"Fui um grande golpe de marketing", diz Kelly Osbourne

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Fonte: AOL Música
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 02/06/05. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?

Por Gelu Sulugiuc

NOVA YORK (Reuters) - Ser filha de um astro do rock e figurar num reality show da TV podem facilmente ajudar a assinar um contrato com uma gravadora, mas respeito e sucesso no mundo da música são coisas muito mais difíceis de se obter, de acordo com Kelly Osbourne.

5000 acessosOzzy Osbourne: setlist e vídeos de primeiro show com Zakk Wylde5000 acessosHistória do rock: Sexo bizarro, drogas, mortes e outros boatos

Filha do ícone do heavy metal Ozzy Osbourne, Kelly tornou-se famosa ainda na pré-adolescência como a filha do vocalista do Black Sabbath na série "The Osbournes", da MTV.

A Sony rapidamente a incumbiu de gravar um álbum, mas a estréia punk-pop dela não impressionou muito os fãs nem a crítica e ela mergulhou em uma espiral de abuso de drogas.

Depois de um período para desintoxicação, Kelly Osbourne, agora com 20 anos, assinou contrato com um selo indie e se reinventou como uma cantora de dance music dos anos 1980.

Em sua tentativa de ganhar respeito como música, ela lançará o CD electro-pop "Sleeping In The Nothing" no dia 7 de junho via Sanctuary Records.

"Pode ser mais fácil chegar à porta, mas dez vezes mais difícil para eu passar por ela, porque as pessoas querem te ver fracassar", disse ela recentemente à Reuters. "Meu pai é um homem tão incrível e talentoso, ele tem tantos fãs e quando eles olham para mim eles dizem 'Que pirralha, por que ela ainda se dá ao trabalho?' Eu faço isso porque amo fazer o que faço."

Seu primeiro álbum, chamado "Shut Up", mostra Kelly como uma aspirante a Avril Lavigne, cantando músicas que agora ela considera "lixo".

"Não sou uma estrela do rock, sou filha de um astro do rock e foi assim que entrei nessa indústria", disse ela. "Fui um grande golpe de marketing."

A carreira musical de Kelly parecia se encaminhar para um fim precoce quando a Sony a abandonou e ela foi se tratar do abuso de drogas. Por volta da mesma época, sua mãe, Sharon, lutava contra o câncer, Ozzy quase morreu em um acidente de trânsito e seu irmão Jack também tentava se livrar das drogas.

"Fiquei sóbria e percebi o quanto abusei do meu corpo e como fui horrível com outras pessoas", afirmou ela. "E apenas isso faz você perceber como a vida seria bem melhor sem (as drogas)."

Sóbria e um pouco mais velha, Kelly disse que finalmente encontrou seu verdadeiro chamado no pop sob a direção da produtora Linda Perry (Pink, Gwen Stefani, Christina Aguilera).

"Dance, electro, música dos anos 1980 sempre foram o que eu ouvi, então é muito empolgante conseguir fazer o que eu amo em vez de atuar", afirmou ela. "Esse álbum me faz muito feliz porque é real e não inventado."

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Ozzy OsbourneOzzy Osbourne
Setlist e vídeos de primeiro show com Zakk Wylde

2394 acessosOzzy Osbourne: em vídeo 3D, as mudanças em sua aparência0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Ozzy Osbourne"

Ozzy OsbourneOzzy Osbourne
Ele passou pelo camarim do Metallica e eles ouviam Black Sabbath

Ao vivoAo vivo
Álbuns clássicos que você deveria conhecer

Ozzy OsbourneOzzy Osbourne
Cruz feita com restos do World Trade Center

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Ozzy Osbourne"

CuriosidadesCuriosidades
Sexo bizarro, drogas, mortes e outros boatos

A década perdida?A década perdida?
Rock Brasileiro da Década de 70

O Clube dos 27O Clube dos 27
17 roqueiros que sucumbiram à idade fatídica

5000 acessosKid Vinil: "Uns 10 mil vinis e mais uns 10 mil CDs!"5000 acessosA História do Burzum5000 acessosHeavy Metal: os dez melhores álbuns lançados em 19815000 acessosIra! - Para entender os mods5000 acessosFloor Jansen: deveria acabar este lance de "Metal com vocais femininos"5000 acessosGuitar World: revista elege os 50 guitarristas mais rápidos

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online