProstitutas: As mais famosas e devassas do cenário Rock - Parte 15000 acessosIron Maiden: Bruce Dickinson revela sua "canção de merda"5000 acessosChris Cornell: jornalista foi a último show e percebeu algo errado4069 acessosGene Simmons: "Tenho inveja de Deus. Eu quero tudo!"5000 acessosGuns N' Roses: como eles eram... e como estão hoje5000 acessosMustaine: Vivemos em uma geração que está pegando as musicas de graça na Internet

Sobre Thiago Coutinho

Formado em Jornalismo, 23 anos, fanático por Bruce Dickinson e seus comparsas no Maiden. O heavy metal surgiu na minha vida quando ouvi o vocalista da Donzela de Ferro em "Tears of the Dragon", em meados de 1994. Mas também aprecio a voz de pato bêbado do controverso Dave Mustaine, a simplicidade do Ramones, as melodias intrincadas do Helloween, a belíssima voz de Dio ou os gritos escabrosos de Rob Halford. A Whiplash apareceu em minha vida sem querer, acho que seus criadores são uns loucos amantes de rock e acredito que este seja o melhor site de rock do país, sem qualquer demagogia!

Mais matérias de Thiago Coutinho no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online