A polêmica capa do novo Grave Digger

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Thiago Coutinho, Fonte: Grave Digger official website
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 24/11/04. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?

Nada como uma boa polêmica para promover um disco de rock, sobretudo se o assunto em questão envolve religião... os alemães do GRAVE DIGGER sequer lançaram seu novo trabalho de estúdio, “The Last Supper” — cuja data para chegada nas lojas é 17 de janeiro do ano que vem —e já estão enfrentando a crítica dos próprios fãs contra a arte do novo trabalho, cujo título, a propósito, vertido para o Português, significa “A Última Ceia”. Para conferir a capa, clique aqui.

667 acessosGrave Digger: tradição ou acomodação?5000 acessosVelocidade: Top 10 de músicas de Metal para ser multado

A seguir, veja o comunicado da banda postado em seu website oficial:

“Após divulgarmos a arte do álbum ‘The Last Supper’, tivemos respostas positivas de muitos fãs. Mas alguns deles também ficaram desapontados. Então, para todos: esta NÃO É uma mensagem satânica ou algo nesta direção, não há nada nela contra os cristãos. A arte representa um Jesus depressivo em seus últimos dias antes da morte. Ele foi deixado por seus seguidores e a capa mostra a solidão de Jesus enquanto a morte o aguarda atrás Dele.
Leiam o refrão da música ‘Crucified’ e vocês entenderão o significado da capa:

‘Pai, diga-me o que aconteceu de errado
Na minha vida toda minha fé foi forte
Pai, diga-me por que tenho que morrer.
Essas pessoas gritando para crucificar
Minha maldição está se tornando real e tenho que morrer
Por que estou sendo crucificado?’

Agradecimentos metálicos,
Chris, HP, Jens, Stephan and Manni.”

Descrito pela banda como sendo seu álbum “mais passional, metal e poderoso”, o trabalho tem duração de 53 minutos e contará com as seguintes faixas: ’Passion’, ‘The Last Supper’, ‘Desert Rose’, ‘Grave In The No Man's Land’, ‘Hell To Pay’, ‘Soul Savior’, ‘Crucified’, ‘Divided Cross’, ‘The Night Before’, ‘Black Widows’, ‘Hundred Days’ e ‘Always And Eternally’.

A “The Last Supper Tour” tem início no dia 11 de fevereiro, em Adernarch, na Alemanha e contará com as bandas de abertura Astral Doors e Stormhammer.

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

667 acessosGrave Digger: tradição ou acomodação?0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Grave Digger"

Kai HansenKai Hansen
Escolhendo as dez maiores bandas de metal da Alemanha

De Marillion a EnthronedDe Marillion a Enthroned
Discos ao vivo gravados no Brasil

Grave DiggerGrave Digger
Ozzy foi a pior performance que vi na minha vida

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Grave Digger"

VelocidadeVelocidade
Top 10 de músicas de Metal para ser multado

Pink FloydPink Floyd
Tudo sobre o clássico "Another Brick in the Wall"

Bruce DickinsonBruce Dickinson
Sua coleção de clássicos do Metallica

5000 acessosDeep Purple: a contestada entrevista na Globo em 20065000 acessosMetal: Gibson.com enumera 50 melhores músicas do gênero5000 acessosCapas de álbuns: as mais obscuras e marcantes da história5000 acessosDavid Coverdale: casamento, dinheiro e meditação5000 acessosGuns N' Roses: comediante amigo dos caras diz que ajudou na reunião5000 acessosBateristas: Os 30 melhores de todos os tempos

Sobre Thiago Coutinho

Formado em Jornalismo, 23 anos, fanático por Bruce Dickinson e seus comparsas no Maiden. O heavy metal surgiu na minha vida quando ouvi o vocalista da Donzela de Ferro em "Tears of the Dragon", em meados de 1994. Mas também aprecio a voz de pato bêbado do controverso Dave Mustaine, a simplicidade do Ramones, as melodias intrincadas do Helloween, a belíssima voz de Dio ou os gritos escabrosos de Rob Halford. A Whiplash apareceu em minha vida sem querer, acho que seus criadores são uns loucos amantes de rock e acredito que este seja o melhor site de rock do país, sem qualquer demagogia!

Mais matérias de Thiago Coutinho no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em junho: 1.119.872 visitantes, 2.427.684 visitas, 5.635.845 pageviews.

Usuários online